F1: Sargeant correrá com carro de Albon no Japão; Williams não terá chassi reserva até Miami

Equipe alega que não teria tempo de fazer novos ajustes para ‘destroca’ em Suzuka. Piloto que ficou de fora do GP da Austrália comentou situação

Logan Sargeant, Williams Racing

Simon Galloway / Motorsport Images

A Williams espera finalmente ter um chassi reserva de Fórmula 1 pronto para o GP de Miami, já que Logan Sargeant correrá no Japão usando a versão batida por Alex Albon na Austrália.

Como a equipe não construiu um chassi reserva, uma manobra de Albon no TL1 na Austrália significou que a Williams foi forçada a inscrever apenas um carro a partir de sábado, enquanto o FW46 danificado foi levado de volta ao Reino Unido para investigação inicial e reparos.

Leia também:

Para maximizar suas chances de somar pontos, a Williams retirou Sargeant do evento para colocar Albon no carro do americano.

Embora o monocoque danificado tenha sido reparado a tempo para o evento de Suzuka deste fim de semana, a Williams não espera ter um chassi extra até Miami, no início de maio.

Sargeant também permanecerá no carro reparado de Albon neste fim de semana, dadas as limitações de tempo para reformar ambos os chassis para acomodar outra mudança de pilotos.

“É o que foi consertado”, disse Sargeant quando questionado sobre qual carro ele usará neste fim de semana. “Só porque a carga de trabalho para trocar os carros seria demais para os mecânicos. Mas o reparo do chassi foi melhor do que o esperado.”

O reparo adicionou apenas 100 gramas. O chefe da equipe, James Vowles, disse que o dano ao chassi foi na suspensão e não houve rachaduras, então não se espera que o piloto perceba diferença entre os dois carros.

Refletindo sobre a troca inicial de Albon em Melbourne, Sargeant disse que sua atenção logo se voltou para quão apertada a Williams estava nas peças de reposição.

Alex Albon, Williams Racing FW46

Alex Albon, Williams Racing FW46

Photo by: Williams

Ele explicou: “Não acho que realmente, pelo menos eu, não tivéssemos pensado nisso antes.

“Para ser honesto, quando vejo Alex bater, a primeira coisa que passa pela minha cabeça é: ‘Sei que estamos sem peças sobressalentes’.

“É claro que fiquei um pouco preocupado com a nossa posição como equipe. Mas é uma das partes difíceis com que tivemos que lidar no início desta temporada, não ter essas grandes redes de segurança.

“Acho que é em algum lugar que, como equipe, estamos realmente tentando nos desenvolver para melhorar e chegar mais longe no início da temporada.”

Sargeant confirmou que a Williams não discutiu abertamente como lidaria com um incidente semelhante no Japão.

Mas a falta de um carro de reserva não vai alterar a sua pilotagem: “É, mais uma vez, uma situação com a qual tivemos que lidar nas três primeiras corridas.

“Fomos para a Arábia Saudita com a mesma situação. E claro, é uma daquelas coisas que você precisa ter cuidado. Mas, ao mesmo tempo, você não pode ser (muito conservador). É a Fórmula 1.

“Se você tomar cuidado, você não estará em lugar algum. Então, na verdade, nem é uma questão, você tem que estar comprometido, confiante e torcer para que nada dê errado.

Sargeant acrescentou que “entendeu as estatísticas” por trás da decisão de deixá-lo fora da corrida na Austrália e colocar Albon.

HAMILTON É DETONADO, Alonso CAUSA, Verstappen reage e SAINZ atira pra todos os lados; Williams SOFRE

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Pódio Cast #4 debate compra da MotoGP / Dorna Sports pela Liberty Media

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte do nosso canal no WhatsApp: clique aqui e se junte a nós no aplicativo!

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: 'Mordido', Alonso crê que punição na Austrália nunca mais será aplicada e diz que não mudará modo de guiar
Próximo artigo Russell: não punir Alonso na Austrália seria 'abrir caixa de Pandora'; Pérez defende Fernando, "um dos que mais confio"

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil