“Nunca olhei para recordes”, assegura Marc Márquez

Piloto espanhol da Honda diz que sonho de guiar no mundial é maior do que desejo por bater grandes marcas

“Nunca olhei para recordes”, assegura Marc Márquez
Worldchampion Marc Marquez, Repsol Honda Team celebrate
Marc Marquez, Repsol Honda Team
Worldchampion Marc Marquez, Repsol Honda Team celebrate
Worldchampion Marc Marquez, Repsol Honda Team celebrate
Podium: Marc Marquez, Repsol Honda Team
Marc Marquez, Repsol Honda Team
Carregar reprodutor de áudio

Hexacampeão do Mundial de Motovelocidade após o tetracampeonato na MotoGP em 2017, Marc Márquez caminha para ser um dos maiores campeões da história das duas rodas.

No entanto, o espanhol diz que não mira em bater recordes como os de títulos e os de vitórias, apesar de as marcas serem possibilidades para sua carreira.

"Eu nunca olhei os recordes ou o número de títulos mundiais que conquistei”, disse Márquez à TV italiana Sky.

“Estou guiando pelo sonho de vencer o campeonato mundial, e depois de ter feito isso outro ano, é uma nova aventura em que tentamos crescer dentro e fora da pista."

"Vamos tentar conseguir um novo título, mas não estou interessado em pensar em quantos serão no final. Tenho 24 anos, as coisas podem correr bem ou mal, mas me inspiro vendo o que fazia Mick Doohan na Honda.”

"Ele diz que era uma moto agressiva e que, portanto, é preciso dirigir desta mesma maneira."

compartilhar
comentários
Schwantz: Márquez deve ser menos agressivo ou sofrerá lesões
Artigo anterior

Schwantz: Márquez deve ser menos agressivo ou sofrerá lesões

Próximo artigo

Valentino Rossi vence disputa judicial contra vizinhos

Valentino Rossi vence disputa judicial contra vizinhos