MotoGP
02 ago
-
04 ago
Evento encerrado
09 ago
-
11 ago
Evento encerrado
23 ago
-
25 ago
Evento encerrado
13 set
-
15 set
Evento encerrado
20 set
-
22 set
TL1 em
15 Horas
:
07 Minutos
:
23 Segundos
R
GP da Tailândia
04 out
-
06 out
Próximo evento em
12 dias
R
GP do Japão
18 out
-
20 out
Próximo evento em
26 dias
R
GP da Austrália
25 out
-
27 out
Próximo evento em
33 dias
R
GP da Malásia
01 nov
-
03 nov
Próximo evento em
40 dias
R
GP de Valência
15 nov
-
17 nov
Próximo evento em
54 dias

Barros vê Márquez imbatível: “se não machucar, é campeão de novo”

compartilhar
comentários
Barros vê Márquez imbatível: “se não machucar, é campeão de novo”
Por:
2 de abr de 2019 18:30

Brasileiro não vê nenhum piloto na MotoGP podendo fazer frente a espanhol sete vezes campeão de motociclismo

Dono de sete vitórias na classe principal do Mundial de Motociclismo, Alexandre Barros acredita que Marc Márquez é atualmente imbatível na MotoGP. Para ele, o espanhol só perderá o título desde ano – que pode ser seu sexto na MotoGP e oitavo no mundial – se por ventura se machucar durante a temporada.

Sem isso, Barros não crê que seja possível derrotar Marc Márquez na fase atual.

Leia também:

“Se ele não se machucar, ele ganha”, falou em entrevista ao Motorsport.com.

“O Dovizioso é um cara técnico, tem uma moto até um pouco mais veloz em alguns aspectos – e até está tentando neutralizar onde tem dificuldade, como na Argentina. Agora eles estão indo para os EUA, onde o Márquez ganhou todas – é a pista dele, né.”

“Mas mesmo que o Dovizioso minimize esse prejuízo, acho que ele só perde se machucar.”

Barros enalteceu o trabalho de Valentino Rossi, que foi o segundo no GP da Argentina. Mesmo assim, acha difícil que o italiano consiga seu tão sonhado décimo título mundial em condições normais.

“O Valentino está tirando leite de pedra”, seguiu.

“Mas não sei o que acontece com o (Maverick) Viñales, não sei se é cabeça ou algo técnico. Teoricamente era para ele andar junto com o Valentino, a moto é a mesma. Mas na corrida o Rossi é melhor.”

“Quando Rossi classificou em quarto no último sábado, tinha certeza que ele brigaria nessa corrida. Não achava que o Márquez abriria tanto, fazer quase 15 segundos de frente.”

“Mas também, se você for ver a corrida dele no ano passado ele veio que nem um animal do fim do grid na Argentina, é que ele bateu em todo mundo. Ele andou bem demais mesmo assim. Mas falando da temporada, é difícil de eles terem constância.”

Próximo artigo
No Brasil, Márquez lembra cumprimento de Rossi: “relação de respeito”

Artigo anterior

No Brasil, Márquez lembra cumprimento de Rossi: “relação de respeito”

Próximo artigo

Rossi se desanima por "enorme" diferença para Márquez na Argentina

Rossi se desanima por "enorme" diferença para Márquez na Argentina
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria MotoGP
Autor Gabriel Lima