Márquez ‘passeia’ e vence na Argentina pela MotoGP; Rossi é 2º

Piloto sobra em prova na América do Sul, recebendo bandeira quadriculada quase 10 segundos do segundo colocado

Márquez ‘passeia’ e vence na Argentina pela MotoGP; Rossi é 2º

Marc Márquez não deu chances ao azar neste domingo em Termas de Río Hondo, na Argentina, em prova válida pela segunda etapa da MotoGP de 2019. O piloto da Honda, que venceu pela 45ª vez na carreira, largou na pole position e desde sempre conseguiu abrir grande vantagem. A certa altura, o espanhol chegou a ter 13 segundos de diferença para o segundo colocado e cruzou a linha de chegada a quase 10s, por ter poupado sua moto por precaução.

A grande briga da corrida foi pela segunda colocação, com Valentino Rossi e Andrea Dovizioso, com a grande lenda do esporte levando a melhor na última volta, em uma grande manobra.

Franco Morbidelli e Maverick Viñales também travaram grande batalha, só que pela quarta colocação. Mas ambos caíram no último giro. Melhor para Jack Miller, que herdou a posição.

 

A Corrida

Márquez largou bem e se manteve na liderança. Viñales não fez o mesmo caiu para o quinto lugar. Rossi e Dovizioso brigavam pela segunda posição ao término da primeira volta, com o piloto da Ducati levando a melhor.

Enquanto Márquez abria grande vantagem nos primeiros giros, Miller também começava a crescer, superando Rossi pelo terceiro posto.

A direção de prova constatou que Crutchlow queimou a largada e o piloto foi obrigado a fazer o ride through, encerrando qualquer expectativa de boa corrida.

Restando 20 voltas para o fim, Rossi reagia e chegava à segunda posição, superando Dovizioso. Mas foi por pouco tempo, já que a lenda do esporte errou a freada da curva e deixou que Dovi voltasse ao segundo posto. Alheio a tudo isso, Márquez já abria mais de cinco segundos para o resto do pelotão.

Após conseguir retomar a segunda colocação, Rossi tentava se desvencilhar de Dovizioso, quando faltavam 15 voltas. A esta altura, Viñales era o sétimo e Lorenzo amargava apenas a 17ª posição. Quem vinha bem, em quarto, era Franco Morbidelli.

A briga da prova em sua metade era entre Rossi e Dovizioso, com o piloto da Ducati levando nova vantagem sobre o da Yamaha, enquanto que Márquez tinha quase 10 segundos de vantagem sobre eles. Karel Abraham ia ao chão na curva 1, neste momento. Tito Rabat fez o mesmo minutos depois no mesmo local.

Faltando nove voltas, a briga pela quarta colocação também era boa, com Petrucci tentando roubar o lugar de Morbidelli, e conseguindo posteriormente.

Quem se destacava também era Alex Rins, que depois de largar em 16º, chegava ao quinto lugar, restando sete giros para o fim.

Pouco depois, Joan Mir abandonava a corrida, aparentando problemas mecânicos, após sair da pista.

No final, e com extrema tranquilidade, Marc Márquez cruzou a linha de chegada em primeiro, seguido de Rossi, que fez grande ultrapassagem sobre Dovizioso. Ainda na última volta, Viñales e Morbidelli caíram.

A próxima etapa da MotoGP será nos Estados Unidos, no dia 14 de abril.

Resultado final

Cla   # Piloto Moto Voltas Tempo Diferença Intervalo km/h Abandono Pontos
1   93 Spain Marc Marquez  Honda 25 -         25
2   46 Italy Valentino Rossi  Yamaha 25 9.816 9.816 9.816     20
3   4 Italy Andrea Dovizioso  Ducati 25 10.530 10.530 0.714     16
4   43 Australia Jack Miller  Ducati 25 12.140 12.140 1.610     13
5   42 Spain Alex Rins  Suzuki 25 12.563 12.563 0.423     11
6   9 Italy Danilo Petrucci  Ducati 25 13.750 13.750 1.187     10
7   30 Japan Takaaki Nakagami  Honda 25 18.160 18.160 4.410     9
8   41 Spain Aleix Espargaro  Aprilia 25 25.292 25.292 7.132     8
9   44 Spain Pol Espargaro  KTM 25 25.679 25.679 0.387     7
10   88 Portugal Miguel Oliveira  KTM 25 25.855 25.855 0.176     6
11   99 Spain Jorge Lorenzo  Honda 25 27.497 27.497 1.642     5
12   35 United Kingdom Cal Crutchlow  Honda 25 31.398 31.398 3.901     4
13   63 Italy Francesco Bagnaia  Ducati 25 32.893 32.893 1.495     3
14   5 France Johann Zarco  KTM 25 33.372 33.372 0.479     2
15   55 Malaysia Hafizh Syahrin  KTM 25 35.545 35.545 2.173     1
16   29 Italy Andrea Iannone  Aprilia 25 38.238 38.238 2.693      
  dnf 20 France Fabio Quartararo  Yamaha 25         Retirement  
  dnf 12 Spain Maverick Viñales  Yamaha 24 1 lap 1 Lap 1 Lap   Retirement  
  dnf 21 Italy Franco Morbidelli  Yamaha 24 1 lap 1 Lap 0.000   Retirement  
  dnf 36 Spain Joan Mir  Suzuki 21 4 laps 4 Laps 3 Laps   Retirement  
  dnf 53 Spain Tito Rabat  Ducati 15 10 laps 10 Laps 6 Laps   Retirement  
  dnf 17 Czech Republic Karel Abraham  Ducati 14 11 laps 11 Laps 1 Lap   Retirement
compartilhar
comentários
Dovizioso: Márquez é o mais rápido na Argentina, mas nem tanto
Artigo anterior

Dovizioso: Márquez é o mais rápido na Argentina, mas nem tanto

Próximo artigo

TABELA: Rossi “ajuda” Márquez a assumir liderança do campeonato

TABELA: Rossi “ajuda” Márquez a assumir liderança do campeonato
Carregar comentários