Di Grassi vê vitória como "resposta" à punição no México

Piloto da Audi saiu de Long Beach com a vitória e a liderança da segunda temporada da Fórmula E

Di Grassi vê vitória como "resposta" à punição no México
Race winner Lucas di Grassi, ABT Schaeffler Audi Sport with teammate in third place Daniel Abt, ABT Schaeffler Audi Sport
Race winner Lucas di Grassi, ABT Schaeffler Audi Sport, second place Stéphane Sarrazin, Venturi, third place Daniel Abt, ABT Schaeffler Audi Sport
Race winner Lucas di Grassi, ABT Schaeffler Audi Sport with teammate in third place Daniel Abt, ABT Schaeffler Audi Sport
Race winner Lucas di Grassi, ABT Schaeffler Audi Sport with teammate in third place Daniel Abt, ABT Schaeffler Audi Sport
Podium: winner Lucas di Grassi, ABT Schaeffler Audi Sport, second place Stéphane Sarrazin, Venturi, third place Daniel Abt, ABT Schaeffler Audi Sport
Podium: winner Lucas di Grassi, ABT Schaeffler Audi Sport, second place Stéphane Sarrazin, Venturi, third place Daniel Abt, ABT Schaeffler Audi Sport
Podium: winner Lucas di Grassi, ABT Schaeffler Audi Sport, second place Stéphane Sarrazin, Venturi, third place Daniel Abt, ABT Schaeffler Audi Sport
Podium: winner Lucas di Grassi, ABT Schaeffler Audi Sport, second place Stéphane Sarrazin, Venturi, third place Daniel Abt, ABT Schaeffler Audi Sport
Carregar reprodutor de áudio

Lucas di Grassi foi o homem mais feliz da Califórnia neste sábado, após a vitória pela sexta etapa da F-E. Depois de largar na segunda posição, ultrapassar Sam Bird pelo comando da prova e contar com os erros de Sébastien Buemi, o brasileiro é o novo líder do campeonato.

"Foi uma corrida fantástica. Provamos que o que aconteceu no México foi apenas um erro e estamos de volta na briga."

"O foco é gigantesco. Acredito na equipe e vamos sempre tentar conquistar o máximo possível de pontos."

Psicologicamente falando, di Grassi encarou o grande êxito como uma resposta à desclassificação no ePrix da Cidade do México, quando ele também venceu, mas acabou punido por um problema de peso de seu carro.

"Uma bela resposta pelo que aconteceu no México. Nessas horas é muito fácil abaixar a cabeça, jogar a toalha, dizer que o campeonato acabou ou brigar com a equipe", disse.

"Mas isso mostra que quando se mantém a calma, coloca a cabeça no lugar, mantém o foco e o trabalho, os resultados aparecem. Agora estamos de novo na liderança do campeonato - o que é fantástico -, e vamos lutar até o final mesmo não tendo um carro tão bom quanto o de nossos concorrentes mais próximos"

Mesmo com o trabalho na pista satisfatório, di Grassi exime as falhas do time e vai para a Europa de peito estufado.

"Temos cometido menos erros e até agora tem sido um campeonato de sonho com pódios em todas as corridas. Isso mostra o nosso trabalho e o quanto estamos forçando o limite, buscando melhorar cada vez mais."

"Tenho toda confiança no time e agora, com um ponto na liderança, a gente parte para as etapas europeias com a mesma cabeça, a mesma vontade de vencer todas as corridas e, quando não for possível, somar pontos e brigar pelo campeonato"

compartilhar
comentários
Nelsinho admite que acidente aconteceu por "arriscar demais"
Artigo anterior

Nelsinho admite que acidente aconteceu por "arriscar demais"

Próximo artigo

Na casa de rivais, Di Grassi quer manter liderança

Na casa de rivais, Di Grassi quer manter liderança