MotoGP: FIM nega recurso da Honda e envia 'caso' para Tribunal de Apelação

Equipe, agora, irá para uma instância superior para dar continuidade ao recurso em relação à penalidade aplicada à Márquez no GP de Portugal

Marc Marquez, Repsol Honda Team

Os Comissários de Recursos da FIM rejeitaram nesta quinta-feira o recurso da Honda contra a penalidade imposta ao seu piloto Marc Márquez após o GP de Portugal de MotoGP, realizado no último domingo, onde o espanhol acertou em cheio Miguel Oliveira. A entidade encaminhou o recurso a uma instância superior, a Corte de Apelações da Federação Internacional.

Leia também:

Inicialmente, a punição deveria ser cumprida durante do GP da Argentina, neste fim de semana. No entanto, com a lesão sofrida pelo piloto - operado na noite do último domingo - a penalidade foi 'adiada' para o fim de semana em que Márquez estiver presente.

Insatisfeita com a decisão, que considerou ir contra o regulamento, a Honda anunciou na quarta-feira que apelaria da penalidade. Depois de uma audiência na manhã de quinta-feira na Argentina, os comissários de apelação da FIM decidiram encaminhar o assunto ao Tribunal de Apelações.

Marc Marquez, Repsol Honda Team, Miguel Oliveira, RNF MotoGP Racing, Jorge Martin, Pramac Racing crash

Marc Marquez, Repsol Honda Team, Miguel Oliveira, RNF MotoGP Racing, Jorge Martin, Pramac Racing crash

Photo by: Gold and Goose / Motorsport Images

Ainda não está claro quando a audiência ocorrerá, mas deve acontecer antes do GP das Américas, em Austin, corrida na qual Marc Márquez deve retornar.

Leia a declaração completa da FIM:

"O Sr. Marc Marquez e a equipe, HRC - REPSOL HONDA TEAM (Alberto Puig) interpuseram recurso escrito no dia 29/03/2023 às 02h16 (am) aos Comissários de Recurso da FIM com a caução para recurso de 1320 Euros.

O recurso é interposto contra a aplicação da Sanção imposta a Marc Márquez, Piloto nº 93, emitida pelo FIM MotoGP Stewards Panel em 28 de março de 2023, em conexão com a anterior "Notificação de Sanção", emitida em 26 de março de 2023.

A penalidade notificada pelo FIM MotoGP- Stewards Panel em 26/03/2023 foi uma "Penalidade Dupla Volta Longa para o GRAN PREMIO MICHELIN DE LA REPUBLICA ARGENTINA MotoGP- Race"

A aplicação da sanção imposta a Marc Márquez pelo Painel de Comissários da FIM MotoGP ("Application of the Sanction") emitida em 28/03/2023 foi uma "Double Long Lap Penalty" a ser aplicada na próxima corrida de MotoGP em que o piloto poderá participar.

1. Composição dos COMPETIDORES DE RECURSOS FIM

O Painel dos Comissários de Recurso FIM é constituído por:
• Comissário de Recurso FIM Paul King
• Comissário de Recurso FIM Armando Marques (nomeado pela FMP)

2. Procedimento

O recurso foi interposto regularmente na devida forma, com a devida taxa garantida e dentro dos prazos estabelecidos pela Administração da FIM (dentro de 24 horas contadas do e-mail anterior enviado pelo Repsol Honda Team Manager (ou seja, antes de 29 de março de 2023, 07:00: 57 CEST)).

Os Comissários de Recurso da FIM foram convocados eletronicamente em 29/03/2023. Os seguintes documentos foram submetidos aos Comissários de Apelação da FIM:

- A notificação da Sanção da FIM imposta pelo Painel de Comissários da FIM MotoGP em 26 de março de 2023.
- A "Aplicação da Sanção" emitida pelo Painel de Comissários da FIM MotoGP em 28 de março de 2023.
- A Declaração de Recurso editada pelo Sr. Marc Marquez e HRC - REPSOL HONDA TEAM.

3. Considerações dos Comissários de Recurso da FIM:

Os 2 elementos mencionados pelo recorrente referem-se a:

1) A validade da "Aplicação da Sanção" declarada pelo Painel de Comissários da FIM 2) Um pedido de suspensão da execução provisória da "Aplicação da Sanção"

Considerando as circunstâncias do caso e as questões legais suscitadas pelo recurso interposto pelo Sr. Marc Marquez e pela equipa HRC - REPSOL HONDA TEAM, os Comissários de Recurso da FIM decidem remeter o caso para o Tribunal de Recurso do MotoGP para a adequada resolução do caso.

4. A decisão

Com base nessas informações, os Comissários de Apelação da FIM decidem:

• receber o Recurso (art. 3.3.3.2)
• remeter o caso para o Tribunal de Recurso do MotoGP (art. 3.3.3.2)"

 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior MotoGP: Honda recorre contra mudança na punição de Marc Márquez por acidente com Oliveira em Portugal
Próximo artigo MotoGP: Viñales lidera dobradinha da Aprilia no TL1; Quartararo luta pelo 15º lugar na Argentina

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil