Stock Car: Camilo quer sair de Goiânia na liderança do campeonato

Dupla da Ipiranga Racing está otimista com ajustes aerodinâmicos dos Toyotas promovidos pela organização para equalizar o grid com Chevrolets

Stock Car: Camilo quer sair de Goiânia na liderança do campeonato
Carregar reprodutor de áudio

A Ipiranga Racing chega muito otimista para a segunda etapa da temporada 2022 da Stock Car Pro Series, que será disputada no próximo domingo (20), no anel externo do autódromo de Goiânia.

Não somente porque em setembro do ano passado, quando a Stock Car correu pela última vez lá, tanto César Ramos (corrida principal, circuito misto) quanto Thiago Camilo (corrida 2, anel externo) subiram ao pódio em segundo lugar, mas principalmente porque todos acreditam que terão um carro mais competitivo que na primeira etapa do ano, na Corrida de Duplas, realizada em Interlagos.

Leia também:

Isto porque foram feitos pequenos ajustes para equalizar os carros da Toyota e da Chevrolet. O Corolla estava com uma nítida desvantagem aerodinâmica na Corrida de Duplas. Mesmo assim, Camilo conseguiu classificar em terceiro – foi o único Toyota entre os dez mais rápidos – e chegar em segundo na primeira corrida. A segunda prova foi disputada pelos pilotos convidados. E expectativa é de que se o equipamento melhorar um pouco, ele possa brigar mais fortemente por vitória.

“A categoria investiu em alguns estudos que confirmaram algumas diferenças aerodinâmicas que davam desvantagem de performance ao Toyota, coisa que a gente já vinha sentindo, e trabalhou na equalização. Fomos muito competitivos em Interlagos, então aqui acredito possamos ir ainda melhor. Confio na nossa evolução e meu objetivo é sair de Goiânia na liderança do campeonato”, disse Camilo, que ocupa a terceira colocação, atrás de Gabriel Casagrande e Daniel Serra (ambos pilotos da Chevrolet).

Ano passado, na segunda corrida da etapa realizada no anel externo de 2.695 metros, Thiago Camilo chegou 0,010 (um centésimo de segundo) atrás do vencedor, Ricardo Maurício, no fim mais apertado da história da categoria.

Cesar Ramos também se disse muito otimista com os novos pacotes de atualização aerodinâmica: “É um traçado com apenas duas curvas, então vai ser tudo muito apertado, equilibrado ao extremo. Mas da última vez que estivemos nessa configuração performamos bem, e como nessa corrida vou estar sem lastro de sucesso (ele está em 13º na tabela de pontos), creio que vai ser uma boa oportunidade de me recuperar no campeonato”.

O chefe da equipe Ipiranga Racing, Andreas Mattheis, disse que foi feito um trabalho específico para essa corrida, buscando privilegiar a velocidade nas retas, e que esse trabalho será aproveitado para a etapa seguinte, na pista provisória montada no aeroporto do Galeão, no Rio, também muito veloz e com retas longas.

F1 2022: Saiba os PONTOS FORTES e os PECADOS da quarta temporada de DRIVE TO SURVIVE

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

 

Podcast #166 – Confira balanço de pré-temporada da F1 e prévia para GP do Bahrein

 

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

compartilhar
comentários
Zonta, Átila e Galid desembarcam em Goiânia para etapa no Anel Externo
Artigo anterior

Zonta, Átila e Galid desembarcam em Goiânia para etapa no Anel Externo

Próximo artigo

Stock Car: Tony Kanaan está otimista com prova no anel externo de Goiânia e volta da torcida

Stock Car: Tony Kanaan está otimista com prova no anel externo de Goiânia e volta da torcida