Geral FIA Motorsport Games

FIA Motorsport Games: Sexto na GT, Bruno Baptista obtém 2º melhor resultado do Brasil

Piloto da Stock Car faz corrida de recuperação depois de cair para 12º e acaba prova como melhor piloto Silver do evento, repleto de estrelas do GT europeu e DTM

Bruno Baptista

Em meio ao grid do FIA Motorsport Games, recheado de pilotos de fábrica e de titulares do DTM com gradação Ouro ou Platina, Bruno Baptista conseguiu o segundo melhor resultado da delegação brasileira no evento encerrado neste domingo em Paul Ricard, em Le Castellet, na França. Correndo uma Mercedes AMG GT3 preparada pela tradicional equipe Akkodis ASP, o brasileiro terminou a disputa da GT Sprint na sexta posição. Ele ficou a menos de meio segundo do top 5.

Leia também:

Ele levou para casa o troféu “Silver Cup”, destinado ao melhor piloto de sua graduação no evento de encerramento na “olimpíada do esporte a motor”.

A jornada marcou uma formidável recuperação do competidor do carro #44, em seu primeiro fim de semana correndo de GT na Europa. Bruno caiu para a última posição na largada. Então teve sangue frio para recuperar terreno sem deteriorar o equipamento. Nos últimos 15 minutos de prova, ele tinha o mesmo ritmo dos líderes e soube aproveitar as oportunidades, com direito a uma arrojada ultrapassagem sobre o espanhol Daniel Juncadella nos últimos metros da volta final.

Baptista mostrou boa evolução nos treinos livres, classificou na oitava posição, apenas dois décimos atrás do top 5.

Na largada, acabou encaixotado, escalou a zebra e escapou para a área de escape, caindo para a última posição. No fim da primeira volta, já era o 11º colocado e, em questão de 10 minutos, já lutava pelo décimo lugar com a McLaren do marroquino Michael Benyahia e com a Ferrari do taiwanês Ewan Chen. Na sequência, subiu para 10º ao passar o suíço Yannick Mettler, com uma Mercedes igual à sua.

Na 24ª, Bruno finalmente conseguiu ultrapassar Chen e subir para a nona posição. A partir daí, tirou oito segundos em relação ao marroquino Benyahia, que estava preso em uma briga com outros três adversários: o espanhol Daniel Juncadella (Mercedes), o turco Ayhancan Guven (Porsche) e o francês Tristan Vaultier (Mercedes).

Com uma leitura precisa das disputas, Bruno abriu a última volta em sétimo, logo atrás de Juncadella. O espanhol tinha uma punição de cinco segundos de acréscimo ao seu tempo de corrida por não respeitar os limites de pista. Mas o brasileiro sequer precisou aguardar a penalidade. Passou Juncadella na penúltima curva, recebeu a bandeirada em sexto apenas 0.484s atrás do turco que é piloto de fábrica da Porsche. Um belíssimo resultado para o competidor da equipe RCM da Stock Car, que encerrou no pódio a participação brasileira no FIA Motorsport Games.

“Na largada infelizmente meu carro saiu de traseira e tive que partir para uma corrida de recuperação”, disse Bruno Baptista. “Sabia que no começo o carro não ia ser bom, que a pressão não estaria boa. Mas que a partir do meio da prova iria crescer até o final. E foi o que aconteceu: consegui salvar pneu e no final alcançar o pelotão que vinha brigando, depois de fazer boas voltas para chegar em P6. Por pouco não fiz P5 e acho que a gente tinha ritmo até para lutar entre os quatro hoje. Foi minha primeira corrida de GT3 aqui na Europa e terminamos de forma muito positiva.

“Acho que consegui demonstrar meu trabalho, mostrar o motivo pelo qual vim competir aqui e acredito que o pessoal da equipe gostou. Competimos contra vários pilotos de fábrica e a performance mostrou que se tivermos uma oportunidade aqui podemos lutar de igual para igual com eles.

“Foi um evento muito especial por correr com meu pai e representando a delegação brasileira. Todos os pilotos brasileiros estão de parabéns. O Gabriel ganhou medalha, infelizmente outros tiveram sua dose de má sorte, como o Igor no simulador. Mas sei que todos deram o seu melhor e vamos brigar mais forte na próxima edição dos Jogos.”

 

 

 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior FIA Motorsport Games: Brasil deixa Marselha com uma prata e 5 top 10
Próximo artigo Nelsinho Piquet é campeão da final mundial do Lamborghini Super Trofeo

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil