Audi comenta rumores de saída do WEC: "nada está decidido"

compartilhar
comentários
Audi comenta rumores de saída do WEC: "nada está decidido"
Por:
Traduzido por: Gabriel Carvalho

Dr. Wolfgang Ullrich, chefe de competições da fabricante alemã, insiste em dizer que futuro da Audi no WEC ainda não foi decidido, apesar de imprensa germânica dizer que time de Ingolstadt pode deixar campeonato no fim de 2017

#7 Audi Sport Team Joest Audi R18: Marcel Fässler, Andre Lotterer, Benoit Tréluyer
#7 Audi Sport Team Joest Audi R18: Marcel Fässler, Andre Lotterer, Benoit Tréluyer
#7 Audi Sport Team Joest Audi R18: Marcel Fässler, Andre Lotterer, Benoit Tréluyer
#7 Audi Sport Team Joest Audi R18: Marcel Fässler, Andre Lotterer, Benoit Tréluyer
Andre Lotterer, Audi Sport Team Joest
#8 Audi Sport Team Joest Audi R18 e-tron quattro: Lucas di Grassi, Loic Duval, Oliver Jarvis
Polesitters #8 Audi Sport Team Joest Audi R18 e-tron quattro: Lucas di Grassi, Loic Duval, Oliver Jarvis
#8 Audi Sport Team Joest Audi R18 e-tron quattro: Lucas di Grassi, Loic Duval, Oliver Jarvis

No último final de semana, quando o Mundial de Endurance esteve no Japão para as 6 Horas de Fuji, uma bomba caiu no paddock: a imprensa alemã levantou o rumor de que a Audi deixaria o campeonato no final da próxima temporada.

As razões para a decisão estariam na necessidade do grupo Volkswagen (que também controla a Porsche) de cortar custos, a falta de resultados recentes por parte da Audi e as regras previstas para 2018 - que devem penalizar os carros movidos a diesel, caso do time de Ingolstadt.

Ao conversar com a imprensa em Fuji, porém, o chefe de competições da Audi, Dr. Wolfgang Ullrich, destacou que a decisão sobre o futuro do time na LMP1 ainda será tomada e se mostrou confiante na continuidade do projeto.

“Temos visto muitos rumores na imprensa nos últimos anos e o lado bom é que na maioria dos casos os rumores negativos não se tornaram realidade. Estou otimista e já penso no futuro, estamos organizando nossa programação normalmente, o que acontece sempre no segundo semestre", disse.

"A reunião do nosso conselho, na qual normalmente o programa de esporte a motor é definido, ainda não foi realizada. Então nada está decidido", afirmou.

Ullrich confirmou, entretanto, que os trabalhos no projeto para 2018, quando as regras do WEC mudam para dar ainda mais espaço para a energia híbrida, já começou, acrescentando que a Audi está trabalhando com a organização do campeonato para assegurar a paridade entre os carros de Ingolstadt e os demais da LMP1, que utilizam gasolina.

“Estamos trabalhando para garantir que as regras serão justas para todos os conceitos técnicos existentes no campeonato. A classificação em Fuji [com os seis primeiros separados por pouco mais de 0s5] prova que as regras básicas funcionam muito bem, mas há detalhes que precisamos acertar", disse.

“Mas há coisas que acreditamos não funcionar a nosso favor e que devem ser corrigidas. Continuaremos a trabalhar em cima disso", completou o dirigente.

Em casa, Kobayashi vence primeira no WEC; di Grassi é 2º

Artigo anterior

Em casa, Kobayashi vence primeira no WEC; di Grassi é 2º

Próximo artigo

Porsche busca "desempenho" em substituto de Webber

Porsche busca "desempenho" em substituto de Webber
Carregar comentários