Triumph fornece motores para Moto2 a partir de 2019

Marca britânica irá substituir a Honda como fornecedora única da classe intermediária do mundial

Triumph fornece motores para Moto2 a partir de 2019
Carregar reprodutor de áudio

A britânica Triumph substituirá a Honda como fornecedora de motores da Moto2. A fábrica assumirá a função a partir de 2019 em um contrato de três anos.

A montadora irá desenvolver uma versão do seu motor de três cilindros 765cc da Triumph Street Triple que substituirá o da CBR 600RR de quatro cilindros da Honda que alimenta a Moto2 desde que a classe foi lançada, em 2010.

A mais recente atividade da Triumph no meio das corridas no Mundial de Supersport, mas a marca levou pilotos a títulos no TT da Ilha de Man e na Daytona 200.

"Este é um grande momento para a Triumph, que traz um novo capítulo emocionante para a nossa história de 110 anos baseada em nossos motores de três cilindros vencedores em TTs e na Supersport", disse o diretor comercial da Triumph, Paul Stroud.

"Estamos ansiosos para uma longa e emocionante relação com a Dorna e os times, pilotos e torcedores da Moto2."

A Triumph espera fazer aparições no Campeonato Europeu de Moto2 no próximo ano como parte de seu programa de desenvolvimento.

"Estamos muito entusiasmados em trabalhar com uma das marcas de motos mais emblemáticas do mundo", disse o CEO da Dorna, Carmelo Ezpeleta.

"Os motores triplos Triumph são conhecidos por sua potência forte e linear e entrega de torque. Eles conseguiram muitos sucessos na pista, os tornando a escolha ideal para o campeonato da Moto2.”

"Estamos ansiosos para a temporada de 2019 e o início de uma nova geração da Moto2 em parceria com a Triumph."

Espera-se que o motor final entregue 128 cv com a centralina desenvolvida pela fornecedora da MotoGP, a Magneti Marelli.

Quando introduzidos, os motores serão preparados e mantidos pela ExternPro nos mesmos moldes do programa atual da Honda.

Os testes foram realizados usando um chassi Triumph. A fabricante não pretende utilizar os chassis Kalex, KTM, Suter, Speed ​​Up e Mistral para conduzir treinos.

compartilhar
comentários
Morbidelli rouba pole de Márquez com cronômetro zerado
Artigo anterior

Morbidelli rouba pole de Márquez com cronômetro zerado

Próximo artigo

Pasini vence duelo a três pela vitória em Mugello

Pasini vence duelo a três pela vitória em Mugello
Carregar comentários