Vivendo "sonho", Nasr se diz aliviado com pontos em casa

Brasileiro que tirou a Sauber do zero comemora nono lugar em Interlagos e afirma que prioridade é permanecer na Fórmula 1

Vivendo "sonho", Nasr se diz aliviado com pontos em casa
Felipe Nasr, Sauber C35
Felipe Nasr, Sauber C35
Felipe Nasr, Sauber C35
Felipe Nasr, Sauber C35 locks up under braking
Felipe Nasr, Sauber C35
Felipe Nasr, Sauber C35
Felipe Nasr, Sauber C35
Felipe Nasr, Sauber C35
Felipe Nasr, Sauber C35
Felipe Nasr, Sauber C35
Carregar reprodutor de áudio

A corrida com chuva, que a maioria dos pilotos pediam na véspera se tornou caótica em Interlagos, com direito a duas bandeiras vermelhas e várias passagens do Safety Car na pista, incluindo a largada.

Mesmo tendo a primeira experiência em Interlagos na chuva, Felipe Nasr conseguiu a nona colocação, o que resultou nos dois primeiros pontos da equipe em 2016.

Ao final da prova, entre muitos abraços e congratulações, o brasiliense falou sobre a prova e o que ela resultou em seu difícil ano na Fórmula 1.

"Mantive a minha cabeça focada no fim de semana, na corrida de hoje, que era a oportunidade única para marcarmos um ponto, e marcamos dois. E foi em uma situação difícil, em condições muito complicadas na pista."

"São dois pontos muito importantes para equipe também. Isso dá uma motivação a mais e, sem dúvida, ajuda nos recursos para 2017. Então, mais uma vez, estou mostrando que quando tenho uma oportunidade, estou lá para pegar."

Tendo apenas participado da prova de 2015 como piloto da maior categoria do mundo, Nasr falou da sensação de correr em casa e o resultado final.

"É um sonho virando realidade, conseguir meus primeiros pontos aqui no Brasil, em uma pista histórica, vendo os fãs nas arquibancadas, isso foi especial. Não pude esconder quão feliz eu estava, porque foi em uma prova muito difícil, do início ao fim."

"Mas eu sabia que o tempo poderia estar assim. Fiquei surpreso com nosso ritmo e acho que todos nós merecemos, em um ano tão difícil."

Ainda com futuro indefinido, o piloto reafirmou a importância do resultado e o alívio que isso trouxe.

"Resultados assim sempre ajudam, independentemente do momento. Sempre disse que estava focado no fim de semana, não estava preocupado com o futuro, mantive meu foco, minha concentração. Estou aliviado por ter marcado pontos, o que eu sempre quis era marcar pontos e fiquei feliz por isso."

"As pessoas julgam as coisas de maneira muito rápida e um ano ruim fica difícil você mostrar resultados, mas são momentos assim que quando você consegue aproveitar as oportunidades."

"Acho que deixa claro que a minha prioridade, o meu trabalho que é ficar aqui, nessa minha carreira na F1."

compartilhar
comentários
Rosberg: “posso viver com esta segunda posição”
Artigo anterior

Rosberg: “posso viver com esta segunda posição”

Próximo artigo

Terceiro dá título a Rosberg em Abu Dhabi; veja campeonato

Terceiro dá título a Rosberg em Abu Dhabi; veja campeonato
Carregar comentários