Últimas notícias

Verstappen crava: “quero ser campeão, e não só uma vez”

Melhor estreante da temporada de 2015, Max Verstappen diz que quer título mundial não importando por qual equipe conquiste

Max Verstappen, Scuderia Toro Rosso na coletiva de imprensa da FIA
Max Verstappen, Scuderia Toro Rosso STR10
Max Verstappen, Scuderia Toro Rosso
Max Verstappen, Scuderia Toro Rosso STR10, Sebastian Vettel, Ferrari SF15-T
Grid girl para Max Verstappen, Scuderia Toro Rosso
Max Verstappen, Scuderia Toro Rosso
Max Verstappen, Scuderia Toro Rosso com Carlos Sainz Jr., Scuderia Toro Rosso
Max Verstappen, Scuderia Toro Rosso STR10 frita pneus
Max Verstappen, Scuderia Toro Rosso on the grid

O holandês Max Verstappen teve bom ano em 2015. Mesmo com muita gente duvidando de seu potencial, o piloto mais jovem a correr na F1 provou que seus críticos estavam errados conquistando grandes resultados (dois quartos lugares e ter uma ultrapassagem eleita como a melhor do ano) e o título de melhor estreante da temporada à frente de Felipe Nasr e do companheiro Carlos Sainz.

Mas ele não pretende parar por aí. Em entrevista exclusiva à TV Sky Sports inglesa, o holandês disse: "meu maior sonho é me tornar campeão do mundo, e não apenas uma vez.”

"Esse é o meu sonho, e não importa com qual time consiga."

O contrato de Verstappen com a Red Bull vai até 2018, e ele continua com a equipe júnior da empresa de energéticos, a Toro Rosso, na próxima temporada.

"Vai ser bom fazer mais um ano aqui e aprender bastante de novo, porque você nunca para de aprender", disse ele. "Eu ainda tenho um longo caminho pela frente e ainda sou muito jovem, então não me importo de ficar aqui mais um ano."

O holandês vai correr ao lado de Carlos Sainz, que também fez sua estreia na F1 em 2015. As comparações entre os dois são regularmente feitas.

Verstappen admite que, pessoalmente, já se mede contra os grandes nomes do grid, apesar de sua inexperiência.

"Para ser honesto, eu nunca me comparei com os estreantes", admitiu. "Não é um campeonato, mas definitivamente é sempre bom marcar mais pontos que eles. Mas você quer se comparar com o melhor do melhor, e esses são os caras mais experientes."

Se tornando o primeiro piloto de 17 anos da Fórmula 1, Verstappen admite que está muito feliz com a minha primeira temporada.

"Eu gostei muito. Tive algumas boas ultrapassagens, que é o que eu gosto. Alguns bons pontos e duas quartas posições. A temporada foi melhor do que o esperado, isso é certo."

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Newey: difusor duplo foi lição de Mosley a Ferrari e McLaren
Próximo artigo Presidente da Ferrari cobra F1: temos apelo para os jovens?

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil