Morgatto "sempre sonhou" com conquista do Mundial de Kart

Brasileiro quebrou jejum de 24 anos do país sem o título maior do kartismo mundial

Matheus Morgatto

Depois de 24 anos, o hino brasileiro voltou a ser tocado no Campeonato Mundial de Kart. O paulista Matheus Morgatto, de 18 anos, tornou-se campeão mundial neste domingo (18), ao vencer a categoria OK no Circuito Internacional de Napoli, na cidade de Sarno, na Itália.

O feito do jovem piloto foi acompanhado de perto pelo presidente da Confederação Brasileira de Automobilismo, Giovanni Guerra, que esteve no kartódromo dando suporte aos 10 brasileiros na disputa.

Leia também:

Morgatto, que já havia sido pole no Mundial de Kart de 2020, em Portugal, também começou muito bem as disputas em Sarno. Nas classificatórias de ontem, venceu quatro provas e, na manhã deste domingo, ficou em primeiro após o Super Heat, o que lhe deu o direito de largar na frente na final e ir para cima na busca pelo título.

O piloto iguala o feito de outros três brasileiros, que foram campeões mundiais de kart no passado: Guga Ribas (1986), Gastão Fráguas (1995) e Ruben Carrapatoso (1998).

“Só tenho a agradecer a todos que torceram muito por mim. É algo que eu sempre sonhei e agora consegui conquistar. Estou muito feliz. Fui veloz a semana toda e, na final, pude demonstrar isso”, comemorou Morgatto.

Ainda na disputa da OK, Olin Galli – que foi premiado pela conquista do título na Copa Brasil de Kart com o apoio da CBA e Banco BRB no Mundial – cruzou a linha de chegada em décimo lugar, depois de largar em 27º na final. Após algumas punições a outros pilotos, Galli encerrou a sua participação em oitavo lugar.

Gabriel Gomez, pole no Mundial do ano passado na Espanha, também foi muito bem na final: foi o 14º, mas após as punições subiu para décimo na classificação geral. Matheus Ferreira foi o 34º e Filippo Fiorentino acabou não se classificando para a final, terminando o Super Heat em 63º no geral.

Na OK Júnior, o catarinense Gabriel Moura foi o único brasileiro que se classificou entre os 36 pilotos que passaram para a final, terminando em 29º. Enzo Nienkkoter e Miguel Costa terminaram o Super Heat em 41º e 58º, respectivamente. Gabriel Sano e Alfredo Ibiapina encerraram suas participações no sábado, após as classificatórias.

Para conferir os resultados completos das Finais em Sarno, acesse:

OK: https://www.fiakarting.com/event/2022-sarno/OK/results?session=ok_results38

OK Júnior: https://www.fiakarting.com/event/2022-sarno/OK-Junior/results?session=ok-junior_results82

Podcast #195 - Fantasma de Abu Dhabi assombra Monza: o que mudar na F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Matheus Morgatto é campeão mundial de kart na Itália
Próximo artigo Arujá terá o mais novo kartódromo do Brasil

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil