NASCAR Truck Talladega

Após banho de sangue e jura de morte, pilotos são multados pela NASCAR e pai de um deles é suspenso até o fim do ano

Assista à briga do último fim de semana e entenda por que as respectivas punições foram aplicadas

Matt Crafton, ThorSport Racing, Jack Links/Menards Ford F-150

Nesta terça-feira, a NASCAR anunciou que multou os pilotos da Truck Series Matt Crafton e Nick Sanchez por seu envolvimentos em uma briga sangrenta após a corrida em Talladega, conforme noticiado pelo Motorsport.com no último fim de semana.

 

A NASCAR emitiu uma penalidade comportamental para ambos os pilotos por violação das Seções 4.3 A & 4.4 D: Conduta dos Membros da NASCAR & Código de Conduta dos Membros da NASCAR do Livro de Regras da Truck Series.

O editor recomenda:

Crafton foi multado em US$ 25.000 (aproximadamente 127 mil reais no câmbio atual) e Sanchez em US$ 5.000 (pouco mais de 25 mil reais) por seus respectivos envolvimentos. Além disso, a NASCAR suspendeu o pai de Sanchez, Rene, pelo restante da temporada por ter se envolvido na briga -- o órgão até admite determinados níveis de altercações entre os pilotos, mas não entre terceiros, o que explica a punição mais rígida ao pai de Nick.

De acordo com testemunhas oculares e vídeos gravados do incidente, logo após o término da corrida de sábado da Truck, Crafton se aproximou de Sanchez por trás e bateu em seu ombro. Sanchez imediatamente deu meia-volta e Crafton bateu em Sanchez.

Os dois então se envolveram em uma briga - que incluiu Rene Sanchez - e todos acabaram no chão antes de serem separados. Nick foi ouvido ameaçando Crafton logo depois, dizendo: "Eu vou matar você em Homestead. Você se f***** com o cara errado, filho da p***".

Sanchez ficou com o rosto muito ensanguentado e o nariz quebrado, tendo sido mandado para o centro de atendimento, onde foi tratado e liberado.

A opinião da NASCAR sobre a situação

"Acho que se você olhar para o nosso histórico com nossos pilotos e como lidamos com essas situações, uma suspensão foi definitivamente considerada", disse Elton Sawyer, vice-presidente de competição da NASCAR, na manhã de terça-feira em uma entrevista na SiriusXM NASCAR Radio. "Tivemos longas conversas sobre isso ontem com nosso grupo. Foi aí que chegamos [à conclusão]".

"Sentimos por alguns dos comentários feitos por Nick - e entendemos perfeitamente que foi no calor da batalha, compreendendo a situação - mas simplesmente não podemos aceitar esses comentários. E foi por isso que ele recebeu a multa que recebeu."

"Quanto a Matt, consideramos o fato de que ele teve algum tempo para pensar sobre a situação. Não foi como se os dois pilotos tivessem saído para o pit road, no calor da batalha, tivessem descido e discutido um com o outro. Essa situação se estendeu para a garagem algum tempo depois do evento. Achamos que a situação poderia ter sido tratada de forma diferente. É por isso que a multa de Matt foi de US$ 25.000."

"Depois, houve o envolvimento de outras pessoas, sejam elas familiares ou membros da equipe, não importa. Se você estiver no meio da briga e tentar acabar com a briga, é uma coisa. Se você está no meio da briga e está dando socos, nós vamos reagir. Não vamos tolerar esse tipo de comportamento", finalizou Sawyer, que disse que a NASCAR conversará com as partes envolvidas antes da próxima corrida da Truck em Homestead para garantir que não haja mais problemas.

O incidente teve origem em um acidente no final da corrida, que começou com Sanchez tentando forçar pelo meio do pelotão. Ele e Crafton fizeram contato, provocando um acidente que envolveu vários carros.

Crafton, 47, tem 15 vitórias na carreira na Truck Series e é tricampeão da categoria. A vitória mais recente de Crafton veio em 2020. Ele fez três largadas na Cup Series e quatro na Xfinity. Nick, 22, está na primeira temporada completa na Truck e segue na disputa dos playoffs para tentar o título.

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior NASCAR - VÍDEO: Piloto sai ensanguentado após briga em Talladega; veja
Próximo artigo A incrível história do fã que passou de segurança de pista a piloto e dono de equipe

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil