Extreme E: Time de Rosberg vence etapa inaugural na Arábia Saudita

Johan Kristoffersson e Molly Taylor vencem disputa sobre equipes Andretti e de Lewis Hamilton

Extreme E: Time de Rosberg vence etapa inaugural na Arábia Saudita

A Rosberg X Racing, equipe formada por Johan Kristoffersson e Molly Taylor, foi o grande nome do primeiro fim de semana da história da Extreme E, campeonato de rali que conta com carros totalmente elétricos.

O grid de largada para a grande final do Desert XPrix, na Arábia Saudita, foi decidido pelos fãs por meio do sistema de votação GridPlay, ativo há cinco dias.

Leia também:

Embora Sébastien Loeb e Cristina Gutiérrez (X44) tenham sido os mais votados, a distribuição dos votos das equipes deixou a Andretti United na frente.

Assim, Timmy Hansen e Molly Taylor saíram na primeira posição (por dentro), à frente da equipe Rosberg X (Kristoffersson/Cattie Munnings) e Loeb/Gutiérrez, na terceira.

Curiosamente, essa terceira área do grid foi aquela da qual Kristoffersson aproveitou nas semifinais para vencer Loeb e Carlos Sainz.

Com cerca de 30°C ambiente, os três homens das equipes finalistas foram os encarregados da largada, e Hansen surpreendeu a todos novamente, como fez na Crazy Race da manhã - com uma largada espetacular.

Atrás, Loeb e Kristoffersson tentavam conquistar a segunda posição, mas quando chegaram à primeira parte, o tricampeão mundial de Rallycross repetiu o jogo da semifinal.

Kristoffersson novamente puxou uma linha de fora para superar seu compatriota da Andretti United e Loeb que não conseguiu enfrentá-los além dos primeiros metros, depois que a direção hidráulica quebrou. Essa falha foi recorrente para várias equipes neste primeiro fim de semana, algo que Spark Technologies terá que revisar.

Já na primeira referência ele tinha 21 segundos contra Hansen e 32 contra o nove vezes campeão mundial de rali. Loeb continuou perdendo tempo antes de passar para Cristina Gutiérrez na terceira posição a 1min07s012 da equipe Rosberg X (que caiu para 1:02 após sair das boxes).

Kristoffersson entrou no pitlane para Molly Taylor assumir o volante 33s7 à frente de Hansen, que cedeu seu lugar para Cattie Munnings. Os britânicos ficaram 30s07 segundos atrás após a troca de piloto.

“Você tem uma ideia do que os outros podem fazer e você joga um pouco de instinto no final para conseguir vencê-los na posição”, comentou Kristoffersson após sair do carro.

Embora Munnings tenha completado uma volta espetacular, reduzindo o tempo em cada set para os 23s736, Taylor confirmou a vitória da equipe Rosberg X. Gutiérrez perdeu mais de 10 segundos por setor para seus rivais, sofrendo sem a direção hidráulica em seu SUV Odissey 21.

Assim, Molly Taylor e Johan Kristoffersson tornaram-se os primeiros pilotos a ganhar uma Extreme E XPrix, depois de serem os mais rápidos do circuito neste fim de semana, embora condicionados por problemas com o limite de velocidade no pitlane de sábado.

 

O próximo evento da Extreme E será realizado de 28 a 30 de maio na península de Cap Vert, no Senegal, próximo à capital que deu nome ao Dakar, há 45 anos.

Laia Sanz, Carlos Sainz, Sainz XE Team, Molly Taylor, Johan Kristoffersson, Rosberg X Racing and Cristina Gutierrez, Sebastien Loeb, X44

Laia Sanz, Carlos Sainz, Sainz XE Team, Molly Taylor, Johan Kristoffersson, Rosberg X Racing and Cristina Gutierrez, Sebastien Loeb, X44
1/5

Foto de: Steven Tee / Motorsport Images

Molly Taylor, Johan Kristoffersson, Rosberg X Racing, Laia Sanz, Carlos Sainz, Sainz XE Team, and Cristina Gutierrez, Sebastien Loeb, X44

Molly Taylor, Johan Kristoffersson, Rosberg X Racing, Laia Sanz, Carlos Sainz, Sainz XE Team, and Cristina Gutierrez, Sebastien Loeb, X44
2/5

Foto de: Zak Mauger / Motorsport Images

Catie Munnings, Timmy Hansen, Andretti United Extreme E, Christine 'GZ' Giampaoli Zonca, Oliver Bennett, Hispano Suiza Xite Energy Team, and Mikaela Ahlin-Kottulinsky, Jenson Button, JBXE Extreme-E Team

Catie Munnings, Timmy Hansen, Andretti United Extreme E, Christine 'GZ' Giampaoli Zonca, Oliver Bennett, Hispano Suiza Xite Energy Team, and Mikaela Ahlin-Kottulinsky, Jenson Button, JBXE Extreme-E Team
3/5

Foto de: Steven Tee / Motorsport Images

Christine 'GZ' Giampaoli Zonca, Oliver Bennett, Hispano Suiza Xite Energy Team

Christine 'GZ' Giampaoli Zonca, Oliver Bennett, Hispano Suiza Xite Energy Team
4/5

Foto de: Charly Lopez / Motorsport Images

Catie Munnings, Timmy Hansen, Andretti United Extreme E

Catie Munnings, Timmy Hansen, Andretti United Extreme E
5/5

Foto de: Charly Lopez / Motorsport Images

F1: Nova ORDEM de forças? Veja análise DETALHADA sobre como Mercedes pode PERDER briga para Red Bull

PODCAST: Batalhas entre Hamilton e Verstappen ditarão temporada 2021 da F1?

 

compartilhar
comentários

Related video

F1: Conheça a história fascinante da McLaren mais icônica de Senna

Artigo anterior

F1: Conheça a história fascinante da McLaren mais icônica de Senna

Próximo artigo

F1: Alonso diz que tem "muito a melhorar" em retorno

F1: Alonso diz que tem "muito a melhorar" em retorno
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Extreme E
Evento Desert X-Prix
Autor Matt Kew