'Soft Wall' estreia na Europa em teste para Le Mans

Barreira de proteção que absorve grande parte da energia dos impactos - largamente utilizada nos ovais norte-americanos - aparece pela primeira vez em uma pista europeia no teste oficial para as 24 Horas de Le Mans

'Soft Wall' estreia na Europa em teste para Le Mans
Carregar reprodutor de áudio

A tecnologia mais conhecida como 'soft wall' - barreira de proteção que absorve boa parte do impacto gerado em um acidente - amplamente utilizada nos ovais norte-americanos, finalmente fará a estreia na Europa. E será em uma das pistas mais famosas do mundo: Le Mans.

Desenvolvido após as mortes de Dale Earnhardt e Adam Petty na NASCAR, o 'soft wall' se restringia apenas aos Estados Unidos, enquanto as pistas europeias seguiam utilizando barreiras de pneus ou outros tipos de proteção.

A partir deste final de semana - mais precisamente no próximo domingo (5), durante a sessão de teste oficial para as 24 Horas de Le Mans - o 'soft wall' será visto na área de escape externa das curvas Porsche, trechos de alta velocidade do traçado em La Sarthe.

Mudanças na Arnage 

An aerial view of Indianapolis and Virage d'Arnage with a new roundabout
Vista aérea do trecho da curva Indianápolis em Le Mans

Foto: ACO/DR

Outra modificação no traçado francês foi a inclusão de uma nova rotatória na Arnage. Embora isso não altere o desenho da pista em si, a novidade dará mais visibilidade ao público e espaço extra para aqueles que acampam no setor.

O consórcio que controla a pista das 24 Horas de Le Mans decidiu pela construção da rotatória como uma medida de segurança para os motoristas da região, que utilizam o trecho quando não há corrida - mais de 10 mil veículos passam pelo local diariamente.

"Aproveitamos a oportunidade para completar dois projetos. De um lado, melhoramos a experiência para aqueles que acampam - em termos de segurança no trânsito, iluminação e no lado sanitário. As vagas de acampamento subiram de 220 para 300 - agora, quem quiser acampar pode vir desde o domingo, não precisa mais esperar até quarta-feira", disse Ghislain Robert, chefe da divisão de resort do ACO (Automóvel Clube do Oeste).

Outra mudança estratégica foi a inclusão de uma nova área para o público na Arnage, local do circuito que agrada bastante aos fãs.

"Antes, os espectadores só conseguiam ver os carros quando eles entravam na Arnage. Agora, com as obras que fizemos, eles conseguirão ver os carros vindo da Mulsanne e contornando a Indianápolis - os carros vão 'passear' pelos que estiverem presentes naquele trecho", completou Robert.

compartilhar
comentários
Pipo Derani apresenta capacete especial para Le Mans
Artigo anterior

Pipo Derani apresenta capacete especial para Le Mans

Próximo artigo

Após acidente em Hockenheim, Ruberti não corre em Le Mans

Após acidente em Hockenheim, Ruberti não corre em Le Mans