VÍDEO: F1 divulga onboard de Verstappen em disputa contestada com Hamilton no GP de São Paulo

Holandês foi criticado por ter jogado o britânico e ele mesmo para fora da pista ao defender uma ultrapassagem do rival

VÍDEO: F1 divulga onboard de Verstappen em disputa contestada com Hamilton no GP de São Paulo
Carregar reprodutor de áudio

Dois dias depois do GP de São Paulo de Fórmula 1, foi divulgado o onboard de Max Verstappen na batalha pela liderança contra Lewis Hamilton na volta 48, que foi recheada de polêmica pelo movimento de defesa do holandês na curva do lago.

O britânico o ultrapassava por fora e chegou a colocar meio carro à frente, mas foi empurrado para fora do traçado pelo rival, que também acabou escapando. No replay, é possível ver o piloto da Red Bull alongando a tangência da curva.

Leia também:
 

A discussão em torno da disputa foi até que ponto os comissários deveriam intervir na batalha em pista e até que ponto o "let them race (deixe-os correr)" é válido. A F1 foi muito contestada pelos critérios de punição em 2021, devido ao debate sobre quem é o "mais" ou "menos" culpado em cada incidente.

No GP de São Paulo, o movimento de Verstappen foi notado pela organização, mas a investigação foi dada como "desnecessária" momentos depois e o jogo seguiu. Pouco tempo depois, o diretor de provas Michael Masi disse que eles não tiveram acesso ao onboard do holandês para fazer seu julgamento.

F1 2021: AULA de Hamilton no BRASIL faz JOGO VIRAR pró-Mercedes? A Red Bull ERROU com Verstappen? | RETA FINAL

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #146: Hamilton teve a maior exibição da carreira no Brasil?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
Giovinazzi detona F1 após saída da Alfa Romeo: "Dinheiro governa"
Artigo anterior

Giovinazzi detona F1 após saída da Alfa Romeo: "Dinheiro governa"

Próximo artigo

F1: Ferrari pode perder patrocínio Mission Winnow em 2022; entenda

F1: Ferrari pode perder patrocínio Mission Winnow em 2022; entenda
Carregar comentários