Sainz prevê "final de semana emocionante" em última corrida com McLaren

Lando Norris e Andreas Seidl, chefe da equipe, também falaram sobre a despedida do espanhol

Sainz prevê "final de semana emocionante" em última corrida com McLaren

Neste final de semana, Carlos Sainz encerra uma boa parceria que teve com a McLaren nas duas últimas temporadas da Fórmula 1, que rendeu seus primeiros pódios, e um contrato com a Ferrari para 2021. E para o GP de Abu Dhabi, o espanhol prevê uma etapa emocionante, mas com a necessidade de manter a cabeça focada na luta pelo terceiro lugar no Mundial de Construtores.

Sainz foi um dos destaques da temporada 2020, sendo uma presença constante na zona de pontos e seu bom 2019 com a McLaren, incluindo o pódio no GP do Brasil após a punição a Lewis Hamilton lhe rendeu um contrato de dois anos com a Ferrari a partir de 2021, correndo ao lado de Charles Leclerc.

Leia também:

Sua contratação foi um dos primeiros movimentos do mercado de pilotos durante a paralisação forçada pela pandemia, levando também à contração de Daniel Ricciardo para ocupar seu lugar na McLaren, enquanto a Renault oficializou a volta de Fernando Alonso ao grid.

E mesmo com a contração cedo no ano, a McLaren afirmou diversas vezes que tudo foi feito às claras, devido ao bom relacionamento de Sainz com o chefe Andreas Seidl e o CEO Zak Brown. 

Antes de seu último final de semana com a equipe, Sainz falou sobre suas expectativas.

"Esta será minha última corrida com a McLaren depois de uma trajetória fantástica nos últimos dois anos. Será um final de semana emocionante, mas temos que correr primeiro. Vou lutar por todos na equipe enquanto enfrentamos a última etapa da temporada juntos".

"Vamos para Abu Dhabi de cabeça erguida. Lutamos muito para estar onde estamos neste momento e podem ter certeza de que seguiremos assim até o fim para obter o melhor resultado possível".

Lando Norris, companheiro de Sainz desde o ano passado, destacou a amizade entre eles e o quanto aprendeu com o espanhol.

"Esta é a última prova de Carlos ao meu lado na equipe. Aprendi muito com ele ao longo dos dois últimos anos e tenho certeza que ele aprendeu um pouco comigo também. Vamos lutar juntos pela equipe até a bandeira quadriculada, e mal posso esperar para lutar contra ele na pista no ano que vem".

O chefe da McLaren, Andreas Seidl, disse que o espanhol teve "um impacto incrível" na equipe e desejou o melhor em 2021 mas, enquanto isso, o foco segue em ter um bom final de semana em Abu Dhabi.

"É preciso prestar um homenagem a Carlos, que vai para sua última corrida com a McLaren. Ao lado de Lando, ele criou um impacto incrível em nossa equipe ao longo dos dois últimos anos, ajudando a crescer".

"Foi um prazer trabalhar com ele, e todos na McLaren lhe desejam o melhor para 2021 e além. Mas, antes disso, mal posso esperar por essa última corrida ao seu lado em Abu Dhabi. Como equipe, vamos lutar até a linha de chegada, e sei que Carlos vai dar o seu melhor".

"Pela última vez em 2020, vamos competir juntos, nos concentrar na equipe e vamos ficar prontos para aproveitar qualquer oportunidade que apareça no caminho. Tenho certeza que será um final emocionante".

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

Russell manda recado para Mercedes e Bottas: quer vaga antes de 2022

PODCAST: 'Show' de Russell pode gerar problema para Mercedes?

 

compartilhar
comentários
Binotto acredita que Leclerc pode ser líder para Ferrari como Schumacher

Artigo anterior

Binotto acredita que Leclerc pode ser líder para Ferrari como Schumacher

Próximo artigo

Brawn: Racing Point deve estar questionando decisão sobre Pérez após vitória

Brawn: Racing Point deve estar questionando decisão sobre Pérez após vitória
Carregar comentários