Fórmula 1
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
28 dias
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
42 dias
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
84 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
91 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
105 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
112 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
126 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
140 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
147 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
161 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
175 dias

Reprise de GP do Brasil de 1991 tem participação de Bruno Senna e emociona Galvão: "Espetáculo!"

compartilhar
comentários
Reprise de GP do Brasil de 1991 tem participação de Bruno Senna e emociona Galvão: "Espetáculo!"
10 de mai de 2020 15:02

Primeira vitória de Ayton Senna em Interlagos na F1 foi recheada de drama, com piloto brasileiro cruzando a linha de chegada apenas com a sexta marcha

Assim como aconteceu na última semana, a Globo revisitou mais uma corrida histórica de Ayrton Senna, o GP do Brasil de 1991, quando o piloto brasileiro conquistou seu primeiro triunfo em casa, enfrentando o drama dos problemas de câmbio da McLaren, o que o fez terminar aquela prova em Interlagos extenuado.

Antes da prova, Galvão Bueno e o sobrinho do piloto, Bruno Senna, comentaram sobre a prova e o contexto histórico, com a nova rivalidade adquirida por Senna, com o Leão Nigel Mansell.

Durante a corrida, o termo "Senna" foi o terceiro mais comentado no Twitter, perdendo apenas para "Mães" e #FelizDiaDasMaes. A reprise teve desde o momento da largada, até a reação do brasileiro ao sair do carro, o emocionante pódio, até a entrevista do piloto já recuperado.

Leia também:

Galvão, por sua vez, publicou vídeo nas redes sociais reagindo à transmissão: "Espetáculo". 

 

E foi às lágrimas

 

E narrador também descreveu a emoção após duas semanas com VTs de glórias de Senna.

"Eu acho que estou até mais emocionado agora... Até a voz falha, porque lá era o narrador, era o meu trabalho, era vender emoção. Percebemos, Reginaldo (Leme) e eu, que havia problema, achávamos que eram só os pneus, porque ele tinha feito uma parada só, mas depois ficou evidente que o carro tinha algum problema."

"Mas ninguém tem bola de cristal, ninguém podia estar dentro do carro dele e saber que ele vinha perdendo as marchas e depois ficar só com a sexta marcha. Eu fico com essa frase dele. Vai ter que dar! Deu, Ayrton..."

"Estou mais emocionado agora, após a corrida", disse. "Posso dizer que depois de rever o primeiro campeonato mundial de 1988 e essa vitória no Brasil no ano do tricampeonato, eu diria que, seguramente, que essa tem um lugar no pódio dos grandes momentos de emoção do esporte brasileiro. Se fizermos um pódio, o Ayrton Senna sempre estará lá, esteja onde estiver, estamos sempre com ele. Ayrton Senna do Brasil, o nosso heroi das madrugadas e manhãs de domingo."

A Corrida

Senna começou de maneira esplendorosa aquela temporada que lhe daria o tricampeonato mundial, vindo pole convertida em vitória nos Estados Unidos, em Phoenix. Em Interlagos, ele também largou na frente, com as duas Williams, de Riccardo Patrese e Nigel Mansell logo atrás, .

O começo e boa parte da prova estavam tranquilos para o brasileiro, mesmo com a ameça de chuva forte, e todos aguardavam com ansiedade o primeiro triunfo caseiro de Senna. Mas, após a última parada de Mansell, faltando 25 giros para o fim, o Leão começou a mostrar suas garras contra o piloto da McLaren.

Ao mesmo tempo, as marchas do MP4/6 de Senna começavam a se deteriorar. O inglês também sofreu com o câmbio, mas de uma maneira mais definitiva, com problemas que o fez rodar no S do Senna.

As coisas ficaram mais fáceis? De forma alguma. Tendo perdido a quarta marcha antes da derrocada de Mansell, Senna teve seu drama aumentado, perdendo a terceira e quinta na sequência do abandono do Leão.

Patrese, novo segundo colocado, se aproximava, assim como a chuva, em que o brasileiro era mestre, mas naquela atual situação, não era bem-vinda.

Senna se viu apenas com a sexta marcha nas voltas finais e também foi beneficiado com um pequeno problema na Williams de Patrese.

Extenuado, Senna cruzou a linha de chegada, recebendo a bandeira quadriculada do saudoso diretor de prova, Mihaly Hidasi, fazendo explodir de alegria uma nação que aguardava o triunfo que faltava à carreira do piloto. Patrese foi o segundo colocado, chegando 2s991 depois. Gerhard Berger completou o pódio. Nelson Piquet foi o quinto, Roberto Pupo Moreno o sétimo e Maurício Gugelmin abandonou.

Senna repetiria a combinação pole/vitória mais cinco vezes naquela temporada, conquistando o tricampeonato mundial. Em Interlagos, ele repetiria novo triunfo épico em 1993.

VÍDEO: Ayrton Senna: 60 fatos e feitos do tricampeão mundial de F1

PODCAST: Senna é o maior esportista brasileiro após a era Pelé?

 

Relembre imagens da prova

Galeria
Lista

Ayrton Senna, McLaren MP4/6 Honda

Ayrton Senna, McLaren MP4/6 Honda
1/10

Foto de: Sutton Motorsport Images

Nigel Mansell, Williams FW14 showers the sparks

Nigel Mansell, Williams FW14 showers the sparks
2/10

Foto de: Sutton Motorsport Images

Ayrton Senna, McLaren MP4/6 Honda

Ayrton Senna, McLaren MP4/6 Honda
3/10

Foto de: LAT Images

Ayrton Senna, McLaren MP4-6 Honda

Ayrton Senna, McLaren MP4-6 Honda
4/10

Foto de: Rainer W. Schlegelmilch

Ayrton Senna, McLaren

Ayrton Senna, McLaren
5/10

Foto de: LAT Images

Ayrton Senna, McLaren, Riccardo Patrese, Williams

Ayrton Senna, McLaren, Riccardo Patrese, Williams
6/10

Foto de: LAT Images

Podium: race winner Ayrton Senna, McLaren-Honda is supported by team owner Ron Dennis

Podium: race winner Ayrton Senna, McLaren-Honda is supported by team owner Ron Dennis
7/10

Foto de: Sutton Motorsport Images

Mauricio Gugelmin, Leyton House CG911 Ilmor

Mauricio Gugelmin, Leyton House CG911 Ilmor
8/10

Foto de: Ercole Colombo

Ayrton Senna, McLaren MP4/6

Ayrton Senna, McLaren MP4/6
9/10

Foto de: Sutton Motorsport Images

Ayrton Senna, McLaren MP4/6

Ayrton Senna, McLaren MP4/6
10/10

Foto de: Sutton Motorsport Images

 

Próximo artigo
Hamilton explica por que evita provas virtuais durante parada por coronavírus

Artigo anterior

Hamilton explica por que evita provas virtuais durante parada por coronavírus

Próximo artigo

Senna x Mansell, Massa x Kubica, Villeneuve x Arnoux: relembre os 10 duelos mais insanos da F1

Senna x Mansell, Massa x Kubica, Villeneuve x Arnoux: relembre os 10 duelos mais insanos da F1
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1