Dakar: Faltando três dias, Moraes vai segurando posição de pódio

Nesta terça-feira, brasileiro liderou novamente mas teve problemas e chegou em oitavo

Lucas Moraes e Armand Monleón

Lucas Moraes e Armand Monleón

TOYOTA GAZOO Racing

O brasileiro Lucas Moraes terminou esta terça-feira (16) na terceira posição da classificação acumulada após os nove primeiros dias do Rally Dakar, que vem sendo disputado na Arábia Saudita e se encerra na próxima sexta-feira.

O piloto, que conta com a navegação do espanhol Armand Monleón no Toyota GR DKR Hilux, vive a dupla missão de defender a colocação e também tentar chegar nas duas duplas que ocupam as colocações à frente: os espanhóis Carlos Sainz/Lucas Cruz (Audi RS Q e-tron E2), que são os líderes do resultado acumulado, e os segundos colocados Sebastian Loeb (França) / Fabian Lurquin (Bélgica), que conduzem um Prodrive Hunter.

Leia também:

Hoje, após um início muito forte, no qual chegaram a liderar, Moraes e Monleón terminaram os 417km da especial entre Hail e Al Ula no oitavo lugar. Com isso, perderam um minuto dos 29 que tinham de vantagem sobre o Toyota Hilux Overdrive da dupla Guillaume de Mevius (Bélgica)/Xavier Panseri (França), que vem na quarta colocação e também luta para garantir um pódio.

Grande quilometragem

Até o momento, em nove dias, o Dakar já competiu em 3.666km de especiais – trechos cronometrados, válidos para a classificação da corrida –, faltando ainda 1.026km nos três dias de prova restantes. O total é de 4.692km.

“A gente vinha num ritmo bom, mas no final nos perdemos e desperdiçamos muito tempo, uns seis minutos, até achar a trilha novamente”, revela Lucas Moraes.

“Não sabemos qual foi nosso erro – vamos tentar identificar na reunião geral que fazemos no final do dia com a equipe. A gente vinha realmente muito bem, andando entre os três primeiros. Mas, faz parte. Estamos felizes com nossa posição no acumulado. Vamos fazer de tudo para segurar esse bom resultado”, completou o piloto.

Dos cinco primeiros colocados, apenas Moraes/Monleón e De Mevius/Panseri ainda não venceram o Dakar. Lucas, de seu lado, chamou a atenção do mundo do automobilismo ao estrear na famosa corrida no ano passado, já conquistando um pódio – o primeiro de um piloto brasileiro na classificação geral da principal categoria, a Carros.

No dia 8 de janeiro, na semana passada, o piloto de 33 anos novamente quebrou um tabu para o Brasil: tornou-se o primeiro a vencer uma especial, feito extremamente difícil, por equivaler a uma corrida de centenas de quilômetros.

DRUGOVICH e BORTOLETO na mesma equipe de F1? Brasileiros falam sobre 2024 e ALÉM na ASTON e McLAREN

Podcast #264 – O que Gil de Ferran deixa para o automobilismo?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte do nosso canal no WhatsApp: clique aqui e se junte a nós no aplicativo!

Be part of Motorsport community

Join the conversation
Artigo anterior Dakar: Hinkelmann e Bianchini ficam em 16º entre os Challenger na nona etapa
Próximo artigo Dakar: Chicherit vence estágio e Loeb e Moraes se aproximam de Sainz

Top Comments

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Sign up for free

  • Get quick access to your favorite articles

  • Manage alerts on breaking news and favorite drivers

  • Make your voice heard with article commenting.

Motorsport prime

Discover premium content
Assinar

Edição

Brasil