MotoGP: Crutchlow correrá pela Yamaha em Silverstone e novato vai para SRT; saiba nome

Britânico substituirá Viñales, que foi dispensado pela equipe, e correrá em seu país natal; Jake Dixon estreia na categoria

MotoGP: Crutchlow correrá pela Yamaha em Silverstone e novato vai para SRT; saiba nome

Cal Crutchlow substituirá o suspenso Maverick Viñales na equipe de fábrica da Yamaha para a etapa da Grã-Bretanha da MotoGP, enquanto Jake Dixon fará sua estreia na categoria com a Petronas SRT. Nesta sexta-feira (20), a montadora japonesa anunciou que se separou do espanhol com efeito imediato, após a exclusão do GP da Áustria depois que ele tentou deliberadamente danificar o motor de sua moto na Estíria.

Como relatado pela primeira vez pelo Motorsport.com na quarta-feira, era certo que ele ficasse de fora na Inglaterra, independente do time o deixar correr novamente em 2021. A fabricante também confirmou a informação de que o britânico vai se juntar a eles como substituto em Silverstone.

Leia também:

Crutchlow já devia correr na Grã-Bretanha com a SRT no lugar de Franco Morbidelli, que ainda se recupera de uma operação no joelho em junho. O piloto de testes da Yamaha vai se reunir com o chefe da divisão, Silvano Galbusera, que foi contratado para substituir Esteban Garcia no lado de Viñales da garagem no GP da Catalunha.

"É um privilégio fazer parte da Yamaha e fazer o que originalmente eram três corridas até Sepang, mas os planos mudaram. Quero agradecê-los e estou ansioso para correr com a equipe."

Será a primeira vez que Crutchlow correrá por um time de fábrica na MotoGP desde a temporada de 2014 com a Ducati, embora tenha sido da Honda até seu abandono no final de 2020.

A montadora japonesa ainda não tomou uma decisão sobre quem substituirá Vinales até o fim do ano. Embora designado, Cal confirmou na Áustria que seu contrato lhe permite recusar qualquer corrida se desejar.

Jake Dixon, Petronas Sprinta Racing

Jake Dixon, Petronas Sprinta Racing

Photo by: Gold and Goose / Motorsport Images

Com Morbidelli ainda lesionado, a SRT vai chamar o seu piloto da Moto2, Jake Dixon para tomar o lugar do italiano em Silverstone a bordo da M1 'A-spec'. O britânico fez a sua estreia na classe na Grã-Bretanha em 2017 como piloto substituto na Intact GP e sua primeira temporada completa foi em 2019. O evento no circuito será o primeiro no Reino Unido desde o início da pandemia de Covid-19.

Sem nenhum piloto britânico definido para correr originalmente, os fãs do país terão agora dois para torcer em casa - o que também será um impulso significativo para a série, uma vez que será transmitido na TV aberta.

F1: Saiba detalhes da REUNIÃO SECRETA que poderia sacramentar SENNA na FERRARI dias antes de morrer

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Qual piloto merece uma segunda chance na F1?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
MotoGP: Após crise, Yamaha rompe com Viñales com efeito imediato
Artigo anterior

MotoGP: Após crise, Yamaha rompe com Viñales com efeito imediato

Próximo artigo

MotoGP: Aprilia quer Viñales na equipe ainda em 2021; entenda

MotoGP: Aprilia quer Viñales na equipe ainda em 2021; entenda
Carregar comentários