Fórmula 1
26 set
-
29 set
Evento encerrado
10 out
-
13 out
Evento encerrado
24 out
-
27 out
Evento encerrado
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
14 nov
-
17 nov
Evento encerrado
R
GP de Abu Dhabi
28 nov
-
01 dez
Próximo evento em
5 dias

Vandoorne cita GP estranho e pede carro “normal” na Hungria

compartilhar
comentários
Vandoorne cita GP estranho e pede carro “normal” na Hungria
24 de jul de 2018 10:35

Stoffel Vandoorne admitiu que sua participação no GP da Alemanha de F1 foi “estranha” e pediu para que a McLaren lhe desse um carro “normal” na próxima etapa do campeonato, na Hungria.

Brendon Hartley, Scuderia Toro Rosso STR13, Stoffel Vandoorne, McLaren MCL33 and Pierre Gasly, Scuderia Toro Rosso STR13
Stoffel Vandoorne, McLaren MCL33
Stoffel Vandoorne, McLaren
Stoffel Vandoorne, McLaren MCL33

Stoffel Vandoorne admitiu que sua participação no GP da Alemanha de F1 foi  “estranha” e pediu para que a McLaren lhe desse um carro “normal” na próxima etapa do campeonato, na Hungria.

O piloto belga teve desempenho apagado por boa parte do fim de semana, especialmente por ser último colocado durante as atividades livres e na sessão que definiu o grid de largada, no sábado.

Na corrida, também enfrentou dificuldades, inclusive com um problema que parecia lhe fazer abandonar. Contudo, ele se recuperou a ponto de fechar em 13º, embora nada satisfeito com o saldo das atividades.

“O mais importante agora é mudar as coisas no meu carro e chegar à Hungria com um carro normal. Foi uma corrida muito estranha. Tivemos uma primeira parte terrível, onde estávamos quase em último – assim como estivemos na maioria deste fim de semana, para ser honesto”, disse o piloto.

“Então, tivemos um problema com o motor. Pensamos que teríamos de abandonar, mas aí encontramos alguns ajustes para fazê-lo funcionar de novo – mesmo que com um pouco menos de potência do que o normal. Mas, pelo menos, voltamos à corrida.”

“Quando a chuva chegou, tomamos a decisão certa de não parar para colocar intermediários, o que nos fez ganhar algumas posições. O 13º lugar foi provavelmente a melhor posição que poderíamos ter.”

O parceiro de Vandoorne, Fernando Alonso, que abandonou a corrida, citou durante o fim de semana em Hockenheim que o carro do belga apresentava um problema não identificado, o que fazia seu rendimento cair consideravelmente.

Próximo artigo
Hartley: Experiência do endurance me ajudou a pontuar

Artigo anterior

Hartley: Experiência do endurance me ajudou a pontuar

Próximo artigo

Force India admite que analisaria oferta da Renault por Ocon

Force India admite que analisaria oferta da Renault por Ocon
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Alemanha