Atual campeão da IMSA, Pipo Derani celebra bom início de temporada com pódio nas 24 Horas de Daytona

Brasileiro e companheiros lutaram pela vitória até o final e terminaram a disputa na segunda colocação

Pipo Derani

Pipo Derani

Jose Mario Dias

Foram 24 horas de muitos duelos, adrenalina e minutos finais de tirar o fôlego. A 62ª edição das 24 Horas de Daytona, disputada sábado e domingo, teve ingredientes de muita emoção, com 59 carros na briga pelas taças de uma das principais provas do mundo, dividida em quatro classes.

Na categoria principal, a GTP, o brasileiro Pipo Derani e os companheiros - os britânicos Jack Aitken e Tom Blomqvist – largaram da pole position com o #31 Whelen Engineering Cadillac V-Series.R, da equipe Action Express Racing, e lutaram pela vitória até os minutos finais.

O editor recomenda:

Única equipe a ter três pilotos na corrida (as demais contaram com quatro competidores), eles cruzaram a linha em segundo, só dois segundos atrás dos vencedores, o Porsche 963 pilotado pelo brasileiro Felipe Nasr e os companheiros Dane Cameron, Matt Campbell e Josef Newgarden.

Atual campeão da IMSA, Derani celebrou o bom início de temporada. O brasileiro cravou na semana passada a pole position, estabelecendo um novo recorde para o circuito, comprovando o bom desempenho do carro e as boas expectativas para o campeonato deste ano.

“Correr essa prova, é sempre uma emoção. Estamos aqui para aproveitar também esses momentos. Foi uma corrida fantástica para os fãs”, comentou Derani, que venceu as 24 Horas de Daytona em 2016, em sua estreia no IMSA.

“Claro que queríamos a vitória, mas não há nada melhor do que lutar lado a lado com outros grandes competidores e ter um final tão incrível, em uma corrida que foi muito disputada do início ao fim”, destacou Pipo, que é bicampeão do IMSA (2021/2023).

O último stint da prova teve Tom Blomqvist ao volante e o piloto chegou a superar Nasr, após o pit stop. A briga foi ferrenha, mas os rivais tiveram uma estratégia mais eficaz na economia de combustível e garantiram a vitória.

“O Tom fez um trabalho fantástico para tentar superar o Felipe e estava mais difícil estar fora da pista do que dentro. Demos tudo o que podíamos, só que no final eles ficaram com a vitória. Mas estou muito orgulhoso, porque o trabalho de toda a equipe foi fantástico. Não cometemos um único erro durante toda a semana. Nosso carro estava muito competitivo. Estivemos na frente, brigando do início ao fim. Foram grandes disputas”, continuou Derani.

O brasileiro, que contou com o apoio do BB Americas nas 24 Horas de Daytona, deixou a pista muito confiante e otimista para poder brigar este ano por seu tricampeonato. “Foi ótimo começar o ano assim".

"No ano passado, terminamos em quinto lugar aqui, em uma temporada de altos e baixos, que no final terminou com a conquista do título. Então, temos certeza de que podemos estar ainda mais fortes em 2024. Começar a temporada com uma pole e um segundo lugar, nós dá muita esperança e nos mostra que estamos no caminho certo para lutar por mais um campeonato”, completou o brasileiro.

A próxima etapa da temporada do IMSA acontecerá em uma das pistas onde o brasileiro é destaque: as 12 Horas de Sebring, entre os dias 13 e 16 de março. Derani é tetracampeão da corrida.

Confira os 10 primeiros nas 24 Horas de Daytona / categoria GTP:1. D. Cameron / F. Nasr / M. Campbell / J. Newgarden (Porsche 963) 791 voltas em 23h58min24s7232. P. Derani / J. Aitken / T. Blomqvist (Cadillac V-Series.R) +2.1123. J. Taylor / L. Deletraz / C. Herta / J. Button (Acura ARX-06) +14.9894. N. Tandy / M. Jaminet / K. Estre / L. Vanthoor (Porsche 963) +15.3875. G. Bruni / N. Jani / A. Picariello/ R. Dumas (Porsche 963) +44.4796. T. van der Helm / P. Hanson / B. Keating / R. Westbrook (Porsche 963) +2 voltas7. C. De Phillippi / N. Yelloly / M. Martin / R. Rast (BMW M Hybrid V8) + 13 voltas8. J. Krohn / A. Farfus / P. Eng / D. Vanthoor (BMW M Hybrid V8) + 15 voltas9. R. Taylor / F. Albuquerque / B. Hartley / M. Ericsson (Acura ARX-06) Não completou10. R. van der Zande / S. Bourdais / S. Dixon / A. Palou (Cadillac V-Series.R) Não completou

DRUGOVICH e BORTOLETO na mesma equipe de F1? Brasileiros falam sobre 2024 e ALÉM na ASTON e McLAREN

Sai Barcelona, entra Madri: F1 muda DNA e pode perder GPs clássicos

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte do nosso canal no WhatsApp: clique aqui e se junte a nós no aplicativo!

Be part of Motorsport community

Join the conversation
Artigo anterior Vencedor das 24 Horas de Daytona, Nasr fala de momento decisivo com Penske e revela 'confusão' na chegada
Próximo artigo Felipe Massa estreia com pódio nas 24 Horas de Daytona

Top Comments

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Sign up for free

  • Get quick access to your favorite articles

  • Manage alerts on breaking news and favorite drivers

  • Make your voice heard with article commenting.

Motorsport prime

Discover premium content
Assinar

Edição

Brasil