Circuito do México visa receber MotoGP no futuro

Autódromo Hermanos Rodriguez na Cidade do México recebe inspeção do ex-campeão mundial das 500cc Franco Uncini

Circuito do México visa receber MotoGP no futuro
Carregar reprodutor de áudio

Casa do GP do México de Fórmula 1, o Autódromo Hermanos Rodriguez quer receber a MotoGP em um futuro próximo.

Após reforma, a pista retornou ao calendário da F1 em 2015, e também recebe provas do Mundial de Endurance e da Fórmula E.

Agora, as corridas de moto estão sendo consideradas pela promotora, o Grupo CIE, que promete reformar a pista tendo em vista acolher a MotoGP ou o Mundial de Superbike (alvo inicial) no México pela primeira vez.

Membro da Comissão de Segurança da FIM, Franco Uncini visitou o circuito na segunda-feira após a corrida de Austin para avaliar a sua adequação.

Os promotores tentam agora a classificação de grau da FIM requerida para receber a prova da MotoGP, em vez de simplesmente cumprir o grau B obrigatório para o Mundial de Superbike.

As mudanças necessárias para melhorar a segurança são consideradas a principal dificuldade para garantir esta classificação. A localização do circuito dentro de uma área urbana faz com que qualquer trabalho precise ser aprovado pelo governo local.

O México se junta a um grupo crescente de locais que pretendem se juntar ao calendário da MotoGP, com a Tailândia entrando em 2018, enquanto que Finlândia e Cazaquistão também já demonstraram interesse.

Chefe da Dorna, Carmelo Ezpeleta afirmou anteriormente que a MotoGP "nunca" excederá 20 corridas por ano. Isso deixa apenas mais um lugar depois da adição da Tailândia no próximo ano, a não ser que locais existentes sejam eliminados.

Reportagem adicional por Luis Ramirez

compartilhar
comentários
Lorenzo atribui 9º lugar em Austin a granulação nos pneus
Artigo anterior

Lorenzo atribui 9º lugar em Austin a granulação nos pneus

Próximo artigo

Após incidente com Rossi, Márquez defende Zarco

Após incidente com Rossi, Márquez defende Zarco
Carregar comentários