Fórmula 1 Fórmula E IndyCar
R
Long Beach
16 abr
Canceled
R
Birmingham
16 abr
Próximo evento em
39 dias
NASCAR Cup Stock Car Brasil
26 mar
Próximo evento em
18 dias
23 abr
Próximo evento em
46 dias
MotoGP
25 mar
Próximo evento em
17 dias
R
GP da Argentina
08 abr
Postponed

Doria acredita que Mundial de Kart e Rally dos Sertões ajudem a manter F1 em São Paulo

Nesta sexta, Governador anunciou que a largada do Rally dos Sertões de 2020 será em São Paulo. CEO da categoria informou que chegada será no Ceará

compartilhar
comentários
Doria acredita que Mundial de Kart e Rally dos Sertões ajudem a manter F1 em São Paulo

São Paulo vai ser o ponto de partida do Rally dos Sertões de 2020, que começa em agosto. Além disso, o interior paulista vai ter uma etapa da Sertões Series de Rally, em 30 e 31 de maio. O anúncio foi feito nesta sexta, no Palácio dos Bandeirantes pelo Governador João Doria e Joaquim Monteiro, CEO do Rally dos Sertões.

Leia também:

De acordo com Monteiro, "São Paulo é a nova realidade do Rally dos Sertões". O CEO da competição destacou ainda que com a realização da prova, os fãs da categoria vão descobrir que a cidade não possui apenas áreas urbanas: "A Sertões Series, o Rally de São Paulo vai mostrar um lado do estado que pouca gente conhece".

Segundo Doria, que recentemente anunciou o Mundial de Kart em Birigui, no interior de SP, eventos de automobilismo na capital podem ajudar a manter a Fórmula 1 em Interlagos.

"Sim, facilita [a permanência da F1]. Ele é o indutor do processo", afirmou o Governador. "Por isso trouxemos o mundial de kart, pois ele é um evento de preparação. Por isso nós investimos muito, já que é uma categoria que prepara os pilotos para a F1. Estamos já em negociações para trazer outras categorias do automobilismo mundial ao autódromo de Interlagos".

Veja vídeo da apresentação do Rally dos Sertões em São Paulo

 

O site oficial da categoria informa que a entrada da capital paulista no calendário faz parte da ampliação da competição, que tem como objetivo percorrer as cinco regiões do país a partir de 2022. 

"A largada dos Sertões 2020 será dada da cidade de São Paulo, rumo ao litoral do Ceará", afirmou Monteiro. No futuro, o rali será disputado "do Oiapoque ao Chuí".

Anúncio do Rally dos Sertões em São Paulo - Governador de São Paulo João Dória e CEO da categoria Joaquim Monteiro

Anúncio do Rally dos Sertões em São Paulo - Governador de São Paulo João Dória e CEO da categoria Joaquim Monteiro

Photo by: Gustavo Faldon

Fórmula 1 no Brasil

Desde maio deste ano, Rio de Janeiro e São Paulo estão travando uma disputa pelo direito de sediar o GP do Brasil de F1. Com o anúncio dos planos de construção de um novo autódromo na capital carioca, o Presidente da República Jair Bolsonaro passou a defender publicamente a transferência da categoria para o estado.

Do outro lado, João Doria tem se esforçado para convencer os promotores da F1 que a tradição da prova em Interlagos e o fato de já existir um autódromo e infraestrutura na região, tornam a capital paulista a favorita para receber a prova.

Durante o evento de anúncio da etapa do Rally dos Sertões em São Paulo, o Governador afirmou que tem tido reuniões com a Liberty Media, grupo que controla a F1.

"Temos tido dialogo constante com a Liberty. Oportunamente vamos ter uma comitiva para anunciar isso. Eu respeito muito o Rio de Janeiro, morei lá inclusive. Mas não faz sentido o RJ colocar R$ 1 bilhão pra construir um autódromo. Não temos necessidade de estabelecer rivalidades desnecessárias. São Paulo já tem tradição de mais de 25 anos na F1. Aguardo informações a respeito. Mas estou otimista".

Confira um raio-x sobre São Paulo e Rio de Janeiro na F1:

Até hoje, foram disputados 47 GPs do Brasil de Fórmula 1, de maneira ininterrupta. A edição inaugural, em 1972, vencida pelo argentino Carlos Reutemann, não valeu pontos para o campeonato daquele ano. Na foto, Luiz Pereira Bueno, sexto colocado.

Até hoje, foram disputados 47 GPs do Brasil de Fórmula 1, de maneira ininterrupta. A edição inaugural, em 1972, vencida pelo argentino Carlos Reutemann, não valeu pontos para o campeonato daquele ano. Na foto, Luiz Pereira Bueno, sexto colocado.
1/20

Foto de: LAT Images

Um dos responsáveis pela vinda da categoria ao Brasil foi Antonio Carlos Scavone, ex-piloto da F3 que também comentava provas na Rede Globo. Sua morte, em 1973, veio após a queda de um avião para a transmissão do GP da Grã-Bretanha daquele ano, junto com Julio de Lamare, primeiro diretor de esportes da emissora.

Um dos responsáveis pela vinda da categoria ao Brasil foi Antonio Carlos Scavone, ex-piloto da F3 que também comentava provas na Rede Globo. Sua morte, em 1973, veio após a queda de um avião para a transmissão do GP da Grã-Bretanha daquele ano, junto com Julio de Lamare, primeiro diretor de esportes da emissora.
2/20

Foto de: David Phipps

A primeira edição valendo pontos foi em 1973, com triunfo de Emerson Fittipaldi.

A primeira edição valendo pontos foi em 1973, com triunfo de Emerson Fittipaldi.
3/20

Foto de: LAT Images

Fittipaldi repetiu o feito em 1974 e na edição seguinte aconteceu o único triunfo de José Carlos Pace, que hoje dá nome ao Autódromo de Interlagos.

Fittipaldi repetiu o feito em 1974 e na edição seguinte aconteceu o único triunfo de José Carlos Pace, que hoje dá nome ao Autódromo de Interlagos.
4/20

Foto de: David Phipps

O autódromo de Jacarepaguá foi inaugurado em 1966 com o nome de Nova Caledônia. Ele foi reformado e reinaugurado em 1977, recebendo a F1 em 1978, com nova vitória de Reutemann...

O autódromo de Jacarepaguá foi inaugurado em 1966 com o nome de Nova Caledônia. Ele foi reformado e reinaugurado em 1977, recebendo a F1 em 1978, com nova vitória de Reutemann...
5/20

Foto de: LAT Images

...e primeiro pódio da equipe Copersucar.

...e primeiro pódio da equipe Copersucar.
6/20

Foto de: David Phipps

Interlagos voltaria a receber a F1 nas duas edições seguintes, em 1979 e 1980, com triunfos franceses, de Jacques Laffite e René Arnoux, respectivamente.

Interlagos voltaria a receber a F1 nas duas edições seguintes, em 1979 e 1980, com triunfos franceses, de Jacques Laffite e René Arnoux, respectivamente.
7/20

Foto de: LAT Images

Por falar na França, Alain Prost é o maior vencedor do GP do Brasil, com seis vitórias: cinco em Jacarepaguá e um em Interlagos, na volta do GP a São Paulo.

Por falar na França, Alain Prost é o maior vencedor do GP do Brasil, com seis vitórias: cinco em Jacarepaguá e um em Interlagos, na volta do GP a São Paulo.
8/20

Foto de: Sutton Motorsport Images

Jacarepaguá recebeu o GP regulamente de 1981 a 1989, sendo até palco de treinos de pré-temporada da F1 em algumas ocasiões.

Jacarepaguá recebeu o GP regulamente de 1981 a 1989, sendo até palco de treinos de pré-temporada da F1 em algumas ocasiões.
9/20

Foto de: Sutton Motorsport Images

O circuito testemunhou a estreia de Ayrton Senna na Fórmula na edição de 1984.

O circuito testemunhou a estreia de Ayrton Senna na Fórmula na edição de 1984.
10/20

Foto de: Sutton Motorsport Images

Em 1986, uma corrida histórica: dobradinha brasileira, com vitória de Nelson Piquet e segunda colocação de Senna.

Em 1986, uma corrida histórica: dobradinha brasileira, com vitória de Nelson Piquet e segunda colocação de Senna.
11/20

Foto de: Sutton Motorsport Images

Após a edição de 1989, o Rio de Janeiro demonstrou interesse em deixar de receber a corrida, o que motivou a volta de Interlagos para o calendário da F1.

Após a edição de 1989, o Rio de Janeiro demonstrou interesse em deixar de receber a corrida, o que motivou a volta de Interlagos para o calendário da F1.
12/20

Foto de: Rainer W. Schlegelmilch

Piero Gancia, então presidente da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA), foi atrás do apoio da Prefeitura de São Paulo e conseguiu o “sim” de Luiza Erundina para bancar uma reforma de modernização do circuito paulistano. Senna dava ajuda política dentro da FIA para a volta.

Piero Gancia, então presidente da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA), foi atrás do apoio da Prefeitura de São Paulo e conseguiu o “sim” de Luiza Erundina para bancar uma reforma de modernização do circuito paulistano. Senna dava ajuda política dentro da FIA para a volta.
13/20

Foto de: Sutton Motorsport Images

O antigo traçado de 7.960 metros foi deixado de lado para um novo de 4.325, o que deixa muitos fãs aborrecidos até os dias de hoje.

O antigo traçado de 7.960 metros foi deixado de lado para um novo de 4.325, o que deixa muitos fãs aborrecidos até os dias de hoje.
14/20

Foto de: Sutton Motorsport Images

Desde então, a F1 acontece em Interlagos, com alguns momentos marcantes, como a primeira vitória de Senna no Brasil, em 1991.

Desde então, a F1 acontece em Interlagos, com alguns momentos marcantes, como a primeira vitória de Senna no Brasil, em 1991.
15/20

Foto de: Sutton Motorsport Images

A partir de 2004, o GP do Brasil começou a ser realizado na parte final do calendário da F1, o que possibilitou a decisão de alguns títulos, como o bicampeonato de Fernando Alonso (2005 e 2006).

A partir de 2004, o GP do Brasil começou a ser realizado na parte final do calendário da F1, o que possibilitou a decisão de alguns títulos, como o bicampeonato de Fernando Alonso (2005 e 2006).
16/20

Foto de: Steve Etherington / Motorsport Images

Felipe Massa venceu com macacão verde-amarelo, mesmo fazendo parte da Ferrari, em 2006.

Felipe Massa venceu com macacão verde-amarelo, mesmo fazendo parte da Ferrari, em 2006.
17/20

Foto de: Lorenzo Bellanca / Motorsport Images

Em 2008, um dos momentos mais emblemáticos, com a inesquecível disputa entre Massa e Hamilton.

Em 2008, um dos momentos mais emblemáticos, com a inesquecível disputa entre Massa e Hamilton.
18/20

Foto de: LAT Images

A edição de 2020 será a última do atual contrato envolvendo São Paulo e F1. Uma pista ainda a ser construída em Deodoro aparece como opção, sendo a preferida do presidente Jair Bolsonaro, fiador político do projeto.

A edição de 2020 será a última do atual contrato envolvendo São Paulo e F1. Uma pista ainda a ser construída em Deodoro aparece como opção, sendo a preferida do presidente Jair Bolsonaro, fiador político do projeto.
19/20

Foto de: Divulgacao

Do outro lado, o prefeito de São Paulo, Bruno Covas, e o governador, João Doria, apostam na manutenção de Interlagos como sede do GP do Brasil.

Do outro lado, o prefeito de São Paulo, Bruno Covas, e o governador, João Doria, apostam na manutenção de Interlagos como sede do GP do Brasil.
20/20

Foto de: Carlos Costa

Brasileiros Varela e Gugelmin conquistam tricampeonato mundial de rali da FIA

Artigo anterior

Brasileiros Varela e Gugelmin conquistam tricampeonato mundial de rali da FIA

Próximo artigo

Brasileiro de Rally Baja: Bruno conquista quinto título seguido da família Varela

Brasileiro de Rally Baja: Bruno conquista quinto título seguido da família Varela
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1 , Rally
Autor Gustavo Faldon