Stock Car: Velopark terá ‘peso 4’ para pilotos da Ipiranga Racing

Thiago Camilo e Cesar Ramos veem rodada dupla como oportunidade de voltar à briga pelo título

Stock Car: Velopark terá ‘peso 4’ para pilotos da Ipiranga Racing
Carregar reprodutor de áudio

O fim de semana ‘peso 2’ da Stock Car no Velopark terá ‘peso 4’ para a Ipiranga Racing. A equipe liderada por Andreas Mattheis enxerga na volta ao circuito de 2.278 metros localizado em Nova Santa Rita, na Grande Porto Alegre, a chance de voltar com boas possibilidades à briga pelos títulos de equipes e pilotos.  Serão duas etapas – a 5ª e 6ª das doze da temporada -, quatro corridas, muitos pontos em jogo e diversas variáveis para equacionar. Andreas Mattheis dissecou algumas.

Leia também:

“A última vez que nós andamos no Velopark foi em 2019, ainda com o carro anterior, com um conceito aerodinâmico diferente, então é como se estivéssemos indo para uma pista nova. A gente está com uma expectativa bastante grande, mas com muita confiança de que possamos engatar uma sequência boa de resultados, como sempre tivemos nessa pista”.

“Essas etapas terão uma característica bem diferente em relação às anteriores no que diz respeito ao push to pass (botão de ultrapassagem), que terá um delay de 8 segundos para fazer efeito e ficará acionado por 21 segundos, um tempo maior que os carros levam para percorrer a reta, e depois vem um intervalo de 110 segundos até o próximo acionamento. É uma configuração bem diferente do que estamos acostumados, com 5 segundos de delay, entre 12 e 15 segundos de acionamento e 80 segundos de intervalo. Isso vai mudar a estratégia de ultrapassagens e dar uma nova dinâmica às corridas.”

“Não existe grande preocupação em relação ao consumo de pneus, que deve ser baixo. Por outro lado, com o frio que é esperado, numa pista curta, com poucas voltas que temos na classificação, o pneu demora para aquecer, e os tempos só vêm no fim, aumentando ainda mais a tensão”.

Thiago Camilo volta ao palco de sua primeira vitória na Ipiranga Mattheis

Das 37 vitórias de Thiago Camilo na Stock Car, que fazem dele o maior vencedor em atividade, empatado com Cacá Bueno, apenas uma aconteceu no Velopark, em 2017. Mas ela tem sabor especial, por ter sido a primeira desde que a Ipiranga Racing passou a ser a equipe de Andreas Mattheis. Aquela foi apenas a segunda largada de Camilo na equipe de Petrópolis (RJ), onde já venceu 16 vezes.

Em 2022, o paulistano de 37 anos chegou a ser segundo colocado no campeonato, após a segunda etapa, em Goiânia, mas agora está em sexto: “Temos carro para estar mais na frente, a equipe sempre fez um bom carro para o Velopark e vamos pra cima. O momento é esse”, disse Camilo.

Correndo em casa e sem peso, Cesar Ramos também quer voltar para a briga

Cesar Ramos será um dos dois únicos gaúchos no grid do Velopark – o outro é Tuca Antoniazi. O piloto de Novo Hamburgo, de 32 anos, diz que o ambiente de correr em casa sempre motiva: “Fora família e amigos por perto, o torcedor gaúcho é apaixonado por automobilismo, acampa no autódromo, faz churrasco, e apoia sempre os pilotos da casa. Essa energia é muito boa, e embora a gente não ouça torcida durante a corrida, a energia nos acompanha”. 

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #184 - Felipe Kieling, da Band, revela como foi substituir Mariana Becker na cobertura da F1

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

compartilhar
comentários
Stock Car: Felipe Massa vai estrear no Velopark neste fim de semana
Artigo anterior

Stock Car: Felipe Massa vai estrear no Velopark neste fim de semana

Próximo artigo

Stock Car: Nelsinho Piquet busca top 10 do campeonato no Velopark

Stock Car: Nelsinho Piquet busca top 10 do campeonato no Velopark