IndyCar
R
Detroit
29 mai
-
31 mai
Próximo evento em
52 dias
R
Texas
04 jun
-
06 jun
Próximo evento em
58 dias
R
Road America
19 jun
-
21 jun
Próximo evento em
73 dias
R
Richmond
25 jun
-
27 jun
Próximo evento em
79 dias
R
GP de Indianápolis
02 jul
-
04 jul
Próximo evento em
86 dias
R
Toronto
10 jul
-
12 jul
Próximo evento em
94 dias
R
16 jul
-
18 jul
Próximo evento em
100 dias
R
Mid-Ohio
07 ago
-
09 ago
Próximo evento em
122 dias
21 ago
-
23 ago
Próximo evento em
136 dias
R
Gateway
28 ago
-
30 ago
Próximo evento em
143 dias
R
Portland
11 set
-
13 set
Próximo evento em
157 dias
R
Laguna Seca
18 set
-
20 set
Próximo evento em
164 dias

Helio comenta acidente de Dixon: “tive sorte de escapar"

compartilhar
comentários
Helio comenta acidente de Dixon: “tive sorte de escapar"
Por:
Traduzido por: Gabriel Carvalho
30 de mai de 2017 09:50

Helio Castroneves descreve momento em que passou por baixo do carro de Scott Dixon, que havia decolado em acidente impressionante nas 500 Milhas de Indianápolis

Helio Castroneves terminou em segundo lugar a 101ª edição das 500 Milhas de Indianápolis, realizada no último domingo (28), mas não sem passar por um grande susto. O brasileiro testemunhou de perto o impressionante acidente sofrido por Scott Dixon.

Dixon não conseguiu evitar o carro de Jay Howard na curva 2 após o piloto da Schmidt Peterson Motorsports bater no muro e voltar para o meio da pista. Com isso, o piloto da Ganassi decolou e bateu o carro no softwall interno do circuito, com Castroneves passando por baixo instantes antes de o carro do neozelandês atingir a barreira.

“Vi que ele estava voando, abaixei e fechei os olhos. Quando os abri, estava na grama. Vi que Howard tinha ido para a parte suja da pista e sabia que ele voltaria, pois aconteceu algo semelhante comigo em 2011, creio, e quase fui atingido", disse.

“Sabia que iria acontecer algo assim. Quando vi Dixon, pensei 'ok, talvez eu tenha problemas', então comecei a me mover para a esquerda. Mas quando os carros se tocaram, o de Dixon veio rapidamente em minha direção, voando. Uau, aí eu joguei o carro com tudo para a parte de dentro", afirmou.

“De repente, vi a grama. Digo, eu estava na grama. Havia uma lombada ali e eu não sei o que aconteceu, o carro simplesmente pulou. Eu fiquei meio que 'segure-se', sabe? Olhe em volta, tudo está bem. Quando veio a bandeira vermelha, notamos que uma aleta da asa traseira tinha caído e a asa dianteira estava quebrada", contou.

Castroneves revelou, por fim, que não sabia como a aleta tinha se quebrado, mas deduziu que um detrito havia atingido a peça.

“Eu não sei como a aleta se quebrou", disse. "Alguns detritos tocaram o meu carro, passou muito perto. Vi o carro de Dixon no ar, não sei se o nariz do carro dele tocou a aleta. Tive sorte de escapar e estou feliz em saber que ele ficou bem, pois foi um acidente impressionante", completou.

Reveja o acidente por dois ângulos:

 

 

 

Próximo artigo
Mundo da velocidade reage ao bom desempenho de Alonso

Artigo anterior

Mundo da velocidade reage ao bom desempenho de Alonso

Próximo artigo

Ilustre novato: relembre a jornada de Alonso na Indy 500

Ilustre novato: relembre a jornada de Alonso na Indy 500
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria IndyCar
Evento Indy 500
Localização Indianapolis Motor Speedway
Pilotos Helio Castroneves , Scott Dixon
Autor David Malsher