Motorsport Games: Igor Rodrigues é pole no Fanatec Esports Cup

Dupla Kaká Magno e Bruno Pierozan começa bem no Auto Slalom, enquanto Adroaldo Weisheimer e Rafael Capoani fecham prólogo do Rally2 em P11

Igor Rodrigues

Divulgacao

No primeiro dia de competições, o Brasil mostrou toda sua tradição em esporte a motor justamente na modalidade mais jovem do programa do FIA Motorsport Games. Igor Rodrigues, piloto escalado pela CBA (Confederação Brasileira de Automobilismo) para representar o País no Fanatec Esports Cup foi o mais rápido do treino livre em meio a 57 competidores. Mais tarde, ele cravou a pole.

Leia também:

Pilotando uma McLaren 720S GT3 na plataforma Assetto Corsa Competizione, o gaúcho de 23 anos de idade, que é piloto oficial da Williams, vai partir da posição de honra na segunda corrida de quartas-de-final prevista para esta sexta-feira. Se terminar entre os dez, ele avança para a semifinal diretamente –caso contrário, ainda terá uma chance de seguir na competição na repescagem.

O primeiro dia marcou também a realização de um treino livre e do prólogo do Rally2. A dupla Adroaldo Weisheimer e Rafael Capoani aproveitou o dia para se adaptar ao Volkswagen Polo GTi R5 4x4, fechando a sessão final em 11º lugar. O prólogo determina a ordem de largada para os estágios cronometrados da prova, que passam a ser disputados nesta sexta-feira em estradas de terra nos arredores do Autódromo de Paul Ricard. No levantamento das especiais, chamou a atenção da dupla brasileira um terreno montanhoso, com desfiladeiros que prometem ser um desafio adicional ao evento.

Outra dupla que iniciou o FIA Motorsport Games com o pé direito foi Kaká Magno e Bruno Pierozan, no Auto Slalom. Estreando em eventos desse tipo, ambos mostraram boa adaptação ao Opel Corsa-e Rally totalmente elétrico e fizeram percursos limpos. Cada piloto tinha que fazer duas passagens em cada um dos dois percursos. Kaká realizou ambas com êxito. Bruno cumpriu bem a primeira passagem na pista no sentido horário, mas acabou a luz natural antes de ele realizar sua passagem no sentido anti-horário. A fase classificatória será concluída nesta sexta-feira e, até o momento, a dupla brasileira está na zona que avança para os mata-matas.

Nesta sexta entram em ação também os demais integrantes da delegação da CBA em Marselha. Vão acelerar em Paul Ricard os kartistas Gabriel Koenigkan e João Maranhão, Raphael Reis no TCR, Pedro Clerot na Fórmula 4 e Adalberto e Bruno Baptista na GT Cup.

“Começamos com o pé direito”, disse Igor Rodrigues. “Fui muito melhor do que esperava, a adaptação ao equipamento do evento presencial é sempre algo a se prestar atenção e consegui fazer isso muito bem. No fim de julho em outro evento eu fui muito mal. Estava ansioso, mas me surpreendi demais e espero que amanhã tudo corra bem. É importante ser o mais rápido na tomada, sempre bom largar na frente. A melhor estratégia é fazer uma parada rápida, abastecer cedo e voltar para a pista, é sempre uma parte muito complicada das corridas e qualquer erro pode gerar punição. Agradeço ao meu companheiro de time na Williams que me ajudou com um Setup para a Mclaren e me ajudou a estar na primeira posição hoje.”

 

“Errei um pouco na curva 3, estou tendo meu primeiro contato com o carro e com a pista, a terra começa amanhã e temos 150km para disputar”, afirmou Adroaldo Weisheimer. “Largar mais para o fundo não é ruim, consigo aprender a linha e os pontos de frenagem dos outros competidores. Amanhã vamos buscar o top3 e classificar para a final. Eu, o carro e o Rafael Capoani nos entendemos bem, o carro é bem diferente do que estamos acostumados, bem mais elaborados que no Brasil. Gradativamente vamos alcançando o desempenho desejado.”

“A pista é fantástica, tivemos o primeiro contato com o carro nos treinos, é um carro bem forte, bem arisco”, disse Rafael Capoani. “Estamos nos adaptando ao carro, vamos largar de P11, mas classificamos contra um pessoal acostumado a andar nesse tipo de carro no asfalto. Vamos buscar as primeiras posições amanhã.”

“Estamos bem confiantes com tudo que aconteceu hoje, o Bruno ainda não conseguiu fazer a última volta dela por causa da luminosidade, mas conseguiu bons resultados até aqui”, comentou Kaká Magno. “Não conseguimos cravar a posição que vamos partir amanhã, mas tem sido um bom dia de atividades.”

 “Hoje foi um dia de adaptação, me adaptei bem e gostei muito dessa nova experiência”, disse Bruno Pierozan. “Hoje tivemos a primeira sessão e amanhã tem mais atividades. Estou feliz com o desempenho até agora. Acredito bastante na nossa chance de classificar e disputar o mata-mata.”

 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Motorsport Games: Pai e filho, Adalberto e Bruno Baptista correm juntos em Paul Ricard
Próximo artigo FIA Motorsport Games: Raphael Reis encara desafio em busca de medalha inédita

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil