Relato da corrida

Dovizioso supera Hondas e vence segunda seguida; Rossi é 8º

Andrea Dovizioso supera Dani Pedrosa e Marc Márquez para vencer segunda seguida na temporada 2017, aproximando-se de Maverick Viñales na luta pelo título

Podium: second placde Marc Marquez, Repsol Honda Team, Race winner Andrea Dovizioso, Ducati Team, third placeDani Pedrosa, Repsol Honda Team

Podium: second placde Marc Marquez, Repsol Honda Team, Race winner Andrea Dovizioso, Ducati Team, third placeDani Pedrosa, Repsol Honda Team

Gold and Goose / Motorsport Images

Andrea Dovizioso não quis se colocar na luta pelo título da temporada 2017 da MotoGP após vencer o GP da Itália. Entretanto, o italiano venceu o GP da Catalunha, realizado neste domingo (11) e a realidade de momento é que o piloto da Ducati está na briga.

Com a vitória, Dovizioso - primeiro piloto da Ducati desde Casey Stoner, em 2010, a vencer duas corridas seguidas - foi a 104 pontos, ficando apenas a sete de Maverick Viñales, que não foi além do décimo lugar.  

Após um início mais cauteloso, vendo Jorge Lorenzo liderar a prova à frente de Dani Pedrosa e Marc Márquez, Dovizioso deu as caras entre os ponteiros enquanto Lorenzo perdia rendimento e posições.

O duelo pela vitória, então, ficou entre Pedrosa – que liderava – Dovizioso e Márquez. Mais atrás, Rossi ensaiou uma reação, mas não conseguiu ir além do nono lugar, perdendo rendimento nas dez voltas finais da prova.

A nove voltas do fim, Dovizioso finalmente atacou Pedrosa e superou o piloto da Honda no final da reta dos boxes, assumindo a liderança. Uma volta depois, foi Márquez quem deixou o compatriota para trás.

Um pouco mais atrás, Lorenzo recuperou o ritmo e saltou de oitavo para quarto rapidamente. Na frente, Dovizioso seguiu tranquilamente para a segunda vitória consecutiva. Márquez foi o segundo e Pedrosa completou o pódio.

Lorenzo terminou em quarto, Johann Zarco foi o quinto, Jonas Folger o sexto e Álvaro Bautista o sétimo. Com a queda de Danilo Petrucci no fim da prova, Rossi terminou em oitavo. Hector Barberá foi o nono e Viñales completou o top-10.

Confira a classificação final da prova:

Pos.PontosNum.PilotoEquipeMotoTempo/Dif.
1 25 4 Andrea DOVIZIOSO Ducati Team Ducati 44'41.518
2 20 93 Marc MARQUEZ Repsol Honda Team Honda +3.544
3 16 26 Dani PEDROSA Repsol Honda Team Honda +6.774
4 13 99 Jorge LORENZO Ducati Team Ducati +9.608
5 11 5 Johann ZARCO Monster Yamaha Tech 3 Yamaha +13.838
6 10 94 Jonas FOLGER Monster Yamaha Tech 3 Yamaha +13.921
7 9 19 Alvaro BAUTISTA Pull&Bear Aspar Team Ducati +16.763
8 8 46 Valentino ROSSI Movistar Yamaha MotoGP Yamaha +20.821
9 7 8 Hector BARBERA Reale Avintia Racing Ducati +23.952
10 6 25 Maverick VIÑALES Movistar Yamaha MotoGP Yamaha +24.189
11 5 35 Cal CRUTCHLOW LCR Honda Honda +28.329
12 4 76 Loris BAZ Reale Avintia Racing Ducati +33.281
13 3 45 Scott REDDING OCTO Pramac Racing Ducati +35.200
14 2 17 Karel ABRAHAM Pull&Bear Aspar Team Ducati +39.436
15 1 53 Tito RABAT EG 0,0 Marc VDS Honda +40.872
16   29 Andrea IANNONE Team SUZUKI ECSTAR Suzuki +43.221
17   50 Sylvain GUINTOLI Team SUZUKI ECSTAR Suzuki +44.655
18   44 Pol ESPARGARO Red Bull KTM Factory Racing KTM +48.993
19   22 Sam LOWES Aprilia Racing Team Gresini Aprilia +55.492
Não completaram
    9 Danilo PETRUCCI OCTO Pramac Racing Ducati 2 voltas
    43 Jack MILLER EG 0,0 Marc VDS Honda 12 voltas
    41 Aleix ESPARGARO Aprilia Racing Team Gresini Aprilia 18 voltas

Be part of Motorsport community

Join the conversation
Artigo anterior Lowes: "Sem ir para a pista você não vai à p**** da 1ª fila"
Próximo artigo Márquez: "Senti mais pressão do que quando lutei por título"

Top Comments

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Sign up for free

  • Get quick access to your favorite articles

  • Manage alerts on breaking news and favorite drivers

  • Make your voice heard with article commenting.

Motorsport prime

Discover premium content
Assinar

Edição

Brasil