Fórmula 1
03 jul
-
05 jul
Evento encerrado
10 jul
-
12 jul
Evento encerrado
R
GP da Hungria
17 jul
-
19 jul
Próximo evento em
4 dias
31 jul
-
02 ago
Próximo evento em
18 dias
R
GP de 70º aniversário
07 ago
-
09 ago
Próximo evento em
25 dias
28 ago
-
30 ago
Próximo evento em
46 dias
04 set
-
06 set
Próximo evento em
53 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Canceled
25 set
-
27 set
Próximo evento em
74 dias
08 out
-
11 out
Canceled
R
GP dos Estados Unidos
23 out
-
25 out
Próximo evento em
102 dias
R
GP do México
30 out
-
01 nov
Próximo evento em
109 dias
13 nov
-
15 nov
Próximo evento em
123 dias
R
GP de Abu Dhabi
27 nov
-
29 nov
Próximo evento em
137 dias

Todt: F1 está muito dependente de “simulações escondidas”

compartilhar
comentários
Todt: F1 está muito dependente de “simulações escondidas”
10 de jan de 2019 17:09

Presidente da FIA reclama que fãs não podem ver progresso dos times como costumava ser quando testes eram liberados

O presidente da FIA, Jean Todt, acredita que a Fórmula 1 está se tornando dependente demais de "simulações escondidas", que ele acredita que são ruins para o esporte.

Restrições em testes durante o ano resultaram em equipes cada vez mais usando pilotos de simulador em suas bases de fábrica para ajudar a melhorar as configurações e o desenvolvimento dos carros durante toda a temporada, com base nos dados coletados na pista.

Mas Todt acredita que isso está tendo um impacto negativo para F1, especialmente para os fãs que não são capazes de testemunhar a abordagem dos times a portas fechadas para o desenvolvimento da F1.

"As coisas estão mudando, às vezes para o bem, às vezes não são tão boas", disse Todt em entrevista à Sky Sports F1.

“Eu sinto que os carros são confiáveis ​​demais. Eu sinto que há muito acontecendo que você não vê.”

“Simulação, pilotos simulando os circuitos na fábrica durante o fim de semana da corrida ou qualquer outro período sem qualquer limitação. De certa forma sinto falta do passado. Eu sinto falta de testes privados. Todo mundo reclamava demais de testes privados.”

"Pelo menos você podia ver o que estava acontecendo."

Todt sugeriu que a F1 se beneficiaria de restrições em torno de como as equipes poderiam utilizar dados coletados.

"Provavelmente foi demais, mas agora acho que temos uma simulação muito oculta na fábrica", acrescentou.

"Claramente às vezes a modernidade é boa, mas também deve ser um pouco mais controlada."

Próximo artigo
Honda diz que manterá mesmo design de motor para 2019

Artigo anterior

Honda diz que manterá mesmo design de motor para 2019

Próximo artigo

Prost: Daniel Ricciardo levará Renault a outra dimensão

Prost: Daniel Ricciardo levará Renault a outra dimensão
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1