Pedro Clerot recebe troféu da FIA pelo título de campeão da Fórmula 4 Brasil

Primeiro campeão da história da categoria ganha o troféu em visita à sede da VICAR, em Alphaville (SP)

Maurício Ferreira, Pedro Clerot e Eduardo Bassani

Após uma dominante temporada com direito a sete vitórias e onze pódios, Pedro Clerot consagrou-se o primeiro campeão da história da Fórmula 4 Brasil. O brasiliense de 16 anos recebeu na manhã desta segunda-feira (6), em uma visita à sede da VICAR, a taça da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) pelo título da mais nova categoria do esporte a motor nacional.

A recepção aconteceu em Alphaville, São Paulo, onde está localizada a nova sede administrativa da VICAR, promotora da Fórmula 4 Brasil. Lá estiveram presentes também Maurício Ferreira e Eduardo Bassani, chefes de equipe da Full Time Bassani, Fernando Julianelli, CEO da VICAR, Gastão Fráguas, líder do projeto da F4 Brasil, e membros da equipe da Full Time Sports.

O editor recomenda:

“Recebemos do Mohammed [ben Sulayem], presidente da FIA, e da Fabiana [Ecclestone], vice-presidente da FIA, o primeiro troféu [que vai] para o primeiro campeão da Fórmula 4 FIA Brasil. Então, fizemos questão de chamar obviamente o Pedro Clerot, porque o troféu é para ele, mas também à equipe, porque ninguém faz nada sozinho. Queríamos parabenizar o primeiro título e desejar para você toda a sorte do mundo. Você tem muito talento, competência, está bem estruturado, então estaremos torcendo por você sabendo que a F4 Brasil fez o papel dela”, disse Fernando Julianelli parabenizando Clerot e Full Time.

Pedro, assim, abriu a caixa, segurou o seu troféu e o mostrou para os ali presentes na recepção.

“Esta é a primeira vez que eu vejo o troféu. Ele é muito lindo e certamente vai ficar guardado em um lugar especial. Fico muito feliz em recebê-lo, ainda mais sendo o primeiro campeão da história da F4 Brasil. Ninguém faz nada sozinho, a equipe e eu conseguimos fazer um trabalho incrível. Na primeira metade do campeonato, ganhamos quatro das seis corridas, o que foi bem decisivo, e no final da temporada conseguimos colocar os quatro carros ali no top 10, top 5. Sem dúvida foi uma parceria que funcionou”, falou Clerot.

“A união piloto e engenheiro é como se os dois estivessem guiando o carro. Essa sinergia para conseguir caminhar rápido para frente, principalmente em um ano que estamos lidando com um equipamento novo, é essencial. Muito orgulho do nosso trabalho e de termos conseguido o primeiro título”, comentou Eduardo Bassani.

E, neste fim de semana, Pedro tem seu primeiro compromisso internacional. O brasiliense vai disputar a penúltima etapa do campeonato da F4 do Emirados Árabes Unidos, no circuito de Dubai, pela equipe MP Motorsports.

Como a Red Bull-Ford impacta Honda, Porsche e toda a F1; veja debate

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast: novo chefe da Ferrari erra ou acerta nos primeiros atos?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Com preliminar da F1, Fórmula 4 Brasil anuncia calendário para 2023
Próximo artigo Arthur Pavie confirmado na segunda temporada da Fórmula 4 Brasil

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil