F1: Ferrari pode perder patrocínio Mission Winnow em 2022; entenda

Empresa dona da marca está em negociações com a escuderia; parceria deve continuar, mas executada de outra forma

F1: Ferrari pode perder patrocínio Mission Winnow em 2022; entenda

A Ferrari disse que o patrocinador Philip Morris International (PMI) deve "muito provavelmente" permanecer em 2022, mesmo que deixe de ser um parceiro titular de sua marca Mission Winnow. A equipe italiana está envolvida em discussões sobre um novo acordo com a PMI há vários meses, com seu contrato atual chegando ao fim este ano.

O grupo é um dos aliados mais antigos da escuderia de Maranello e, mais recentemente, utilizou o patrocínio para promover sua campanha Mission Winnow.

Leia também:

Os logotipos de sua iniciativa para um futuro sem tabaco foram lançados pela primeira vez no GP do Japão de 2018, e Mission Winnow assumiu os direitos de nomeação de título no início da temporada seguinte.

No entanto, a marca completa tem sido usada intermitentemente desde então, com o PMI garantindo que ela não infringe nenhuma restrição governamental sobre as leis de publicidade de tabaco.

Em 2020, a Ferrari funcionou sem a MW durante todo ano, antes de um novo logotipo verde e o texto reaparecerem no início do atual. No entanto, foi anunciado no início de 2021 que seria novamente retirado para corridas na União Europeia.

Houve especulações sugerindo que a incerteza regulatória contínua poderia levar o PMI a abandonar a F1 completamente, mas a equipe sugeriu que há uma chance de a empresa manter seu envolvimento.

Questionado sobre se Mission Winnow permaneceria ou não como patrocinador principal com seus adesivos no carro no próximo ano, o chefe da Ferrari Mattia Binotto, respondeu: "Ainda estamos discutindo com o PMI."

"É muito provável que permaneça, [mas] talvez não como patrocinador principal. Teremos que ver."

Carlos Sainz Jr., Ferrari SF21

Carlos Sainz Jr., Ferrari SF21

Photo by: Jerry Andre / Motorsport Images

"Pode depender do que você entende por Mission Winnow, no carro ou não. Você mencionou adesivos, então estamos discutindo direitos. Será anunciado assim que estivermos prontos para fazê-lo."

Quando a PMI anunciou no início deste ano que estava removendo sua marca MW para corridas na União Europeia, a empresa expressou alguma frustração com a forma como sua campanha sem tabaco estava sendo tratada.

Riccardo Parino, VP de Parcerias Globais da Philip Morris, disse: "A Mission Winnow respeita todas as leis e regulamentos e se esforça continuamente para encontrar maneiras distintas de conduzir o diálogo, livre de ideologia, e construir parcerias fortes baseadas em valores compartilhados. Reconhecemos a desconfiança e a abundância de ceticismo em relação ao nosso setor."

"No entanto, nossa intenção não é criar polêmica em torno da aplicação do logotipo, mas sim focar em reformular as conversas globais, construir comunidades e apoiar ideias inovadoras que gerem mudanças positivas."

F1 2021: AULA de Hamilton no BRASIL faz JOGO VIRAR pró-Mercedes? A Red Bull ERROU com Verstappen? | RETA FINAL

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #146: Hamilton teve a maior exibição da carreira no Brasil?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
VÍDEO: F1 divulga onboard de Verstappen em disputa contestada com Hamilton no GP de São Paulo
Artigo anterior

VÍDEO: F1 divulga onboard de Verstappen em disputa contestada com Hamilton no GP de São Paulo

Próximo artigo

F1: Mercedes 'protesta' contra Verstappen com base na câmera onboard do holandês em incidente com Hamilton em SP; assista

F1: Mercedes 'protesta' contra Verstappen com base na câmera onboard do holandês em incidente com Hamilton em SP; assista
Carregar comentários