Stock Car: Camilo comemora pódio com Dirani na Corrida de Duplas

Carro 21 da Ipiranga Racing segue como o melhor Toyota da Stock Car

Stock Car: Camilo comemora pódio com Dirani na Corrida de Duplas
Carregar reprodutor de áudio

Thiago Camilo mostrou mais uma vez que o carro número 21 da Ipiranga Racing está sobrando entre os que correm com o modelo Toyota Corolla na Stock Car. No sábado, o piloto paulistano de 37 anos classificou em segundo lugar e foi o único Toyota entre os oito primeiros no grid de largada da Corrida de Duplas.

O editor recomenda:

Hoje, na largada da primeira corrida, Camilo atacou o pole position Gabriel Casagrande por fora na primeira perna do Esse do Senna, mas preferiu não arriscar uma saída precoce da prova e segurou o segundo lugar, que manteve até a bandeira quadriculada, resistindo bem à pressão de Julio Campos no início e Daniel Serra no fim da corrida. Camilo recebeu a bandeirada 2,8s atrás de Gabriel Casagrande e 1,2s à frente de Daniel Serra.

Na corrida dos convidados, com o grid invertido em relação aos dez primeiros da corrida dos titulares, Dennis Dirani largou em 9º, caiu para 10º, mas a partir daí imprimiu um ritmo bom e constante e cruzou a linha de chegada em 8º. 

“Nosso carro continua com algumas desvantagens em relação à outra marca, temos menos pressão aerodinâmica, mais desgaste dos pneus ao longo da prova, se tivesse mais umas voltas o Daniel chegaria em mim. Dentro deste cenário tivemos um fim de semana muito bom, mas a gente quer um carro em igualdade de condições para brigar pelo título. Fiquei muito feliz com a pilotagem do Dênis, ele provou mais uma vez que tem muito talento e mereceu essa oportunidade de correr na Stock Car”, disse Camilo.

Dennis Dirani, acostumado às corridas de endurance da Porsche, que têm mais de duas horas de duração, disse que demorou um pouco para entrar no ritmo mais agressivo da Stock Car, que tem corridas de 30 minutos mais uma volta. “Eu deveria ter sido um pouco mais agressivo no início, mas como um todo foi uma corrida e um fim de semana muito bacanas. Me emocionei no fim da prova, chorei. Espero ter contribuído para o título que o Thiago sempre busca. Ele me deu dicas muito valiosas em relação à tocada do stock car, coisas que eu pensava antes de sentar no carro já fiz de forma diferente. Pra mim foi uma honra guiar um carro vencedor como esse número 21 do Thiago Camilo, e defender uma equipe como a Ipiranga Racing do Andreas Mattheis, que é outra lenda do automobilismo brasileiro”.

 Cesar Ramos, que dividiu o Toyota número 30 com Felipe Drugovich, largou em 16º, levou um toque que danificou a carenagem da parte da frente, no lado direito, mas pior que isso, fechou parcialmente o escapamento. O carro perdeu em aerodinâmica e potência, mas mesmo assim Cesinha cruzou a linha de chegada em 12º, posição em que Felipe Drugovich largou na segunda corrida. Espremido, o piloto da Fórmula 2 tece o carro danificado e não completou a corrida.

“Foi um fim de semana difícil, onde tivemos problemas na classificação e na corrida, e mesmo assim consegui marcar pontos que podem ser importantes no fim do ano. Mesmo com o problema do escapamento parcialmente fechado, que faz o carro perder potência e sofrer demais nas retas, deu para sentir que temos um carro muito equilibrado e que vai ser competitivo no resto do ano”, disse Cesar.

Drugovich, que foi muito bem nos treinos livres mas não teve chance de mostrar seu talento na corrida, garantiu que se for chamado, ano que vem estará de novo na Corrida de Duplas.  “A experiência de correr num carro totalmente diferente do que estou acostumado, conviver e trocar informações com grandes pilotos como aconteceu aqui, foi excelente. Foi uma pena não ter corrido, mas repito, a experiência como um todo foi muito legal”. A segunda corrida foi vencida por Enzo Elias, companheiro de Galid Osman.   

Classificação do campeonato

1-Gabriel Casagrande, 41 pontos2-Daniel Serra, 323-Thiago Camilo, 314-Galid Osman, 255-Ricardo Zonta, 236-Allam Khodair, 227-Rafael Suzuki, 198-Marcos Gomes, 199-Julio Campos, 1810-Gaetano Di Mauro, 1511-Átila Abreu, 1212-Cesar Ramos, 9

Veja como foi

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #161: O que aprovamos e reprovamos para temporada 2022 da F1

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

compartilhar
comentários
Stock Car: Casagrande e Robe celebram vitória na Corrida de Duplas
Artigo anterior

Stock Car: Casagrande e Robe celebram vitória na Corrida de Duplas

Próximo artigo

Stock Car: Enzo Elias fala de vitória na Corrida de Duplas com Galid Osman

Stock Car: Enzo Elias fala de vitória na Corrida de Duplas com Galid Osman