Últimas notícias

“Sacrifício” de Hamilton fez Mercedes economizar uma hora

Piloto inglês estava programado para ir à pista hoje, mas por causa das condições do clima, preferiu que Valtteri Bottas permanecesse no carro

Valtteri Bottas, Mercedes-AMG F1 W09

Sutton Motorsport Images

Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1 W09
Valtteri Bottas, Mercedes-AMG F1 W09
Valtteri Bottas, Mercedes-AMG F1 W09
Valtteri Bottas, Mercedes-AMG F1 W09
Valtteri Bottas, Mercedes-AMG F1 W09
Valtteri Bottas, Mercedes-AMG F1 W09
Valtteri Bottas, Mercedes-AMG F1 W09

O clima frio em Barcelona reduziu a quantidade de voltas que as equipes esperariam dar. A Mercedes optou por dividir cada dia entre dois pilotos, com a mudança acontecendo no meio do dia, na hora do almoço.

No entanto, o almoço foi cancelado no segundo dia, com a pista aberta, permitindo que as equipes tenham melhores condições antes do mau tempo previsto no final do dia.

Lewis Hamilton e Valtteri Bottas dividem cada dia nesta semana, com Bottas sendo o primeiro no carro da terça-feira.

"Com as condições meteorológicas com altos e baixos e a perda de tempo que tivemos ontem, fazia sentido manter Valtteri no carro esta tarde", disse Hamilton.

"Tendo corrido pela manhã, ele já estava confortável no carro e perderíamos cerca de uma hora, mudando o piloto.”

"Sem uma compreensão real sobre o clima, tomei a decisão de sacrificar esse tempo para que a equipe adquira uma melhor compreensão do carro."

Bottas terminou o segundo dia mais rápido, a 0s303 atrás de Sebastian Vettel da Ferrari, fazendo 94 voltas e disse que a equipe fez o melhor que pôde em condições frustrantes.

"Estava muito frio na pista hoje, não acho que já tenha guiado em condições tão frias antes na Fórmula 1", disse Bottas.

"Os testes são sempre difíceis nessas temperaturas, os pneus não são feitos para essas condições. Mas aproveitamos o dia ao máximo.”

"Na parte da manhã, nos concentramos no trabalho aerodinâmico, executando vários testes. À tarde, eu estava fazendo long runs e também trabalhamos no setup.”

"Foi bastante complicado nessas temperaturas, mas conseguimos fazer algum trabalho e encontrar algumas respostas aos nossos itens de teste.”

"O clima é obviamente infeliz, mas não há nada que possamos fazer sobre isso e é a mesma condição para todos. Mesmo assim, eu diria que hoje foi um bom dia."

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Problema no escapamento encurta teste da McLaren
Próximo artigo Ferrari não teme frio e testa segundo SF71H em Maranello

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil