Fórmula 1
R
GP da Austrália
12 mar
-
15 mar
Próximo evento em
52 dias
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
59 dias
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
73 dias
16 abr
-
19 abr
Próximo evento em
87 dias
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
101 dias
07 mai
-
10 mai
Próximo evento em
108 dias
21 mai
-
24 mai
Próximo evento em
122 dias
R
GP do Azerbaijão
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
136 dias
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
143 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
157 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
164 dias
R
GP da Grã-Bretanha
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
178 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
192 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
220 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
227 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
241 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
248 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
262 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
276 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
283 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
297 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
311 dias

Verstappen e Leclerc jogam a toalha na caça à Mercedes em 2019

compartilhar
comentários
Verstappen e Leclerc jogam a toalha na caça à Mercedes em 2019
27 de jun de 2019 15:49

Pilotos de Red Bull e Ferrari admitem que não há como ameaçar a escuderia germânica no atual momento da categoria

 

Leia também:

"Eu acho que no momento é bem difícil, eles estão muito rápidos. Foram extremamente rápidos em Paul Ricard, especialmente no ritmo de corrida, então estamos nos concentrando em nós mesmos e tentando fazer o melhor trabalho possível, mas, para ser honesto, é bem difícil estar no nível deles".

O ex-Sauber, porém, comemorou o pódio francês: "Do meu lado pessoal, foi bom ter um bom fim de semana. Temos sofrido um pouco mais, então foi bom, mas precisamos continuar trabalhando e fazendo isso. Nós acreditaremos até o fim, mas é claro que todos nós estamos cientes de que a diferença é grande e que será muito difícil recuperar o atraso, mas nós não desistiremos até que seja matematicamente impossível, então daremos tudo".

Já Verstappen voltou a cobrar uma evolução da Honda, que, apesar de ter alcançado um bom nível de confiabilidade no motor, ainda não conseguiu chegar ao patamar de potência de Mercedes e Ferrari: "Temos de trabalhar duro para encontrar mais ritmo, principalmente com o motor. Você pode ver que a Ferrari e a Mercedes, assim como a Renault, deram passos largos. Nosso desenvolvimento não é grande o suficiente no momento".

Próximo artigo
F1 estuda voltar aos pneus de 2018 após intervalo do meio do ano

Artigo anterior

F1 estuda voltar aos pneus de 2018 após intervalo do meio do ano

Próximo artigo

Confira os horários do GP da Áustria de F1

Confira os horários do GP da Áustria de F1
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1