Stock Car: Cacá Bueno e Felipe Baptista atualizam status de ‘treta’ iniciada em Mogi; pentacampeão explica futuro na KTF

Após desentendimento na etapa anterior, companheiros de equipe admitem que nenhuma das partes discutiu sobre o que aconteceu no Velocitta há quase um mês

Cacá Bueno

Cacá Bueno

Duda Bairros

Um dos grandes assuntos da Stock Car na última etapa, realizada no Velocitta, foi o desentendimento entre Felipe Baptista e uma série de pilotos, que reclamaram da maneira com que o jovem da KTF realiza suas manobras de ultrapassagem.

Leia também:

O mais vocal foi o próprio companheiro de equipe, Cacá Bueno. Na ocasião, o pentacampeão da Stock também falou sobre seu futuro na equipe com sede em Cotia, na Grande São Paulo. Ao Motorsport.com, Cacá fez questão de esclarecer que seu destino para 2024 independe dos desentendimentos com Baptista.

“Acho que primeiro a gente tem que separar dois assuntos”, disse Cacá. “Lá em Mogi, me lembro bem, me foram feitos dois questionamentos, um se eu tinha ficado bravo com o Felipe e eu disse que sim, e o outro se eu continuaria na equipe, e eu disse que eu não sabia.”

“Mas, no fundo, até para fazer um esclarecimento, as duas coisas andam muito individualmente, eu respondi as duas coisas como assuntos separados, não que um assunto tenha influência no outro.”

Cacá aproveitou para atualizar sua situação para a próxima temporada.

“Eu ainda não tenho todos os patrocínios renovados para o ano que vem, então eu não posso fechar nenhum tipo de porta em relação a outras equipes que tenham algum tipo de patrocinador ou algum custo diferente do que a KTF tem para mim hoje.”

“Estou contente com o desempenho da equipe, com a evolução da equipe e me dou muito bem com a equipe. Concordo na maioria das atitudes, algumas às vezes eu discordo e com certeza que, se perguntado a eles, também devem discordar de alguma das minhas. A gente não concorda nem com as atitudes em casa do nosso próprio pai ou filho.”

“Vou continuar na KTF? É provável. O assunto evoluiu durante esse último mês sobre custos, de possibilidades, de forma de pagamento, de qual é a relação comercial entre os dois, o que é que se espera de cada um para o futuro, então assim, a minha intenção, se eu posso falar intenção, é a continuidade. Está garantido? Não.”

“Eu devo ter uma conversa durante esse final de semana com o próprio Enzo (Bortoleto, CEO da equipe) para gente tentar encaminhar mais, talvez definir, talvez a resposta que eu tenha hoje (quinta-feira), talvez seja diferente de domingo, porque a gente vai conversar durante esse final de semana sobre algumas possibilidades, mas esse era um assunto puramente comercial.”

Cacá x Felipe

Entre críticas e até elogios, Cacá falou sobre o que mudou nas últimas semanas, após a repercussão de suas declarações sobre seu companheiro de equipe.

“Quanto ao Felipe, eu não conversei com ele, continuo discordando da manobra dele, continuo discordando da maneira como ele executa as ultrapassagens. Eu acho que na grande maioria de todos os pilotos há uma concordância de que geralmente as manobras vão para o conflito, vão para a batida, vão para um resultado em que o da frente tem que tomar cuidado maior e não o de trás, o que deveria ser ao contrário, então na minha interpretação de 25 anos de categoria, a responsabilidade da ultrapassagem sempre é muito maior de quem vem atrás e não do cara que vem na frente.”

“Naquele final de semana aconteceu com o Thiago Camilo, aconteceu com o Felipe Fraga, aconteceu com o Casagrande e comigo, os três primeiros evitaram, mesmo assim houve um toque e o meu foi inevitável, então continuo discordando.”

“O Felipe é um menino completamente do bem, que tem um futuro imenso no automobilismo e que tem um talento incrível. Ele precisa ajustar a maneira de lidar com as corridas, porque senão ele vai causando uma situação adversa e que não é legal.”

“A gente tenta dentro da equipe conversar, melhorar o ambiente, conseguir trabalhar mais integrado, com mais troca de informação para que todo mundo possa evoluir, seria legal ele escutar alguns conselhos de gente que já passou pelo momento dele e para que ele possa evoluir também nesse aspecto, já que pilotando ele não precisa evoluir nada, ele realmente é muito bom.”

Felipe Baptista

Photo by: Rodrigo Guimarães

Felipe Baptista

O outro lado

Procurado pelo Motorsport.com, Felipe Baptista afirmou que não houve conversa entre ele e Cacá Bueno, nem com a equipe para falar sobre os eventos ocorridos no Velocitta, que a situação entre os pilotos “permanecem a mesma”.

Hamilton rebate Horner e Red Bull diz que pai de Lewis procurou equipe por vaga; Drugo 'DE OLHO' em Logan

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast Motorsport.com debate se GP de Las Vegas de fato teve sucesso

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Be part of Motorsport community

Join the conversation
Artigo anterior Podcast #257: Sucesso ou fracasso? Boa corrida livrou a cara da F1 em Las Vegas?
Próximo artigo Stock Car: César Ramos lidera primeiro treino em Cascavel

Top Comments

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Sign up for free

  • Get quick access to your favorite articles

  • Manage alerts on breaking news and favorite drivers

  • Make your voice heard with article commenting.

Motorsport prime

Discover premium content
Assinar

Edição

Brasil