Há 20 anos, Valentino Rossi estreava na MotoGP; relembre a trajetória do multicampeão

Foi na África do Sul que Valentino Rossi iniciou uma das mais vitoriosas carreiras da história da MotoGP a bordo de uma Honda

Há 20 anos, Valentino Rossi estreava na MotoGP; relembre a trajetória do multicampeão

Em 19 de março de 2000 a MotoGP, ainda com o nome de 500cc, dava o pontapé inicial da sua temporada, com o GP da África do Sul. No grid, um jovem piloto, de apenas 21 anos, alinhava sua moto pela primeira vez ao lado de seus grandes ídolos, como o japonês Norifume Abe: Valentino Rossi.

O italiano chegava à categoria principal do Mundial de Motovelocidade com um status de jovem promessa, tendo conquistado o título da 125cc em 1997 e da 250cc em 1999. E já chegou com uma certa pressão em seus ombros: a Honda buscava um substituto para a vaga de Mick Doohan, pentacampeão que havia encerrado sua carreira no início da temporada anterior após um grave acidente na classificação para o GP da Espanha.

Leia também:

Valentino havia conquistado o quinto lugar no treino classificatório, mas largou mal e em menos de uma volta havia caído para 14º. Rapidamente começou uma recuperação, mas quando estava a cerca de três segundos do líder, caiu e acabou abandonando a prova. A história se repetiu na prova seguinte, na Malásia.

Para um estreante, Rossi teve uma temporada inaugural impressionante. Mesmo sem pontuar na África do Sul e na etapa seguinte, na Malásia, o italiano terminou o ano com a segunda colocação no Mundial de Pilotos, ficando atrás apenas do americano Kenny Roberts Jr, que conquistou seu único título.

Ao longo de 2000, Valentino subiu ao pódio em 10 das 16 etapas, conquistando cinco terceiros lugares, três segundos, além das vitórias no GP da Grã-Bretanha em Donnington Park e no GP do Rio de Janeiro, em Jacarepaguá.

Na sequência, Valentino fez história, conquistando um pentacampeonato consecutivo entre 2001 e 2005. E, depois de um segundo e terceiro lugares em 2006 e 2007, voltou a conquistar o título em 2008 e 2009, totalizando sete mundiais, sendo quatro com a Yamaha e três com a Honda.

Em 20 anos na MotoGP, Valentino deixou seu nome na história para além dos mundiais na categoria principal, com outros recordes como o número de corridas disputadas. Relembre, na galeria abaixo, como foi a trajetória de Valentino Rossi no Mundial de Motovelocidade, desde o seu início na 125cc em 1996 e os números da carreira do italiano:

1996 (125cc) - 9º no mundial (1 vitória), 111 pontos
1996 (125cc) - 9º no mundial (1 vitória), 111 pontos
1/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

1997 (125cc) - Campeão (11 vitórias), 321 pontos
1997 (125cc) - Campeão (11 vitórias), 321 pontos
2/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

1998 (250cc) - Vice-campeão (5 vitórias), 201 pontos
1998 (250cc) - Vice-campeão (5 vitórias), 201 pontos
3/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

1998, GP de Imola (250cc)
1998, GP de Imola (250cc)
4/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

1999 (250cc) - Campeão (9 vitórias), 309 pontos
1999 (250cc) - Campeão (9 vitórias), 309 pontos
5/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

1999, GP da Itália (250cc)
1999, GP da Itália (250cc)
6/42

Foto de: Aprilia Racing

1999, GP de Imola (250cc)
1999, GP de Imola (250cc)
7/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

2000 - Vice-campeão (2 vitórias), 209 pontos
2000 - Vice-campeão (2 vitórias), 209 pontos
8/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

2001 - Campeão (11 vitórias), 325 pontos
2001 - Campeão (11 vitórias), 325 pontos
9/42

Foto de: Marlboro Yamaha Team

2001, GP da Itália
2001, GP da Itália
10/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

2002 - Campeão (11 vitórias), 355 pontos
2002 - Campeão (11 vitórias), 355 pontos
11/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

2003 - Campeão (9 vitórias), 357 pontos
2003 - Campeão (9 vitórias), 357 pontos
12/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

2003, GP de Valência
2003, GP de Valência
13/42

Foto de: Richard Sloop

2004 - Campeão (9 vitórias), 304 pontos
2004 - Campeão (9 vitórias), 304 pontos
14/42

Foto de: Gauloises Fortuna Racing

2005 - Campeão (11 vitórias), 367 pontos
2005 - Campeão (11 vitórias), 367 pontos
15/42

Foto de: Gauloises Fortuna Racing

2005, GP dos EUA
2005, GP dos EUA
16/42

Foto de: Gauloises Fortuna Racing

2005, GP de Valência
2005, GP de Valência
17/42

Foto de: Gauloises Fortuna Racing

2006 - Vice-campeão (5 vitórias), 247 pontos
2006 - Vice-campeão (5 vitórias), 247 pontos
18/42

Foto de: Camel Media Service

2007 - 3º no mundial (4 vitórias), 241 pontos
2007 - 3º no mundial (4 vitórias), 241 pontos
19/42

Foto de: Yamaha Motor Racing

2007, GP da Holanda
2007, GP da Holanda
20/42

Foto de: Yamaha Motor Racing

2007, GP da Austrália
2007, GP da Austrália
21/42

Foto de: Yamaha Motor Racing

2008 - Campeão (9 vitórias), 373 pontos
2008 - Campeão (9 vitórias), 373 pontos
22/42

Foto de: Bob Heathcote

2008, GP da Catalunha
2008, GP da Catalunha
23/42

Foto de: Yamaha Motor Racing

2009 - Campeão (6 vitórias), 306 pontos
2009 - Campeão (6 vitórias), 306 pontos
24/42

Foto de: Bridgestone Corporation

2009, GP de Portugal
2009, GP de Portugal
25/42

Foto de: Yamaha Motor Racing

2010 - 3º no mundial (2 vitórias), 233 pontos
2010 - 3º no mundial (2 vitórias), 233 pontos
26/42

Foto de: Bridgestone Corporation

2010, GP dos EUA e de Indianápolis
2010, GP dos EUA e de Indianápolis
27/42

Foto de: Yamaha Motor Racing

2011 - 7º no mundial (0 vitórias), 139 pontos
2011 - 7º no mundial (0 vitórias), 139 pontos
28/42

Foto de: Ducati Corse

2012 - 6º no mundial (0 vitórias), 163 pontos
2012 - 6º no mundial (0 vitórias), 163 pontos
29/42

Foto de: Ducati Corse

2013 - 4º no mundial (1 vitória), 237 pontos
2013 - 4º no mundial (1 vitória), 237 pontos
30/42

Foto de: Yamaha MotoGP

2014 - Vice-campeão (2 vitórias), 295 pontos
2014 - Vice-campeão (2 vitórias), 295 pontos
31/42

Foto de: Yamaha MotoGP

2015 - Vice-campeão (4 vitórias), 325 pontos
2015 - Vice-campeão (4 vitórias), 325 pontos
32/42

Foto de: Yamaha MotoGP

2016 - Vice-campeão (2 vitórias), 249 pontos
2016 - Vice-campeão (2 vitórias), 249 pontos
33/42

Foto de: Yamaha MotoGP

2017 - 5º no mundial (1 vitória), 208 pontos
2017 - 5º no mundial (1 vitória), 208 pontos
34/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

2018 - 3º no mundial (0 vitórias), 198 pontos
2018 - 3º no mundial (0 vitórias), 198 pontos
35/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

2019 - 7º no mundial
2019 - 7º no mundial
36/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Corridas disputadas: 341 (apenas na MotoGP) / 402 (total)
Corridas disputadas: 341 (apenas na MotoGP) / 402 (total)
37/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Vitórias na MotoGP: 89
Vitórias na MotoGP: 89
38/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Pódios na MotoGP: 198
Pódios na MotoGP: 198
39/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Pontos conquistados: 5.297
Pontos conquistados: 5.297
40/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Etapa com maior número de vitórias: GP da Holanda, em Assen, com 8 vitórias
Etapa com maior número de vitórias: GP da Holanda, em Assen, com 8 vitórias
41/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Vitórias no GP do Rio de Janeiro em Jacarepaguá: 6
Vitórias no GP do Rio de Janeiro em Jacarepaguá: 6
42/42

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

4 vitórias na MotoGP / 500cc (2000 - 2003) / 1 vitória na 250cc (1999) / 1 vitória na 125cc (1997) / Valentino só não ganhou no Rio de Janeiro em 2004, devido a um acidente na oitava volta

Em seus 20 anos na MotoGP, Valentino conquistou uma legião de fãs que acompanham o piloto. E ele sempre faz questão de retribuir o carinho, principalmente com os italianos, seus compatriotas. O piloto sempre faz homenagens ao seu país, como nos GPs da Itália e de San Marino, em Mugello e Misano, respectivamente.

Nestas ocasiões, Valentino sempre disputa as corridas usando capacetes com pinturas especiais. Veja na galeria abaixo os capacetes que o multicampeão usou nas corridas em solo italiano em seus anos na MotoGP:

Mugello 2001
Mugello 2001
1/30

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Mugello 2002
Mugello 2002
2/30

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Mugello 2003
Mugello 2003
3/30

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Mugello 2004
Mugello 2004
4/30

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Mugello 2005
Mugello 2005
5/30

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Mugello 2006
Mugello 2006
6/30

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Mugello 2007
Mugello 2007
7/30

Foto de: Team Gresini

Mugello 2008
Mugello 2008
8/30

Foto de: Yamaha Motor Racing

Misano 2008
Misano 2008
9/30

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Mugello 2009
Mugello 2009
10/30

Foto de: Bridgestone Corporation

Misano 2009
Misano 2009
11/30

Foto de: Yamaha Motor Racing

Mugello 2010
Mugello 2010
12/30

Foto de: Yamaha MotoGP

Misano 2010
Misano 2010
13/30

Foto de: Yamaha Motor Racing

Mugello 2011
Mugello 2011
14/30

Foto de: Ducati Corse

Misano 2011
Misano 2011
15/30

Foto de: Ducati Corse

Mugello 2012
Mugello 2012
16/30

Foto de: Ducati Corse

Misano 2012
Misano 2012
17/30

Foto de: Ducati Corse

Mugello 2013
Mugello 2013
18/30

Foto de: Yamaha MotoGP

Misano 2013
Misano 2013
19/30

Foto de: Bridgestone Corporation

Mugello 2014
Mugello 2014
20/30

Foto de: Luca Stella/FotoMorAle

Misano 2014
Misano 2014
21/30

Foto de: Yamaha MotoGP

Mugello 2015
Mugello 2015
22/30

Foto de: Yamaha MotoGP

Misano 2015
Misano 2015
23/30

Foto de: Yamaha MotoGP

Mugello 2016
Mugello 2016
24/30
Misano 2016
Misano 2016
25/30

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Mugello 2017
Mugello 2017
26/30

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Mugello 2018
Mugello 2018
27/30

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Misano 2018
Misano 2018
28/30

Foto de: Gold and Goose / Motorsport Images

Misano 2019
Misano 2019
29/30

Foto de: Dainese

Mugello 2019
Mugello 2019
30/30

Foto de: Dainese

VÍDEO: Dicas de filmes e séries sobre automobilismo para assistir durante quarentena do coronavírus

compartilhar
comentários
Ducati: é "impossível" que MotoGP comece antes de junho ou julho
Artigo anterior

Ducati: é "impossível" que MotoGP comece antes de junho ou julho

Próximo artigo

Veja quem ganhou tempo após sequência de adiamentos no esporte a motor

Veja quem ganhou tempo após sequência de adiamentos no esporte a motor
Carregar comentários