Porsche Cup: Confira o que os principais personagens disseram após prova no Velocitta

compartilhar
comentários
Porsche Cup: Confira o que os principais personagens disseram após prova no Velocitta
Por:

Ricardo Maurício, Átila Abreu, Miguel Paludo, entre outros, falaram sobre a abertura do campeonato em Mogi

A Porsche Cup Brasil realizou neste sábado a primeira etapa do campeonato de endurance da categoria, no Velocitta, em Mogi Guaçu, no interior de São Paulo.

A vitória no geral ficou com a dupla Ricardo Zonta e Werner Neugebauer. Na GT3 Cup, William Freire e Francisco Horta levaram a melhor.

Confira o que outros personagens da prova disseram ao final do evento.

Leia também:

Eduardo Azevedo – Vencedor na classe Sport junto com Ricardo Maurício

“Foi melhor do que esperávamos esse resultado. Evoluímos muito durante os treinos para a etapa e na corrida fizemos uma estratégia muito diferente dos outros. A grande maioria quem terminou a corrida foi o piloto profissional. Optamos por ele andar os dois stints intermediários para conseguir a maior diferença possível para os outros colocados. Sabíamos que vencer a prova era muito difícil. Os pilotos que vinham disputando com a gente eram muito mais rápidos. Conseguimos a vitória na Sport que era nosso objetivo e deu para beliscar um pódio na geral também. Essas provas longas são incríveis, com um dinamismo muito diferente da Sprint. Parabéns ao Dener por mais esse evento espetacular e vamos para a próxima etapa.”

Ricardo Maurício – Vencedor na classe Sport junto com Eduardo Azevedo

“Na verdade, já tínhamos feito essa estratégia em outras pistas e tinha dado certo. A única coisa diferente que fizemos foi intercalar. Fiz o Dudu largar, fez poucas voltas, e já entrei para andar o máximo possível com pista livre, sem disputar com outros pilotos. Quando eu entrava na pista, estava com o pneu muito bom, enquanto o pessoal já começava a ficar com o pneu ruim, e os retardatários também estavam com o pneu ruim. Então, era mais fácil ultrapassar os retardatários. A dinâmica da nossa corrida foi muito boa, encaixou, e não teve nenhum safety car. Era abrir o máximo de vantagem possível para que, quando entregasse o carro para o Dudu, conseguíssemos administrar. Chegou o Alceu, cara muito rápido, deixamos passar e fomos na tocada dele. Lico? Fomos na tocada dele... Não adianta querer ficar trancando, seriam duas, três voltas amarrando, fazendo os dois carros ficarem mais lentos, e talvez perdêssemos a vitória na Sport.”

Átila Abreu – 2º colocado na GT3 Cup e vencedor na classe Sport junto com Leo Sanchez

“Sabíamos que os adversários haviam se adaptado um pouco mais rápido que nós ao carro. Apostamos em uma estratégia diferente. Ano passado nós fomos campeões por conta das estratégias adotadas ao longo da temporada. Bolamos uma estratégia para essa etapa contando com pelo menos um safety car. Fiquei surpreso de não ter tido nenhum durante a prova. O plano B era para caso não acontecesse o safety car, mas ele não veio. O segundo colocado no geral e vitória na classe foi um ótimo final de semana. Essa foi a etapa onde tivemos mais dificuldades desde que começamos a correr como dupla, por tanto um ótimo resultado.”

Leo Sanchez – 2º colocado na GT3 Cup e vencedor na classe Sport junto com Átila Abreu

"Hoje foi um dia cansativo. No fim do stint que fiquei direto, fiz 36 voltas, estava tudo, pneu gasto, desgaste físico, calor... Mas consegui fazer um bom desempenho, não foi como eu gostaria, rodei uma hora, perdemos dez segundos, o que poderia ter dado um resultado um pouco melhor. Vim para ficar entre os três primeiros, claro que gostaria de ter ficado em primeiro, mas o segundo é um bom resultado. Vamos conseguir fazer um bom trabalho na próxima pista, que é Goiânia, e tentar buscar o primeiro, e chegar na última corrida, em Interlagos, para tentar o título da geral. O Átila mandou muito bem, é espetacular, estou muito feliz."

Nelson Marcondes – vencedor na classe Trophy com Nelson Monteiro

“Sorte e azar definiram nossa etapa. Começando pelo azar da quebra da bomba de combustível na descida do saca-rolhas. Consegui chegar na banguela até o box e pegar o carro reserva. Meu parceiro fez o stint dele com o carro reserva. Na parada dele nos boxes o radiador nos deixou na mão e fomos para o segundo carro reserva, terceiro carro da prova. O carro estava incrível, conseguimos escalar o pelotão na pista para fechar a etapa.”

Nelson Monteiro – vencedor na classe Trophy com Nelson Marcondes

"No fim, estávamos numa disputa com o Billi, o meu stint foi bem complicado. Perdemos o balanceamento do pneu, parecia que tinha dechapado um deles. Mas depois vimos, na verdade era o balanceamento, foi bem difícil fazer dois stints seguidos. Mas o Nelsinho conseguiu fazer a ultrapassagem no Billi e acabou em primeiro."

Miguel Paludo – 2º colocado na geral com Beto Gresse

"Foi um dia bem produtivo, desde os treinos estávamos rápidos, lideramos os treinos, e na classificação infelizmente o Betinho não conseguiu fechar uma volta. Foi o único motivo de não ter largado mais à frente. Mas viramos a página ontem à noite, trabalhamos no carro e deu tudo certo. Uma largada sem toques, consegui poupar um pouco de pneu, vi que os quatro primeiros na minha frente estavam imprimindo um ritmo forte. Isso compensou do meio do stint para a frente, fiz 30 voltas e aí fizemos a parada. Fizemos ajustes no carro, o Beto usou o mesmo pneu, segurou a bronca e fez um ritmo excepcional. No fim, fiquei com um pneu de 20 poucas voltas para acabar a corrida, ou seja, um pneu novo. Foi superpositivo, agradeço ao Beto pelo trabalho de sempre, feliz por começar o campeonato de forma competitiva na Sprint e na Endurance."

Beto Gresse – 2º colocado na geral com Miguel Paludo

"Foi excelente! Cometi um erro na classificação e acabei comprometendo bastante o quali. Saímos em quinto na média porque o Miguel fez uma excelente classificação, mas sabemos que a consistência aqui é o mais importante e conseguimos aplicar isso muito bem durante a prova. Disputamos entre as três primeiras posições na maior parte da prova. Fiz um stint em que acabei replicando o pneu, não foi nada fácil negociar ultrapassagem com outros carros. Mas foi ótimo, saímos com o segundo lugar, agradeço ao Miguel pela confiança."

Veja como foi a corrida na íntegra

PODCAST: Após 'comemorar' GP 1000, qual é o tamanho da crise da Ferrari?

 

Porsche Cup: Massa e Kaesemodel tomam punição e perdem pódio no Velocitta

Artigo anterior

Porsche Cup: Massa e Kaesemodel tomam punição e perdem pódio no Velocitta

Próximo artigo

Porsche Cup: Zonta e Neugebauer lideram após etapa do Velocitta; confira tabela completa

Porsche Cup: Zonta e Neugebauer lideram após etapa do Velocitta; confira tabela completa
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Porsche
Autor Redação Motorsport.com