F4: Rubinho explica importância da categoria para o automobilismo brasileiro

Pódio na primeira prova da trajetória da novata competição, Nicolas Giaffone ecoou o discurso de Rubinho e seu filho, Fefo Barrichello; confira

F4: Rubinho explica importância da categoria para o automobilismo brasileiro
Carregar reprodutor de áudio

Na manhã deste sábado, a Fórmula 4 Brasil fez a corrida inaugural de sua história, com a disputa de duas de três corridas deste fim de semana no Velocitta, em Mogi Guaçu, no interior do estado de São Paulo.

Por isso, o Motorsport.com conversou com pilotos da categoria e veteranos do automobilismo para falar sobre a importância da existência de um campeonato nacional de uma categoria de base para monopostos. 

O editor recomenda:

Rubens Barrichello, último brasileiro a vencer na F1, no GP da Itália de 2009, salientou a importância da competição no sentido de formar os competidores que representarão o País mundo afora. Neste sentido, vale destacar que nossos representantes não precisam ir ao exterior demasiadamente novos.

"Vamos com tudo com essa F4, torcendo muito para que, aqui, a gente possa ajudar os meninos a ir para fora [mais maduros] e se estabilizarem, tendo muito mais sucesso", disse Rubinho, cujo filho mais novo, Fefo, 17 anos, debuta em categorias de carros justamente na F4 brasileira.

"Eu não havia visto o carro ainda, ficou bem legal. Que dá vontade [de correr com o modelo], dá. Se alguém tiver uma dorzinha de barriga, eu monto! Ontem, quando eles estavam fazendo o shakedown, eu até 'me alistei' e falei: 'Ó, se precisar, eu tô por aí'."

"Mas a realidade é que essa F4 veio para abrilhantar o automobilismo no Brasil, que está 'escasso'. Na verdade, a gente nunca tem falta de pilotos bons, mas a gente tem a falta aí de um brasileiro... Não é possível que a última vitória [na F1] tenha sido, ainda, aquela lá de 2009", completou Rubens.

Fefo, quarto colocado na corrida 1 deste sábado, também falou sobre a emoção da estreia na F4: "Meu pai ficou escutando o rádio, mas comunicação apenas com o Maurício [Ferreira, chefe de equipe]. Depois conversei com ele e com o Dudu [Barrichello, filho mais velho de Rubens], que são bem mais experientes que eu nos carros. Sempre tenho coisas para aprender com eles e é muito bom esse papo para aprender e evoluir ainda mais.”

Dudu, Rubens e Fefo na festa de 50 anos de Rubinho no Velocitta

Dudu, Rubens e Fefo na festa de 50 anos de Rubinho no Velocitta

Photo by: Duda Bairros

“É um carro muito diferente de tudo que eu já guiei na vida! Nunca havia andado em carro com câmbio borboleta, por exemplo, então foi uma das muitas coisas diferentes do que eu já estava acostumado", disse Fernando.

Amigo e adversário de Fefo, Nicolas Giaffone também foi destaque na primeira prova, na qual completou o pódio na cidade paulista. O filho de Felipe Giaffone, comentarista de F1 na Band e astro da Copa Truck, celebrou o resultado, mas destacou a experiência adquirida na manhã deste sábado.

“Eu vejo essa primeira etapa como um aprendizado. Claro que a busca por resultados começa já, mas procuro me encontrar dentro do carro e entender os sintomas que ele tem, já que é um equipamento novo no mundo inteiro", afirmou 'Nic'. O vencedor da corrida 1 foi Pedro Clerot.

Sábado, 14 de maio

14h40 – Fórmula 4 Brasil – Corrida 2 (18 minutos + 1 volta)Domingo, 15 de maio12h05 – Fórmula 4 Brasil – Corrida 3 (25 minutos + 1 volta)

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST #177 - Red Bull 'roubou' status de favorita ao título da Ferrari?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
Prestes a fazer 50, Rubinho se emociona com estreia de Fefo na F4, que corre no Velocitta com a Stock: vejo que não sei de nada
Artigo anterior

Prestes a fazer 50, Rubinho se emociona com estreia de Fefo na F4, que corre no Velocitta com a Stock: vejo que não sei de nada

Próximo artigo

Com segundo lugar em Hockenheim, Rafa Câmara mantém 100% de pódios na F4 Alemã

Com segundo lugar em Hockenheim, Rafa Câmara mantém 100% de pódios na F4 Alemã