Porsche Cup: Veja o que disseram os pilotos após a etapa do Estoril

Miguel Paludo e Celio Brasil venceram

Porsche Cup

Porsche Cup

Foto de: Luca Bassani

Maior vencedor da história da Porsche Cup C6 Bank e dono do maior número de títulos, Miguel Paludo ampliou seu recorde ganhando a corrida 2 da Carrera Cup no Estoril. O gaúcho, vencedor de nove campeonatos com os carros de competição mais produzidos no planeta, agora venceu pelo menos uma vez por temporada nos últimos dez anos. Ele agora acumula 42 vitórias, considerando corridas de curta e longa duração no evento. 

De quebra, o gaúcho assumiu a liderança do campeonato dos carros da geração 992. Considerando os resultado de pista, antes da deliberação dos comissários Paludo tem 166 pontos, contra 159 de Marçal Muller, que terminou a prova na quinta colocação.

Leia também:

O que eles disseram:

“Uma prova extremamente difícil. Consegui aproveitar a largada, freei bem e assumi a liderança. Depois tive atenção nas relargadas e consegui levar na frente, Estou muito feliz com a vitória. Ontem ficou complicado depois de classificar em 12º, mas baixamos a cabeça e ficamos com foco total no trabalho e agora terminamos na frente.”

Miguel Paludo

"Estou muito contente com os dois pódios em Portugal, uma pista que considero a minha casa. A sequência de quatro pódios e uma vitória em duas etapas me coloca na briga pelo campeonato e estou cada vez mais confiante com o carro e adaptado à categoria. Quero agradecer todo o time da Porsche Cup pelo ótimo trabalho no fim de semana e aos meus patrocinadores por acreditarem no projeto." 

Thiago Vivacqua

"Foi mais um UFC do que corrida na verdade. O carro estava constante, estava preocupado em não bater e nem em estragar o carro pensando no campeonato. As diversas relargadas foram perigosas, todos tentaram mergulhar e acabei apanhando mais do que gostaria. Mas, conseguimos salvar bons pontos para o campeonato com o quinto lugar."

Marçal Muller

"Foi uma corrida de sobrevivência. As intervenções do safety atrapalham muito e os pilotos querem decidir o mais rápido possível pelo safety diminuir o tempo de corrida. Tivemos apenas quatro voltas rápidas na prova hoje e foi basicamente uma corrida de sobrevivência, escapando dos toques e sabendo como se posicionar na pista.

As relargadas tem sido um dos meus grandes problemas. Foquei em treinar esses momentos e aproveitar estar perto de pilotos mais rápidos para aprender com eles. Me sinto mais preparado para as relargadas daqui para frente."

Eduardo Menossi

"Foi uma corrida na qual foi preciso muita concentração para fazer o que tinha de ser feito, tanto para chegar lá na frente como para evitar o pior. Foi uma corrida com muita confusão na parte de trás da fila. Ainda bem que conseguimos achar um caminho. Como brincamos aqui, um "caminho de Moisés", parece que o mar se abriu para mim para que eu buscasse o que era meu. Então, foi uma corrida que realmente exigiu muito da cabeça. Cansaço mental grande. Só não foi pior porque, como eu disse, achamos um caminho para sair limpo na frente."

Célio Brasil

"Mais um resultado muito positivo para o campeonato. A corrida novamente foi marcada por intervenções do safety car e foi importante saber relargar e manter o equipamento inteiro. Feliz pelo terceiro lugar, que nos coloca com um pouquinho mais de vantagem na ponta da tabela e faz a gente chegar em Interlagos com um pouco mais de conforto na disputa pelo campeonato."

Antonella Bassani

"Muito feliz por conseguir largar hoje, ontem depois da batida não saberíamos se o carro ia ter condições de largar, então tive que largar com o carro da geração antiga como reserva, conseguimos uma boa recuperação e somamos bons pontos pensando na disputa pelo título."

Miguel Mariotti

“Estou feliz por terminar no pódio, com pontos. As duas últimas etapas serão em Interlagos, que eu já conheço mais. Vamos fazer um show legal. A ideia é pontuar bem na penúltima etapa e chegar com chances na última. Tudo pode acontecer, vai todo mundo para cima, brigar pelo título. Quem sabe, eu me mantenha como um azarão brigando pelo título."

Gerson Campos

"Minha primeira vitória na Porsche Cup, a gente vinha batalhando muito por essa vitória. Em Interlagos o Caio Chaves me passou na última curva depois de uma pressão enorme, mas hoje veio essa vitória. Foi uma vitória desafiadora, o clima mudou muito ao longo do fim de semana e fui me sentindo cada vez mais confortável no carro, ganhando confiança e aumentando o pace e consegui vencer por aqui."

Wagner Pontes

Max vs Lando: de quem é a culpa? Verstappen é sujo ou Norris peca? Christian Fittipaldi e Vitor Genz analisam GP da Áustria de F1

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Podcast #288 – A McLaren realmente chegou? Briatore arrumará Alpine com motores Mercedes?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte do nosso canal no WhatsApp: clique aqui e se junte a nós no aplicativo!

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Porsche Cup: Paludo vence na despedida da Carrera Cup de Portugal e assume a liderança
Próximo artigo Campos fecha etapa com mais um pódio em Estoril na Porsche Challenge

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil