Sertões 2023 aposta em roteiro duro e tinhoso no Nordeste

De Petrolina (PE) à Praia do Preá (Cruz-CE), os competidores enfrentarão caminhos técnicos, exigentes, variados e de rara beleza em meio aos tesouros naturais

Sertões 2021

Com o mote ‘Nosso palco é o Brasil’, o Sertões revelou nesta semana o roteiro de sua 31ª edição, marcada para acontecer entre 11 e 19 de agosto. Depois de realizar o maior rali do mundo em 2022, de Sul a Norte do Brasil, competição histórica que comemorou os 30 anos da prova, a edição 2023 volta às origens.

A principal novidade é o formato mais compacto, em laços, com deslocamentos mais curtos para privilegiar equipes, competidores e a competição, que promete ser a mais intensa, já que o percurso escolhido pela equipe técnica liderada por Edgar Fabre e Du Sachs será “o mais exigente e desafiador de todos”. No total serão 3.800km, dos quais 2.080km cronometrados.

Cada ano, a organização traz um roteiro inédito, honrando sua missão de revelar um Brasil que poucos brasileiros conhecem. Para 2023, a competição ficará concentrada em cinco cidades: Petrolina/PE, Xique Xique/BA, Crato/CE, Sobral/CE e Cruz/CE, sendo que Crato e Cruz pela primeira vez integram o roteiro. A pernambucana Petrolina, cujo nome homenageia D. Pedro II e que hoje é também conhecida pelo cultivo da uva do Vale do Rio São Francisco, estreia como palco da largada. Receberá o prólogo; as duas primeiras etapas (em formato de laço onde competidores largam e chegam na mesma cidade), além da largada da Maratona, rumo à baiana Xique-Xique; e a chegada da segunda perna – quarta etapa. Na sequência os competidores iniciam a quinta etapa, rumo ao Crato, no Ceará, que receberá a caravana também pela primeira vez.

De lá, o destino será Sobral/CE, que integra o roteiro pela terceira vez. No penúltimo dia de rali, segue em direção ao litoral, com a chegada em Cruz, cidade conhecida pelas dunas e pelas belas praias. A mais conhecida delas, aliás, marcará o ponto final da aventura: a vila do Preá, que depois de emprestar seu belo visual e fortes ventos ao Sertões Kitesurf, desta vez acolherá homens e máquinas para conhecer os campeões da edição 2023. A oitava etapa será mais uma em formato de laço e promete testar ao máximo os competidores antes da festa da chegada.

Testar, aliás, é o verbo que melhor resume o que está sendo preparado para o Sertões 2023. Subidas e descidas de serras; muita navegação, trial, areia, pedras e especiais com poucas retas e poucos pontos de ultrapassagem serão o cardápio de um roteiro ‘tinhoso’ com 3.800 km, dos quais 2.080 km cronometrados.

E como a história do Sertões é feita de números grandiosos e superlativos, a prova este ano promete um recorde: o do maior número de UTVs inscritos em um rally cross-country no planeta. Marca que por enquanto é do Dakar, com 97 na edição 2022. Por aqui, a edição 2021 registrou 90, e tudo caminha para um grid ainda maior.

Aston-Honda na F1 2026: Detalhes, impacto para RBR/Mercedes e o fator Alonso

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast: após críticas de Max e Lewis, dá para dizer que F1 está perdendo seu DNA?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Ataque contra pilotos deixa dez mortos em evento de rali no México; presidente da FIA se diz "horrorizado"
Próximo artigo Equipe Varela chega com novos carros a "mini-Sertões" no Jalapão

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil