Stock Car: Átila quer voltar ao top-10 no Velocitta

Piloto paulista ocupa a 11ª posição na tabela, sete pontos do décimo posto

Stock Car: Átila quer voltar ao top-10 no Velocitta
Carregar reprodutor de áudio

A quarta etapa da temporada 2022 da Stock Car Pro Series marca o início do segundo quarto do calendário. Com os primeiros 25% já completados, Átila Abreu busca voltar ao top-10 da classificação na primeira das provas “normais” do ano.

O Velocitta marca o regresso da categoria aos traçados e formato de eventos consagrados. As três primeiras reuniões de 2022 aconteceram em situações especiais, como a Corrida de Duplas, em Interlagos, que abriu as disputas da temporada e teve vitória do carro #28 de Galid Osman e Enzo Elias. Depois a Stock Car passou pelo raramente utilizado Anel Externo de Goiânia e promoveu o inédito GP do Galeão, na volta da categoria ao Rio de Janeiro após uma década.

Com o calendário retornando aos traçados tradicionais do automobilismo nacional, Átila Abreu, Galid Osman e Ricardo Zonta apostam no bom retrospecto na pista do interior paulista para voltar a figurar entre os protagonistas do principal campeonato do automobilismo nacional.

Leia também:

O histórico dos pilotos em Mogi Guaçu é positivo. Na temporada passada, Ricardo Zonta foi um dos destaques, subindo ao pódio em quatro das seis provas e vencendo em uma das ocasiões. Átila Abreu também já venceu no interior paulista e Osman figurou entre os destaques nos treinos da temporada passada até um problema no carro tirar o competidor da parte da frente do pelotão.

Uma das pistas mais exigentes do calendário, para o sistema de freios dos carros e o aspecto físico dos pilotos, o Velocitta tem retas curtas e traçado sinuoso. Nesse contexto, todas as atividades de pista, desde o primeiro shakedown, são fundamentais para os engenheiros acharem o melhor acerto das máquinas. Como conta com poucos pontos de ultrapassagem, na pista de Mogi uma boa performance no treino classificatório historicamente é essencial para o sucesso na etapa.

As atividades de pista da quarta etapa de 2022 começam com shakedown na manhã de sexta-feira, no mesmo dia os pilotos partem para a primeira sessão de treinos livres. O sábado é dedicado ao segundo treino livre e treino classificatório. No domingo as duas corridas tomam o asfalto do Velocitta.

O que eles disseram:

“Voltamos para o Velocitta, pista que eu gosto muito. Na temporada passada tivemos algumas dificuldades por lá, mas estou esperançoso para este ano, chegamos com novos acertos e novo desenvolvimento do carro, eu também chego com mais conhecimento do carro para a etapa. Objetivo é conseguir um bom treino classificatório, afinal meu carro tem um bom ritmo de corrida. Largar mais para frente no Velocitta é crucial para uma boa corrida, já que é uma pista difícil de ultrapassar.”

Átila Abreu

“Estou animado para o Velocitta, estou vindo de uma corrida onde meu carro teve muitos problemas, mas a equipe trabalhou duro para revisar e acertar tudo. Ano passado consegui um bom desempenho nos treinos, mas não consegui desempenhar um bom ritmo na corrida, espero que esse ano eu consiga manter o bom desempenho durante todo o fim de semana.”

Galid Osman

“Nos últimos dois anos, as etapas que aconteceram lá sempre foram de resultados positivos para nós, com vitórias e pódios! O circuito do Velocitta é uma pista bastante técnica, que exige muito fisicamente do piloto e da performance do carro. Nosso objetivo é um só: voltarmos às primeiras posições do campeonato.”

Ricardo Zonta

Vitória de Verstappen muda cenário da F1 2022 ou temporada está 'em aberto'?

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Ouça o podcast Motorsport.com:

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
Stock Car: Bruno Baptista adota laranja de Verstappen no Velocitta
Artigo anterior

Stock Car: Bruno Baptista adota laranja de Verstappen no Velocitta

Próximo artigo

Stock Car: Rodrigo Baptista estreia no Velocitta, quintal da equipe

Stock Car: Rodrigo Baptista estreia no Velocitta, quintal da equipe
Carregar comentários