FRECA: Barrichello tem grande desafio em Monza com pista seca, molhada, amarelas e mais

Piloto apoiado pela Toyota Gazoo Racing e XP Investimentos inicia sua segunda temporada na categoria

FRECA: Barrichello tem grande desafio em Monza com pista seca, molhada, amarelas e mais
Carregar reprodutor de áudio

Dudu Barrichello encerrou neste domingo a primeira etapa da FRECA – Fórmula Regional by Alpine, em Monza. O brasileiro que fez sua estreia pela equipe Arden. Com um grid cheio, composto por 37 pilotos, as corridas foram marcadas pelas disputas acirradas e constantes entradas do safety car.

Na corrida 1, realizada sábado, Dudu Barrichello largou do vigésimo terceiro lugar, tomou um toque de um concorrente na primeira curva, conseguiu voltar para a prova e teve que trocar o bico. O brasileiro voltou no 34º lugar e mesmo com muitas intervenções do carro de segurança conseguiu recuperar 8 posições na pista molhada de Monza para receber a bandeira quadriculada no vigésimo sexto lugar.

Leia também:

Na segunda prova Barrichello fez uma largada limpa, evitou os acidentes e ocupava o 22º lugar na abertura da segunda volta. Na sequência superou dois concorrentes e avançava.

O brasileiro superou Santiago Ramos na quarta volta para assumir o décimo nono lugar. No giro seguinte Dudu acabou sendo atrapalhado por um concorrente e perdeu duas posições.

Faltando 15 minutos para o término da prova o safety car foi acionado após múltiplo acidente no pelotão de trás da corrida. Cinco minutos depois a bandeira verde foi agitada, Dudu Barrichello manteve sua posição enquanto pressionava Ramos.

O piloto do carro #91 da Arden conseguiu subir para o décimo nono lugar após superar Ramos a menos de oito minutos para o fim.

Nos minutos finais de prova o safety car foi acionado novamente após batida de um concorrente, a bandeira verde aconteceu na penúltima volta. Dudu Barrichello recebeu a bandeira quadriculada em vigésimo.

“Fim de semana difícil para mim, o ritmo era bom, mas o pneu demorava muito para aquecer, o que dificultou nossos dois qualis do fim de semana", disse Barrichello. "Largar do fundo é complicado, as coisas são bagunçadas".

"Na primeira corrida fui tirado na primeira curva, na segunda não deu para ir muito para frente, apesar das boas disputas. O push que entrou para a temporada também foi um fator nessa briga por posição. Hora de analisar os dados e pensar em Ímola para pontuar bem".

O próximo compromisso de Dudu Barrichello pela FRECA acontece nos dias 7 e 8 de maio, em Ímola.

F1 AO VIVO: Veja DEBATE sobre o GP da Emilia Romagna, quarta etapa de 2022, disputada em ÍMOLA

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast debate Sprint de Ímola, vencida por Verstappen após batalha com Leclerc

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
Eduardo Barrichello disputa a primeira etapa da FRECA, em Monza
Artigo anterior

Eduardo Barrichello disputa a primeira etapa da FRECA, em Monza

Próximo artigo

FRECA: Dudu Barrichello encara etapa de Ímola "adaptado" a nova equipe

FRECA: Dudu Barrichello encara etapa de Ímola "adaptado" a nova equipe