Stock Series realiza teste com 11 novatos em Goiânia

Atividade contou com talentos do automobilismo virtual, kartista de 15 anos e nomes que sonham competir na categoria de acesso à Stock Car

Stock Series promoveu uma sessão de testes com rookies em Goiânia

Um dia depois de completar a sétima e penúltima etapa da temporada 2022, a Stock Series voltou à pista na última segunda-feira (24) para testes com pilotos novatos no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Goiânia (GO). Ao todo, 11 competidores, de perfis variados, tiveram a primeira oportunidade de conduzir o carro da categoria de acesso à Stock Car.

Leia também:

As equipes escaladas para os testes foram a carioca W2 Racing/ProGP e a gaúcha Motortech. Experimentaram o chassi Chevrolet Cruze de Stock Series os pilotos Daniel Mageste (E-Stock, automobilismo virtual), Diogo Moscato (GT Sprint Race), Enzo Bedani (Fórmula Delta), Ernani Kuhn (Copa HB20 e Turismo Nacional), Idilson Branco (kart), Lorran Silva Lima (automobilismo virtual), Lucas da Silva Mendes (GT Sprint Race), Rodrigo Lima Coelho (Turismo 1.4), Arthur Gama (GT Sprint Race), Felipinho Tozzo (kart) e Luís Trombini (kart). Pilotos e engenheiros consideraram a sessão bastante produtiva, gerando um primeiro contato de aprendizado para os novatos e de avaliação por parte das equipes.

Ao todo, os competidores completaram aproximadamente 400 voltas, o que totalizou cerca de 1.500 km, equivalente a quase 20 corridas da categoria. Foram usados 100 pneus e 800 litros de combustível.

”É um sonho estar aqui”

“O dia de teste foi muito bom, uma experiência muito importante para a gurizada que está vindo do kart. É uma visão de futuro para quem tem o sonho de estar aqui e depois dar o próximo passo rumo à Stock. Eu corro na GT Sprint Race, mas senti uma diferença para esse carro da Series, que tem mais potência. É um sonho estar aqui guiando esse carro”, disse Arthur Gama, que tem 17 anos e lidera na classe ProAm da GT Sprint Race.

Gama se mostrou impressionado com a chance de estar em um evento Vicar. O piloto acompanhou o fim de semana de muita velocidade com a Stock Car e da Stock Series em Goiânia. “Estar em um evento da Stock Car, da Vicar, é maravilhoso. Ter amizade com o pessoal, conhecer as equipes e poder me habituar ao meio é muito legal, muito divertido, levo como uma grande experiência. É o maior evento do Brasil, e ver caras que desde criança assisto pela TV, e agora poder conversar com eles é algo muito legal, é bom demais o que a Stock Car proporciona”.

Piloto que compete tanto na Copa HB20 como também na Turismo Nacional, Ernani Kuhn, de 26 anos, aprovou a experiência na Stock Series. “Andar em um carro de Stock é muito especial e tinha esse sonho desde quando tinha 16 anos. Já andei aqui antes (em outra categoria) e gostei muito, então consegui obter um ritmo bom. O carro é sensacional, a equipe é muito legal, muito receptiva. É uma grande oportunidade e também é uma estratégia legal da Vicar para trazer mais gente para a categoria. Gostei muito mesmo”.

Já disputando as principais categorias de kart, Felipinho Tozzo comemorou a oportunidade de estar em um carro da Series. Filho do piloto da Copa Truck Felipe Tozzo, o jovem de 15 anos pilotou um carro de corridas pela primeira vez. “Foi um dia muito legal, que vai ficar marcado para mim. Nunca tinha andado em nada no automobilismo além do kart, então foi um momento muito bom. Consegui me adaptar bem ao Stock Series, a cada volta melhorando mais. Só tenho de agradecer à Motortech e parabenizar a Vicar pela chance dada aos pilotos”.

Do virtual para o real

Quem também pilotou um carro da Stock Series pela primeira vez foi Daniel Mageste. O competidor oriundo de Volta Redonda (RJ) já tem muita quilometragem com a Stock Car, mas no automobilismo virtual. Piloto oficial da W2 ProGP na E-Stock, classe Virtual Pro, Daniel vibrou com a oportunidade.

“Esse foi um momento de muita felicidade. Mas também de responsabilidade, de cuidar bem do carro da equipe. É a primeira vez que tenho uma experiência em um carro de motor tão forte. E, claro, foi também uma responsabilidade por representar milhares de pilotos do automobilismo virtual, que têm esse mesmo sonho. Não fui o primeiro a fazer essa ponte do virtual para o real em carros importantes, mas na Stock Series, sim. Então, fica a gratidão e o reconhecimento muito grande para a W2 por esse momento na minha carreira”, disse.

A Stock Series planeja realizar mais uma sessão de testes em dezembro, em Interlagos, logo depois de definir o campeão da temporada 2022 entre os dias 10 e 11.

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura durante nossos programas. Não perca!

Podcast Motorsport.com #200 - F1 virá 'vidraça': é preciso um 'choque de realidade'?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

 

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Stock Car: após vitória sábado, Piquet projeta final em Interlagos
Próximo artigo Podcast #201: Quem pode parar a Red Bull?

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil