Vitorioso na LMP2, Senna destaca "estratégia perfeita"

Bruno Senna, vencedor das 6 Horas de Silverstone na classe LMP2, elogia estratégia da RGR Sport na prova de abertura da temporada 2016 do Mundial de Endurance

Vitorioso na LMP2, Senna destaca "estratégia perfeita"
Bruno Senna exibe troféu de vencedor das 6 Horas de Silverstone na LMP2
#43 RGR Sport by Morand Ligier JSP2 - Nissan: Ricardo Gonzalez, Filipe Albuquerque, Bruno Senna
#43 RGR Sport by Morand Ligier JSP2 - Nissan: Ricardo Gonzalez, Filipe Albuquerque, Bruno Senna
Bruno Senna, RGR Sport by Morand
#43 RGR Sport by Morand Ligier JSP2 - Nissan: Ricardo Gonzalez, Filipe Albuquerque, Bruno Senna
#43 RGR Sport by Morand Ligier JSP2 - Nissan: Ricardo Gonzalez, Filipe Albuquerque, Bruno Senna
#43 RGR Sport by Morand Ligier JSP2 - Nissan: Ricardo Gonzalez, Filipe Albuquerque, Bruno Senna
#43 RGR Sport by Morand Ligier JSP2 - Nissan: Ricardo Gonzalez, Filipe Albuquerque, Bruno Senna

Bruno Senna não poderia pedir por uma estreia melhor na classe LMP2 do Mundial de Endurance. Ao lado de Filipe Albuquerque e Ricardo González no #43 da RGR Sport, o brasileiro venceu as 6 Horas de Silverstone, etapa de abertura da temporada 2016 do WEC.

O trio de Senna largou em segundo e, na metade da prova, o brasileiro entregou o carro aos companheiros já em primeiro lugar. Mesmo com o 'splash and go' nos minutos finais, Albuquerque cruzou a linha de chegada com mais de 30 segundos sobre o segundo colocado. 

"Achávamos que tínhamos potencial para brigar por vitórias, inclusive nas 24 Horas de Le Mans, e pelo título. Felizmente começamos muito bem, apesar de um susto. O pneu dianteiro esquerdo moeu do nada depois do meu stint e do González", disse Senna, para em seguida revelar que o problema com o pneu poderia ter causado um prejuízo muito maior ao time devido a outro contratempo.

"O rádio estava operando apenas em uma via. Eu ouvia o engenheiro, mas não conseguia falar com ele. Fiquei desesperado com o problema do pneu e entrei nos boxes sem poder avisar o que estava acontecendo. Mas ele percebeu pela telemetria que a roda estava travando e deixou tudo pronto para a troca", afirmou o brasileiro, que elogiou o trabalho da RGR Sport com a estratégia durante as seis horas de prova.

"Trocamos só o pneu furado e o carro continuou andando muito bem. Depois da entrada de um safety car, pude abrir bastante do segundo. A verdade é que nossa estratégia funcionou perfeitamente. Fizemos as paradas sempre na hora certa", afirmou

Após sair de Silverstone como líder da classe LMP2, Senna volta as atenções para o ePrix de Paris, que será realizado no próximo sábado, 23 de abril.

compartilhar
comentários
Após estreia, Nelsinho valoriza aprendizado em Silverstone

Artigo anterior

Após estreia, Nelsinho valoriza aprendizado em Silverstone

Próximo artigo

Audi é excluída e Porsche herda vitória em Silverstone

Audi é excluída e Porsche herda vitória em Silverstone
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria WEC
Pilotos Bruno Senna