Porsche Cup: Vitória na Endurance “lava a alma” de Paludo e Dirani após quebra em Interlagos

Dupla do carro #7 teve uma vitória sólida para compensar quebra próximo ao fim da etapa de Interlagos

Porsche Cup: Vitória na Endurance “lava a alma” de Paludo e Dirani após quebra em Interlagos

Miguel Paludo e Dennis Dirani foram os grandes nomes do sábado da Porsche Cup Endurance em Goiânia. Saindo da pole position, a dupla do carro #7 fez uma prova sólida, abrindo boa vantagem para os rivais e vencer com folga, “lavando a alma” após uma sequência de resultados ruins nas provas de longa duração.

Dirani, que foi responsável pela largada, vivenciou o único momento de tensão da dupla: uma bela disputa com Gaetano di Mauro nas primeiras voltas, antes que o carro #88 perdesse potência, tendo que voltar aos boxes.

Leia também:

O piloto explicou ainda que eles apostaram em uma estratégia oposta à que eles normalmente aplicam nas provas de longa duração.

 “Nós mudamos um pouco a estratégia para hoje. Sempre temos o Miguel largando e agora fizemos uma estratégia mais agressiva, comigo largando e fazendo voltas de classificação no começo”, disse Dirani ao Motorsport.com. “Tanto que o Gaetano [di Mauro] foi para a mesma, e ficamos trocando voltas rápidas”.

“De um lado foi bom, conseguimos abrir em relação ao resto e depois o Miguel fez um ótimo controle de pneus no meio da corrida. Ele fez dois stints com o mesmo pneu, controlando bem e abrindo distância, para que eu administrasse no final apesar do Salas bem rápido”.

A vitória coloca Paludo e Dirani de volta à luta pelo título da Endurance, já que a etapa final, em Interlagos, terá pontuação dobrada. E, para ambos, essa vitória vem para “lavar a alma”, após dois resultados ruins nas provas de Interlagos, no final de 2020 e em agosto.

“Desde o ano passado estávamos engasgados. Corremos a última do ano passado, fizemos pole também e tivemos uma infelicidade com o safety car. Na última tivemos uma quebra disputando a vitória e essa veio para lavar a alma. A última vale o dobro de pontos, então tudo está aberto, vamos com tudo até a última volta”.

Paludo disse a vitória vem para mostrar a velocidade que a dupla já vinha exibindo desde antes, admitindo ainda que a estratégia adotada era arriscada.

“Foi uma estratégia arriscada, porque se tivesse um safety car no meio, teríamos que mudar nossas decisões. Procuramos maximizar a posição de largada e foi isso que fizemos. O Dennis fez um ótimo primeiro stint, abrindo uma boa vantagem”.

“Eu fiz o segundo e terceiros, e segui abrindo bem, para que o Dennis pudesse administrar. No final de semana todo mostramos velocidade, pole, além de andar na frente. Foi uma vitória suada e mostra o quanto trabalhamos para que isso acontecesse”.

Apesar do resultado ruim em Interlagos, Paludo acredita que eles tenham chance de lutar pelo título, mesmo com a diferença de pontos.

“A última prova tem pontuação dupla. Eu já tive situação de chegar na Endurance com 30, 40 pontos de vantagem e com algumas posições a diferença já sumiu. Então até a quadriculada dos 500km de Interlagos o campeonato não acabou”.

Veja como foi a etapa de Endurance da Porsche Cup em Goiânia:

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #138 – Red Bull não sabe o que fazer contra Mercedes após GP da Turquia?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
Porsche Cup: Paludo e Dirani vencem os 300km de Goiânia, segunda etapa da Endurance
Artigo anterior

Porsche Cup: Paludo e Dirani vencem os 300km de Goiânia, segunda etapa da Endurance

Próximo artigo

Porsche: Vencedor na GT3 Cup, Müller teve que se adaptar rapidamente ao carro da 3.8

Porsche: Vencedor na GT3 Cup, Müller teve que se adaptar rapidamente ao carro da 3.8
Carregar comentários