Dakar 2021: Al-Attiyah e Brabec lideram prólogo; brasileiros começam bem nos UTVs

Percurso de 11 quilômetros ‘inaugurou’ o maior e mais difícil rali do mundo

Dakar 2021: Al-Attiyah e Brabec lideram prólogo; brasileiros começam bem nos UTVs

Astro da Toyota, Nasser Al-Attiyah liderou o prólogo deste sábado, evento que marcou a abertura do Dakar de 2021 na Arábia Saudita, com Ricky Brabec dando início à sua defesa do título da melhor maneira nas motos.

Al-Attiyah, três vezes vencedor do Dakar e príncipe do Catar, foi o mais rápido na parte cronometrada de 11 km, que determina a ordem de largada para a etapa de abertura de domingo, completando a distância em 5min48s e colocar a Toyota à frente.

Leia também:

Retornando ao Dakar pela primeira vez desde que conquistou duas vitórias em quadriciclos em 2016, o sul-africano Brian Baragwanath fez um tempo idêntico ao de Al-Attiyah no buggy Century Racing CR6 para terminar em segundo.

Os três lugares seguintes foram ocupados por pilotos da Toyota, com Yazeed Al-Rajhi, Jakob Przygonski e Bernhard ten Brinke terminando a apenas seis segundos um do outro em terceiro, quarto e quinto lugares, respectivamente.

Orlando Terranova foi sexto, apenas 14 segundos atrás do Toyota de Al-Attiyah. A lenda do WRC Sebastien Loeb completou o top-10.

Nenhum dos dois X-raid Mini JCW Buggies que dominaram o evento do ano passado conseguiram garantir uma colocação nos primeiros lugares, com Stephane Peterhansel e Carlos Sainz terminando em 14º e 28º, respectivamente. No entanto, nenhum dos dois perdeu tempo significativo para Al-Attiyah, com Sainz a apenas 36 segundos.

A dupla Marcelo Gastaldi e Lourival Roldan foi a melhor entre os brasileiros, na 21ª posição. Guiga Spinelli e Youssef Haddad terminaram em 24º.

Brasil 1-2 nos UTVs

Gustavo Gugelmin, que é o navegador do piloto norte-americano Austin Jones, liderou a sessão deste sábado, com a dupla fazendo o traçado em 6min43s. Na segunda posição, a apenas quatro segundos, ficou a dupla Reinaldo Varela e Maykel Justo.

Gugelmin e Varela foram campeões do Dakar em 2018, quando formavam dupla: “Foi um resultado muito bom para começar este Dakar”, disse Varela. “É bom ver que você está competitivo desde o início, mas o que vale é o que vai acontecer nos próximos doze dias. Temos quase oito mil quilômetros de corrida pela frente. A aventura só começou”, resumiu o piloto.

#1 Monster Energy Honda Team: Ricky Brabec

#1 Monster Energy Honda Team: Ricky Brabec

Photo by: A.S.O.

Brabec lidera dobradinha da Honda nas motos

Um ano depois de terminar a sequência de 18 vitórias consecutivas da KTM, o piloto da Honda Ricky Brabec liderou o Prólogo nas motos com um tempo de 6min01s.

O americano foi o último motociclista a largar a especial de 11 km e terminou seis segundos à frente do compatriota da Honda Joan Barreda, que admitiu no mês passado que o Dakar de 2021 poderia ser o seu último nas duas rodas.

O estreante Daniel Sanders foi o melhor da KTM em terceiro, apenas 13 segundos atrás do líder Brabec, enquanto o novo piloto da Yamaha, Ross Branch terminou mais um segundo atrás em quarto.

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

Confira DEZ motivos para ficar ligado na temporada de 2021 da F1

PODCAST: Quem ou quais foram os maiores fiascos da F1 em 2020?

 

compartilhar
comentários
Entenda “milagre” que salvou edição de 2021 do Dakar

Artigo anterior

Entenda “milagre” que salvou edição de 2021 do Dakar

Próximo artigo

Com cuidados no presente e olho no futuro, Dakar larga neste domingo; entenda

Com cuidados no presente e olho no futuro, Dakar larga neste domingo; entenda
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Dakar
Evento Dakar
Autor Rachit Thukral