Stock Car Brasil
13 set
-
15 set
Evento encerrado
18 out
-
20 out
Evento encerrado
R
Velo Città 2
08 nov
-
10 nov
Próximo evento em
17 dias
R
Goiânia II
22 nov
-
24 nov
Próximo evento em
31 dias

Vitor Baptista admite preparação mesmo sem certeza de que correria na Stock Car

compartilhar
comentários
Vitor Baptista admite preparação mesmo sem certeza de que correria na Stock Car
Por:
3 de mai de 2019 20:40

Piloto que estreia na categoria neste fim de semana tem como objetivo adquirir quilometragem no fim de semana

Após o veto à participação de Átila Abreu na segunda etapa da temporada 2019 da Stock Car, Vitor Baptista foi confirmado no volante do carro #120 da equipe Shell V-Power no Velo Città.

Atual líder da Porsche Carrera Cup, esta será a estreia do piloto de 21 anos na maior categoria do automobilismo brasileiro.

Leia também:

Em entrevista exclusiva ao Motorsport.com Brasil, Baptista confirmou que o time começou a se preparar para o caso de precisar de seus serviços bem antes da confirmação, na quinta-feira.

“O acidente aconteceu no sábado de classificação e no domingo o Luis Ferrari (assessor de imprensa da equipe Shell V-Power) me alertou de que eu poderia ter que entrar no lugar do Átila, caso ele não se recuperasse”, disse Vitor. “Houve sempre a preocupação de trazer alguém da academia da Shell, mesmo jovem, a gente vem se preparando para chegar à Stock Car. Eu já fui meio que notificado nesta etapa do Velopark.”

“Desde então, foquei na preparação. Haveria essa possibilidade e a certeza mesmo nós só teríamos na quinta-feira da semana da corrida. Tivemos preparação física, psicológica, no simulador, na quarta-feira durante o feriado eu fui à equipe para fazer prova de assento, tudo 100%, como se fosse correr, mesmo se não houvesse o veto.”

“Acabou sendo uma resposta positiva para mim, estou muito feliz com a responsabilidade deste final de semana de representar a Shell e o Átila.”

Mesmo com toda preparação, Vitor não se colocou sob pressão por resultados, colocando uma meta, teoricamente mais simples: completar as provas.

“O fim de semana é bem curto, temos só duas sessões de treinos, a classificação será um ponto crucial. Com o Átila aqui, nada melhor do que ele falar sobre o carro dele. Vai ser difícil, pelo fato de ter que me adaptar a um carro que nunca andei e estando na Stock Car que é uma categoria competitiva, com tempos tão próximos e o foco é completar as duas corridas e fazer o máximo de quilômetros para fazer essa adaptação, para que caso tenhamos outras oportunidades –neste ano ou no ano que vem – estarmos prontos.”

 

Próximo artigo
Marcos Gomes e Di Mauro se dizem otimistas para etapa da Stock

Artigo anterior

Marcos Gomes e Di Mauro se dizem otimistas para etapa da Stock

Próximo artigo

Camilo lidera primeiro treino livre da Stock Car no Velo Città

Camilo lidera primeiro treino livre da Stock Car no Velo Città
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Stock Car Brasil
Autor Erick Gabriel