Fórmula 1
02 jul
-
05 jul
Corrida em
12 Horas
:
27 Minutos
:
30 Segundos
R
GP da Estíria
09 jul
-
12 jul
Próximo evento em
3 dias
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
10 dias
R
GP de 70º aniversário
06 ago
-
09 ago
Próximo evento em
31 dias
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
52 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
59 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Canceled
24 set
-
27 set
Próximo evento em
80 dias
08 out
-
11 out
Canceled
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
108 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
115 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
129 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
143 dias

Toyota doa carro de último ano de F1 a leilão de caridade da FIA contra Covid-19

compartilhar
comentários
Toyota doa carro de último ano de F1 a leilão de caridade da FIA contra Covid-19
Por:
6 de jun de 2020 17:55

Exemplar de último carro de Fórmula 1 da Toyota a competir é um dos itens de destaque em leilão online de caridade organizado pela FIA

Equipes e pilotos forneceram objetos de relevância para o leilão #RaceAgainstCovid, que será organizado pela RM Sotheby's e com o auxílio da Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha. A FIA já deu €1 milhão para a organização, cerca de R$ 5,6 milhões.

A Toyota doou o chassi TF109-01, que foi utilizado em teste na temporada de 2009 por Jarno Trulli e Timo Glock. Seus carros conquistaram cinco pódios e uma pole position, e a Toyota terminou em quinto no Campeonato Mundial daquele ano.

Leia também:

No entanto, no final do ano, o fabricante abandonou o esporte e seu protótipo de 2010 foi concluído, mas nunca correu.

O TF109-01 posteriormente se tornou um carro de testes de pneus da Pirelli e foi guiado por Nick Heidfeld, Pedro de la Rosa, Lucas di Grassi e Romain Grosjean. Ele permanece com a pintura preta da Pirelli e vem completo para o leilão, com motor e caixa de câmbio.

Outros itens de destaque incluem o capacete e macacão vencedor do GP da Austrália de 1995, doados por Damon Hill, e macacões de Tom Kristensen, utilizado em sua última corrida no WEC pela Audi em Interlagos 2014.

A Ferrari forneceu macacões vencedores de 2019 de Sebastian Vettel e Charles Leclerc, além de uma chance de passar um dia no simulador de Maranello, enquanto a Mercedes deu ternos e outros itens de Lewis Hamilton e Valtteri Bottas. Outros lotes serão anunciados nos próximos dias

"Desde o início da crise da saúde, a FIA e toda a comunidade do esporte a motor se comprometeram a combater a pandemia por meio de muitas iniciativas como a #RaceAgainstCovid", disse o presidente da FIA, Jean Todt.

“Hoje, temos outra oportunidade de mostrar nossa força e união. Saúdo muito a colaboração da FIA e RM Sotheby.”

“Agradeço a todos os pilotos e equipes por suas contribuições, bem como à Fundação FIA por sua doação generosa. Para garantir a este leilão o sucesso que merece, peço a todos da nossa família do esporte a motor que se juntem a nós.”

O leilão abre em rmsothebys.com no dia 15 de junho e será encerrado uma semana depois.

Como uma 'cagada' de passarinho 'deu sorte' para Zonta na F1

PODCAST: Entrevista com Rubens Barrichello: os bastidores da carreira do recordista de provas da F1 

 

Próximo artigo
Ex-companheiro de Hamilton revela aposta que mostrou alto nível de inglês

Artigo anterior

Ex-companheiro de Hamilton revela aposta que mostrou alto nível de inglês

Próximo artigo

F1 não deve ter novo fabricante até 2026, diz Brawn

F1 não deve ter novo fabricante até 2026, diz Brawn
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Adam Cooper