Porsche Cup Interlagos III - Sprint

Porsche Cup: Final da Challenge tem “batalha de gerações” entre veterano Tomasoni e novata Bassani

Com a aplicação não-oficial dos descartes, apenas quatro pontos separam os candidatos

Marcelo Tomasoni e Antonella Bassani

A Porsche Cup volta a acelerar neste fim de semana após uma pausa de dois meses para uma etapa mais do que especial. Além de correr na preliminar do GP de São Paulo da Fórmula 1, conheceremos os campeões do campeonato sprint, de provas de curta duração.

E enquanto na Carrera Cup temos Nicolas Costa com uma liderança sólida, na Sprint Challenge a batalha segue bastante aberta.

Leia também:

De um lado, Marcelo Tomasoni, veterano do mundo do automobilismo e que vive um ano quase perfeito, com pódios em todas as etapas sprint até aqui. De outro, Antonella Bassani, a estreante sensação da categoria. Com apenas 17 anos, a jovem piloto deixou uma ótima sensação em seu primeiro ano na Porsche Cup.

No começo de 2023, Antonella foi selecionada para ser a primeira membra da Young Racing Academy, o novo programa de desenvolvimento de talentos da Porsche Cup Brasil. E ela rapidamente mostrou ao que veio, conquistando sua primeira pole logo na segunda etapa da temporada, enquanto a vitória inaugural veio pouco depois, na passagem por Goiânia.

Desde então, a regularidade tem sido a chave da forte campanha de Antonella, que chega a Interlagos com apenas 13 pontos a menos que Tomasoni sendo que, com a aplicação dos descartes de forma não-oficial (estes são feitos apenas após o fim da última corrida do domingo), essa diferença cai para apenas quatro.

Mas, se falamos de consistência, é preciso destacar o ano forte de Tomasoni. Após disputar o título da Challenge em 2022, o piloto chegou a 2023 com tudo, mostrando desde a primeira etapa que viria novamente em busca do troféu que lhe escapou ano passado.

“O ano para mim foi já um ano especial demais”, disse. Consegui ser muito competitivo, ser muito consistente, rápido, ganhar corrida... Mesmo com lastro, algo que pouca gente lembra, que incomoda bastante”.

Tomasoni projetou também a disputa contra Bassani na final, destacando a ausência do lastro neste fim de semana.

“Sobre a final, estou feliz de chegar disputando o título contra uma pessoa que foi escolhida pela Porsche, uma pessoa que é praticamente uma profissional, que está buscando seguir carreira dentro dos carros de corrida. Então isso já me deixa feliz pelo nível em estamos andando”

“Vamos andar sem lastro essa etapa, o que faz uma grande diferença. Fiz um teste na Argentina e deu seis décimos de diferença. Então eu acho que a gente chega na melhor situação possível e essa diferençazinha que a gente tem, saber aproveitar porque o risco pode ser todo meu e ela não pode errar”.

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #254 – O que esperar do GP de São Paulo, em Interlagos?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Porsche: Líder, Tomasoni chega à final da Sprint Challenge com 100% de pódios
Próximo artigo Porsche Cup: Raijan busca vice-campeonato na classe Carrera Sport

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil